target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Andre Vianco: Bento

>>  quinta-feira, 3 de setembro de 2009



“Olhando de perto...
nossa vida é bem feia."
Bento de André Vianco é o primeiro livro de uma saga recheada de fantasia e imaginação, acontecimentos inexplicáveis, luta, sangue e o melhor: nada de vampiros bonzinhos e apaixonados! Aqui o homem vira caça e os vampiros aparentemente irão dominar o mundo.

Tudo começa em uma noite qualquer quando os humanos vão dormir mais nem todos irão acordar; evento conhecido como a Noite Maldita. O mundo será dividido entre humanos, adormecidos e vampiros. É neste cenário que 30 anos depois acordará Lucas, um rapaz aparentemente normal mais por muitos esperado.

Lucas desperta para um mundo muito diferente daquele que deixou, onde humanos vivem juntos afastados das grandes cidades, escondidos por muros altos nas chamadas fortificações. Agora os humanos trabalham de dia para reconstruir o mundo e lutam pela sobrevivência durante a noite.

Neste novo mundo ele descobre que tem sangue Bento, o sangue dos guerreiros legendários que protegem as fortificações contra os ataques dos noturnos. Lucas é o trigésimo Bento, o prometido, o guerreiro que deverá liderar os Bentos para desencadear quatro milagres e salvar os homens dos demônios da escuridão.

Este livro, para mim, faz de André Vianco o melhor autor brasileiro de literatura fantástica. A narrativa é forte, rápida, totalmente inovadora. As histórias secundárias prendem tanto quanto a principal e é impossível parar de ler. Já li quase todos os livros do autor, alguns também estarão no blog futuramente, mais este é sem dúvida o meu preferido.

O que tem por trás da trama perfeita? A noite maldita pode ser vista por um ângulo apocalíptico, onde os homens terão uma nova oportunidade para construir um mundo melhor. Um mundo sem diferenças sociais, de classe ou cor, dominado pelo trabalho e não pelo poder, sem poluição, aquecimento global, onde a natureza volta com toda sua força e exuberância. Um mundo onde o homem é a caça e não o caçador.

“As luzes vermelhas dos sinalizadores desciam sobre um mar de corpos de vampiros aniquilados. A meio quilometro dali, cercado por corpos decapitados amontoados, podia ver um homem com capa vermelha... um bento...o novato.”
“O planeta parecia estar feliz pelo fato de o homem ter reduzido seus domínios, reduzido sua agressão. A natureza poderosa recuperava cada vez mais seu lugar de direito, sua saúde de direito. O verde espalhava-se e tomava os rincões, espalhando vida e beleza pelos quatro cantos do mundo.”

Trilogia Bento de André Vianco:
In:
http://www.andrevianco.net

  • Bento
  • O Vampiro Rei vol.1
  • O Vampiro Rei vol.2

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO