target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Estrela Píer - Kamila Denlescki

>>  sexta-feira, 25 de junho de 2010



DENLESCKI, Kamila. Estrela Píer: O tempo, a chuva, o outro. São Paulo: Novo Século, 2009. 232p.


"Nunca se apaixone pelo vilão.”

Estrela Píer foi o livro que escolhi para o Desafio Literário no mês de junho. O tema do mês era uma autora brasileira, para conhecer os livros escolhidos pelos outros participantes clique AQUI.

Eu estava muito curiosa para ler este livro, vi várias resenhas e muitos comentários sobre ele, mas como estava na lista do desafio tive que segurar a curiosidade e esperar até junho para finalmente poder ler. Tenho conhecido muitos autores nacionais este ano e tenho tido ótimas surpresas, hoje vou falar de Estrela Píer da brasileira Kamila Denlescki. 

Lucia Píer tem uma vida calma e muito monótona, trabalha na biblioteca de uma escola e vive com a avó e a irmã mais nova, não tem amigos e vive mais no mundo dos livros. Um dia Lucia tem a infelicidade de aceitar sair com um dos alunos da escola – nunca vi um cara tão mala em minha vida – e na tela do cinema, conhece um ator lindo e que mexe com sua tão centrada cabeça. 

Desde aquela sessão de cinema ela não consegue parar de pensar em Richard Clevehouse, em seus olhos cinzentos e no seu jeito misterioso, logo ela que nunca se interessou por ninguém, que nunca sentiu paixão ou atração, vai se encantar logo por um ator Londrino que nunca nem ouviu falar dela.  Porém, o destino aparentemente pensa de forma diferente e Lucia ganha uma promoção que irá mudar o rumo de sua pacata vida.

Coincidência ou destino, Lucia ganha uma promoção onde irá viajar para Londres, conhecer e jantar com ninguém menos do que o famoso ator Richard Chevehouse. Mas – como alegria de pobre dura pouco – a viagem perfeita irá virar um grande pesadelo. Richard o ator lindo e misterioso guarda um grande segredo e Lucia acaba no meio de tudo isso. 

Era para ser apenas um jantar, durante duas horas ela iria arranhar o seu inglês e tentar não gaguejar ou sair correndo para o banheiro, pessoalmente ele era ainda mais bonito e mexia com todos os seus sentidos. Até que ele vê uma pequena marca de nascença em seu pulso e resolve... seqüestrá-la. Lucia não entende o que está acontecendo, ele não da nenhuma explicação, apenas foge com ela e ela não tem a menor idéia do perigo que a espera.

Se este livro pudesse ser resumido em uma só palavra seria “imprevisível”. Como eu disse antes, já tinha lido várias resenhas sobre ele e pensei em algumas teorias, mas nada que você pense antes ou durante a leitura te deixa perto de descobrir o verdadeiro mistério da história. Você pensa que é uma coisa e de repente se transforma em outra completamente diferente e a autora escreve de uma forma incrível, você fica presa e ligada na história.

Por outro lado o livro simplesmente tem “coisas” demais. O assunto é novo e muito original, mas tive a sensação que era muita história para pouco livro. Algumas partes não me convenceram e outras não foram explicadas. Eu queria explicar melhor cada uma destas partes, mas não da para fazer isso sem contar os mistérios do livro, então vou dizer apenas que não consegui ligar todos os pontos. Outra coisa que me incomodou – e isso é muito pessoal – é que Lucia é apresentada todo o tempo como bibliotecária, levando em consideração que é um curso superior e a personagem só tem ensino médio, eu não poderia deixar de comentar. Não é porque a pessoa trabalha em um hospital que ela é um médico certo? Então não é porque trabalha em uma biblioteca que ela é uma bibliotecária, mas isso é coisa de “Bibliotecária” (de verdade) rsrs

Agora já quando falamos dos personagens eu adorei. Eu gostei muito de Lucia, não é uma daquelas mocinhas que irritam a gente do começo ao fim; Mariza a avó dela é uma graça de pessoa, realmente apaixonante; e Richard o anti-herói da história é lindo, sedutor e sexy, deste tipo mesmo que arranca suspiros da gente. 

O romance também convence, e como convence. Kamila escreve de uma forma poética e muito linda. Você vai suspirar por Richard, torcer pela felicidade de Lucia e para que os dois fiquem juntos. Tem também um terceiro personagem na história, Kim Laurell, um outro ator famoso, que também irá querer Lucia para ele, mas não posso contar mais do que isso. 

O livro termina de forma enigmática e fica claro que teremos uma continuação. Eu estou curiosa para ler, vamos ver se esclarece as dúvidas que ficaram no primeiro livro, espero que sim. Para concluir, eu fiquei muito impressionada com a autora, independente dos pontos em que não gostei, a escrita da Kamila é mágica e te prende durante toda a história. 

“Uma coisa eu posso dizer com propriedade. Em meus poucos anos de vida, eu já sabia que, conforme um raio, o amor romântico não podia nascer duas vezes do mesmo terreno. E só era amor aquele que tinha raízes tão profundas quanto a beleza das flores. Eu não me refiro à paixão, à pele, ao desejo. Eu me refiro a fatos sublimes dos sentimentos inexplorados, das noites sem dormir, dos sonhos inacabados. Eu falo de um amor sublime e verdadeiro, que se é possível sentir uma única vez, relacionado a uma única pessoa. Minha pessoa era Rick, nosso momento era o sempre, embora nos contrariasse a ciência e a conveniência.”

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO