target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Esmera - A. P. Ribeiro

>>  sexta-feira, 4 de junho de 2010



RIBEIRO, A.P. Esmera. São Paulo: Porto de Idéias, 2010. 170p.

Um mundo novo, uma nova dimensão, onde a magia está viva e pulsante em todos os seres que lá habitam. Um reino onde as estrelas estão ao alcance da mão, a natureza tem todo seu esplendor e os dragões convivem domesticamente com os habitantes. Conheça Esmera da brasileira A.P. Ribeiro e seu mundo mágico. 

Annia cresceu em um orfanato humano sem nada saber de suas origens e de sua família. Abandonada aos dois anos aos cuidados de um padre, viveu e cresceu sem muitas crenças e sem muitos sonhos. Annia não acreditava em magia, até que um gato fala com ela, literalmente, e conta as suas origens. Annia é na verdade a princesa Anika Atlantis Magnus, única herdeira sobrevivente do reino de Esmera e foi deixada com os humanos para sua proteção, mas agora corre perigo também neste mundo e deverá voltar. 

O reino foi dominado por Baltazar, um tirano que assumiu o Império da Água e quer conquistar  o mundo todo. A única coisa que ele teme é a volta de Anika, herdeira legítima do trono e fará de tudo para exterminá-la. Para isso ele faz um pacto com os Sete Demônios Marcados, seres imortais que ganharão sua liberdade quando matarem a princesa. 

Anika é resgatada e está sobre a proteção da guarda dos nove, os rebeldes que ainda fogem do imperador e lutam por sua liberdade. Ela é a única esperança de todo um povo, esperança de paz e liberdade. Finalmente ela conhece o maravilhoso mundo de Esmera, seu mundo, suas raízes. Ela aprende magia, treina e principalmente faz novos amigos. Marisca – a guardiã que a salvou -, Dante – sempre animado e com um sorriso no rosto, e o implicante Erick – bonito e mal humorado. 

Os sete demônios marcados estão à espreita, eles precisam matar a princesa. E para complicar Katerine D’ Bello uma das lideres dos rebeldes seqüestra Iriard o filho de Baltazar. Iriard não passa de um jovem inocente que não tem idéia da crueldade do pai, até ser seqüestrado e abandonado ao sacrifício. 

Agora Baltazar sabe que Anika está em Esmera, e ataca os rebeldes com toda a sua fúria. Em um destes ataques Anika conhece Pietro, o jovem desconhecido que quer se unir aos rebeldes. Pietro é na verdade Pyro, filho de um dos sete demônios e ele tem uma missão. Uma missão difícil de cumprir, quando ele se vê atraído pela jovem e inocente menina, que confiou nele como ninguém mais fez.

O reino corre perigo, os rebeldes estão sendo exterminados e só uma guerra poderá salvar Esmera, restaurar a paz e levar ao trono sua verdadeira herdeira.

Esmera mostra um mundo totalmente novo, cheio de encantos e de personagens incríveis e como você pode ver são várias histórias interligadas, com muitos personagens interessantes. O livro ficou meio confuso até a primeira metade, era muita história para poucas páginas. Depois a história me conquistou e acho que conquistará todos vocês, impossível não se apaixonar por Annia, por Erick, Dante e Pietro. 

Ficaram alguns romances em aberto e a história tem todo o jeito de que terá uma continuação, eu espero ansiosamente por ela, gostaria muito de conhecer mais sobre Esmera, o uso da magia e principalmente o futuro de alguns personagens. 

Esmera é o romance de estréia da autora, quem já leu me conte o que achou e quem ainda não conhece vá logo buscar o seu. Eu estou adorando conhecer autores novos e histórias incríveis, fico mais feliz ainda sabendo que são autores brasileiros. 

“- Seguiremos com o plano – disse com firmeza. Frente ao pequeno exército de duzentos rebeldes, bradou: - Irmãos e irmãs, sei que nosso número é pequeno... – foi interrompida por gritos bárbaros vindos da floresta. Todos pararam, e, surpresos, viam milhares de figuras em marcha: homens e mulheres, duendes e gigantes, grifos, feiticeiros, ogros, trolls, fadas, fortes e fracos. Todos haviam recebido a mensagem e seguido ao seu encontro. Anika mal acreditava no que via. O número de pessoas, que se aglomeravam junto às outras, era incontável.”

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO