target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A passagem - Justin Cronin

>>  segunda-feira, 22 de novembro de 2010

CRONIN, Justin. A passagem. Rio de Janeiro: Editora Sextante, 2010. 816p. Título original: The Passage.

“Com os olhos da mente ela viu, viu tudo enfim: os exércitos passando e as chamas da batalha, as sepulturas, os poços e os gritos agonizantes de milhões de almas, a escuridão se espalhando como uma asa negra sobre a terra, as últimas horas amargas de crueldade e tristeza, as terríveis lutas finais, o grande domínio da morte sobre tudo, e, finalmente, as cidades vazias, inertes no silêncio de um século. Tudo isso se aproximava.”

Apocalipse. Armageddon. Guerra. Um vírus e a humanidade nunca mais será a mesma.  Com uma narrativa apaixonante e em uma mistura de fantasia e realidade o autor criou uma das melhores tramas do ano. Da aventura ao suspense e com um toque de terror não percam A passagem de Justin Cronin.

Tudo começou com um projeto científico financiado pelo exercito dos EUA, o mundo estava em guerra e milhares de soldados estavam morrendo.  Um projeto secreto tenta desenvolver um vírus capaz de criar super soldados, homens dotados de força sobre humana, velocidade e alta capacidade de regeneração. O Dr. Jonas Lear desenvolveu todo o experimento e agora na fase final ele precisava de cobaias humanas para os testes.

O agente do FBI Brad Wolgast foi selecionado para dar prosseguimento ao estranho projeto, sem conhecer a pesquisa a fundo o seu papel era conseguir “voluntários” para o teste.  Homens condenados a execução por crimes hediondos são os escolhidos. Entre uma segunda chance e a injeção letal eles não têm dúvidas. 12 cobaias infectadas. 12 assassinos condenados.

Wolgast e seu parceiro Doyle não questionaram as ordens. Até que a próxima selecionada é uma garotinha de apenas 6 anos. Amy Harper Bellafonte. A menina era a cobaia perfeita, sem pais, sem ninguém para reclamar seu desaparecimento. Mas Wolgast já tinha perdido uma filha e fica imediatamente ligado a frágil menininha. E agora precisa decidir se seguirá as suas ordens ou se protegerá Amy.

“Antes de se tornar a Garota de Lugar Nenhum – Aquela que surgiu, A primeira, Última e Única a que viveu mil anos – ela era apenas uma menininha de Lowa chamada Amy.”

Mas em algum momento tudo da errado, aqueles homens infectados desenvolvem também uma insaciável sede de sangue. Os virais. Os voadores. Os drags.  Eles escapam do laboratório e se alimentam de qualquer ser vivo que possuem sangue na veia.  Eles transmitem aquele vírus ao menor arranhão e logo um em cada 10 habitantes do país está infectado. É o fim do mundo como um dia conhecemos.  O caos toma conta do país, os humanos lutam pela sobrevivência e tentam evitar a exterminação de sua raça.  Sangue. Terror. Morte.

Quase um século depois.

O que restou da humanidade está escondida e amedrontada. Vivem entre muros, só se deslocam a luz do dia e a noite ficam atrás das muralhas protegidos por luzes super potentes e tentam combater os noturnos. Eles não sabem se existem outros sobreviventes, desistiram a muito tempo de procurar e vivem aterrorizados com a chegada do anoitecer.  Aos poucos nós vamos conhecendo os moradores da fortificação e este novo mundo.

Assim ficamos conhecendo os irmãos Peter e Theo Jaxon, Sara e seu irmão Michael – também conhecido como Circuito -, Alicia e muitos outros moradores. Eles obedecem a uma lei única há quase 100 anos quando a comunidade foi criada. Alguns foram treinados como soldados, outros como enfermeiras, professores e engenheiros. Enquanto uns cultivam, outros cuidam para que nunca falte luz.  Ao anoitecer, eles sofrem, lutam e esperam o amanhecer. Nem todos sobrevivem.

Esta é a história do fim do mundo que conhecemos, do reinado das trevas e do surgimento de uma nova civilização, governada pelo terror. É a história de quando eles descobriram que as baterias um dia iam acabar e a fortificação ficaria no escuro. De como um pequeno grupo resolveu partir a procura de respostas. Do que eles encontraram lá fora. Do que eles perderam. Esta é a história de Amy. De Peter. De Lacey. De Wolgast. De Badcock. É a história dos muitos.

Este é mais um daqueles livros que você começa a ler e fica desesperado para chegar logo ao final, o livro é enorme e eu devorei cada uma das páginas. O livro é bem descritivo, tem alguns momentos bem devagar, mas valem a pena pelo resultado final. Os personagens são muito bem construídos, desde os personagens principais até os coadjuvantes todos tem uma história de vida, com começo meio e fim. 

Eu amei os personagens.  A misteriosa Amy e os corajosos habitantes da fortificação. Torci com eles e temi por eles durante todo o livro. Sem contar que tem umas partes bem assustadoras, teve uma noite que quase dormi com a luz acesa rsrs. Medo de sonhar com a mulher gorda!! Quem já leu vai entender hehe

Sem dúvidas é um dos melhores lançamentos do ano, este também vai para o TOP 10 que irei postar no final de dezembro, eu amei a trama e a escrita de Cronin, mas não achei o livro perfeito. O começo é bem devagar e o autor é muito descritivo, a parte da ação mesmo começa lá pela metade. Estou dizendo isto porque a sinopse passa a impressão que o livro já começa com o vírus e não é bem assim. 

E o enredo embora seja bem diferente do que temos lido ultimamente sobre vampiros não é totalmente original. A trama lembra bastante Residente Evil, quem curte os filmes tenho certeza que vai amar. Para quem gostou também da Trilogia Bento do André Vianco, vai achar várias semelhanças entre as tramas, então recomendo Bento para quem já leu a Passagem e vice-versa.

Este é o primeiro volume de uma trilogia, mas não se assustem porque o livro não termina sem final e vale cada uma das suas muitas páginas.  Super recomendo para os amantes de suspense, ação e aventuras.  Eu já estou com saudade dos personagens e ansiosa pela continuação.

Trilogia A passagem
In:
http://enterthepassage.com
  1. A passagem ( The passage)
  2. Os doze (The Twelve)
  3. A cidade dos espelhos (The City of Mirrors).
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO