target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Alguém como você - Cathy Kelly

>>  terça-feira, 15 de fevereiro de 2011


KELLY, Cathy. Alguém como você. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 2010. 700p. Título original: Someone like you.

"A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida."
(Vinicius de Moraes)



O que seria da nossa vida sem nossos amigos? Os amores vêm e vão, mas os verdadeiros amigos caminham junto com você.  Com uma escrita leve e divertida, o livro de hoje retrata muito bem o valor da amizade e conta a vida de três mulheres que se tornam grandes amigas e a busca de cada uma delas pela felicidade, com suas alegrias e decepções. Hoje no blog Alguém como você de Cathy Kelly.

“... desejar algo com todo o coração e alcançá-lo de fato são coisas completamente distintas. Até porque, quando você alcança, pode acabar descobrindo que não era bem o que queria...”

Três mulheres bem diferentes, em estágios distintos de suas vidas, cada uma tem seus planos e seus sonhos... uma deseja encontrar o verdadeiro amor, a outra luta para conquistar o sucesso em sua carreira e a terceira sonha em ser mãe. Um dia, em uma viagem de férias para o Egito, estas três mulheres se encontram e se tornam grandes amigas.  E a história delas é única, mas é também semelhante a de muitas outras mulheres.

Hannah viveu por dez anos a sombra de um homem, se acomodou e abandonou seus planos em função de alguém e de repente seu mundo se transformou. Abandonada pelo ex-namorado resolve tirar os homens de sua vida, a não ser que seja apenas para rápidos encontros sexuais, e investir em sua carreira como agente imobiliária. Ela é linda, sensual e está com tudo em cima depois de várias horas diárias de malhação.

Leonie é uma quarentona divorciada e mãe de três filhos, tem sua carreira de enfermeira veterinária, ama os bichos e procura o seu grande amor. Foi ela quem decidiu se separar do marido após anos de um casamento que era sustentando pela amizade e não pela paixão. Mas é inevitável se sentir insegura em uma situação dessas, com três filhos adolescentes e com seu corpo cheinho falta coragem para embarcar na dura rotina dos encontros.

Emma é a mais nova das três, com 31 anos, está casada com o homem dos seus sonhos e tudo que quer é ser mãe. Mas por mais que tente não consegue engravidar, para piorar seu relacionamento é constantemente perturbado pelas exigências de seus pais. Com um pai tirano e uma mãe que vive a margem do marido, ela ainda não conseguiu se libertar do domínio familiar. 

Hannah, Leonie e Emma se tornam grandes amigas, com o passar do tempo e com as transformações que a vida as submete elas se amparam, se ajudam e compartilham suas alegrias e tristezas.  Elas vão descobrir a importância da amizade, a força de uma mão amiga e que a vida de repente pode mudar completamente.

Cathy Kelly é irlandesa e seus romances fazem muito sucesso em seu país, já tem mais de 10 livros publicados e este livro é sua estréia no Brasil. A autora escreve de uma forma suave e delicada, a leitura é rápida e deliciosa e o enredo é muito verdadeiro, suas personagens são bem reais, sem aquela maquiagem toda dos romances e isso eu adorei.

As suas três personagens mudam muito durante a evolução da história e é uma delícia acompanhar esta transformação. Desde Hannah que não acredita mais no amor e só quer saber de sua carreira, enquanto Leonie que tudo o que quer é encontrar o grande amor. Emma sofre por não conseguir engravidar, mas sofre mais ainda com os desmandos de seu pai. Tem hora que da vontade de ir lá e gritar com aquele homem insuportável.

O livro não foca muito na história dos personagens secundários, em alguns momentos senti falta disto na narrativa porque eu queria saber mais sobre a irmã de Emma, o affaire de Leonie e o chefe da Hannah, dentre outros. Mas ele explora muito bem a relação de Emma com os pais, de Leonie com seus filhos etc. Adorei os filhos de Leonie, tem todo aquele drama adolescente mas as gêmeas de 14 anos garantem momentos divertidos.

Para mim o ponto negativo é que o livro é muito grande sem necessidade, têm algumas partes muito descritivas e algumas cenas desnecessárias, eu gostei do livro, mas fiquei com aquela sensação que a autora poderia ter contato a mesma historia com 300 páginas a menos. E apesar de tudo isso achei o final de Hannah muito corrido e meio forçado. Minha personagem preferida é a Leonie.

Mesmo assim a leitura flui muito bem, acho que isso acontece porque é impossível não se identificar com as personagens em algum momento.  Você vai sorrir, se emocionar e ficar revoltada com alguns acontecimentos, como tudo na vida.  Com certeza estas três vão deixar uma lição de vida e de amizade. Leiam!

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO