target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Depois da Escuridão - Sidney Sheldon & Tilly Bagshawe

>>  quinta-feira, 18 de novembro de 2010


SHELDON, Sidney; BAGSHAWE, Tilly. Depois da escuridão. Rio de Janeiro: Editora Record, 2010. 464p. Título original: After the Darkness.

Naquele momento, Grace percebeu que tinha uma opção. Podia desistir, se entregar, aceitar sua sorte desgraçada. Ou podia lutar.”


Sidney Sheldon foi meu autor preferido na adolescência e é uma pena que ainda não tenha nenhum resenhado aqui no blog, mas eu já li todos os livros dele, reli vários e passei minha adolescência com Sheldon na biblioteca. Fiquei muito triste quando ele faleceu em 2007 e foi uma surpresa para mim o lançamento do primeiro livro da Tilly “Senhora do Jogo” que eu comprei no lançamento e não li até hoje rs. Confesso que fiquei com os dois pés atrás com esta história dela escrever os livros baseados nas anotações dele, mas como muita gente disse, até “psicografando” Sheldon é o cara.

E hoje no blog vou falar de Depois da Escuridão o mais novo lançamento de Sidney Sheldon e Tilly Bagshawe. Uma história de amor e mentiras.

Grace Knowles aparentemente é mais uma dondoca sem nada na cabeça. A mais bela de três irmãs, cresceu sendo a queridinha do papai, ignorando a inveja das irmãs e vivendo no mundo dos sonhos. Dona de um corpo de ginasta e uma beleza angelical se casou com o bilionário Lenny Brookstein. E se tornaram um dos casais mais conhecidos e adorados da América. 

Lenny Brookstein construiu sua fortuna do nada, nasceu pobre e sua ambição o levou ao topo. Hoje é dono do fundo de hedge Quorum, tem propriedades no mundo todo e todo dinheiro que possa gostar, ele e sua esposa vivem no luxo e seus amigos e sócios estão sempre ao seu redor. O fundo Quorum possui investimentos bilionários de todo o país, desde os grandes investidores até as famílias humildes que aplicaram toda sua renda pensando no futuro. 

Enquanto várias empresas fechavam as portas com a crise econômica, a Quorum seguia firme e forte com seus investimos. Até que em um dia de tempestade, Lenny sai para velejar e nunca mais volta. Seu iate é encontrado vazio em alto mar e ao receber a notícia todo o mundo perfeito de Grace se desfaz. Mas perder o marido era apenas o começo da tragédia, o mundo de Grace nunca mais seria o mesmo.

Grace Brookstein realmente amava o marido do fundo de seu coração e agora tudo que queria era provar sua inocência. Quando até Honnor e Connie, suas duas irmãs, viram as costas para seus problemas ela percebe que sempre esteve sozinha. 

De repente bilhões de dólares desaparecem da empresa, todo o país quer seu dinheiro de volta, milhares de famílias simples perdem tudo o que tinham e a bomba estoura em cima de Grace. Ela é acusada de fraude, perde tudo o que tinha e descobre que não pode contar com a ajuda de ninguém. Cercada de inimigos, sozinha e assustada, ela precisa deixar seu passado para trás e crescer. 

Não vou falar mais nada sobre o enredo, mas a trama tem todos os ingredientes característicos de Sheldon, assassinatos, traições, suspense, reviravoltas e uma protagonista apaixonante servindo de fundo para a história. Senti falta de mais romance e do mocinho característico do autor, mas o livro não decepciona. É daqueles livros que você começa e lê sem parar até terminar e quando assusta já é de madrugada.

Amei a protagonista e odiei suas irmãs e mais alguns personagens, torci por ela até a última página. Agora apesar de ter adorado a história e de não ter reclamações sobre a trama, aconteceu o que eu esperava. Faltou alguma coisa; a capacidade de surpreender o leitor, a escrita sedutora e mais caliente e as cenas mais brutais. 

Outra coisa que notei foi um certo Pout-porri literário rsrs. O meu livro preferido de Sheldon (que eu já reli umas 10 vezes) é Se Houver Amanhã e não da para negar as semelhanças entre as histórias. O livro me lembrou muito também aquele filme Risco Duplo e até uma cena com uma prostituta de luxo me lembrou uma personagem de Nudez Mortal rs. Agora preciso ler Senhora do Jogo para ver se segue a mesma linha. 

Então concluindo, recomendo o livro para os fãs de romance e que adoram o autor. A leitura é deliciosa e a trama é envolvente. Para quem é fã do autor aviso: podem tentar se inspirar em Sidney Sheldon, mas recriar as melhores tramas do autor já é outra coisa. 

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO