target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Deusa do mar - P. C. Cast

>>  terça-feira, 19 de julho de 2011

CAST, P. C. Deusa do mar. São Paulo: Editora Novo Século, 2011. 432p. Título original: Goddess of the sea. (Série Goddess, v.1).

“A pele impecável se afunilava em uma cintura voluptuosamente curvilínea. Só que onde sua cintura começava a ondular, a pele dava lugar a escamas muito bem entremeadas. Onde deveriam estar as pernas e os pés, havia uma cauda que terminava em uma barbatana enorme e mole.
- Puta que pariu, eu virei peixe!”p.85

Este livro estava na minha lista de desejados desde que fiquei sabendo do lançamento, eu adoro o tema “sereias”, a capa é linda de morrer e gosto muito da série The House of night da mesma autora. P. C. Cast escreve suas fantasias baseadas nos deuses romanos, nas deusas pagãs e seus rituais, valorizando a mulher e sua força interior. A nova série lançada agora no Brasil, será baseada nas divindades do sexo feminino, em seu primeiro volume vamos conhecer Gaia e Ondina em Deusa do mar de P. C. Cast.

Christine Canady acaba de completar 25 anos e encontra-se sozinha e de porre em seu apartamento, pensando na vida, em sua carreira, na falta de amigos e de alguém especial em sua vida. Sargento da força aérea americana Chris está prestes a encarar uma nova missão, apesar de seu medo de voar ela garantira a mãe que seu cargo era muito mais da terra do que do ar.

Chris em um momento de bebedeira e de solidão realiza um antigo ritual pagão para Gaia, a Deusa da Terra e pede  na luz da lua cheia mais magia em sua vida. O que ela nunca poderia ter sonhado era que o feitiço iria realmente funcionar. Logo depois, quando seu avião cai no oceano sua vida muda para sempre.

Ao escolher entre a morte ou trocar de alma com a sereia Ondina, Chris se vê com um corpo de sereia e com um oceano de possibilidades ao seu redor. Ela que nunca se achou muito bonita de repente tinha um corpo curvilíneo, cabelos longos e dourados e seios fartos. Mas Ondina não era uma sereia qualquer, ela era a deusa nascida da união de Gaia – Deusa da Terra – e Nir – Deus do mar. Insatisfeita com sua vida infeliz no mar, Ondina pede a sua mãe uma chance de viver na Terra e consegue através da troca com Chris.

Agora além de viver em um tempo antigo e governado pela magia, Chris tem muitos outros desafios à enfrentar. Ela logo descobre que Ondina queria fugir do tritão Saperdon, outro filho de Nir que queria possuí-la de qualquer maneira. Desesperada ela consegue mais uma vez a ajuda de Gaia e acaba sendo salva pelo tritão Dylan.

Como solução ela consegue ir para a Terra, porém vive em uma terra passada, governada pelo poder da igreja e pela soberania masculina. Com sua beleza estonteante ela logo consegue um protetor, um cavaleiro da época que fica encantando com a "princesa", mas enquanto deveria se apaixonar por ele, não consegue esquecer o tritão sexy que conheceu no mar.

Deusa do mar é uma história que teria tudo para ser fantástica, mas que manteve seu foco apenas em sua protagonista perdendo muitos novos ângulos que poderiam ter sido melhores explorados. Eu amo histórias sobre sereias, sobre a vida no mar e a mitologia que a autora aborda é muito interessante, porém senti falta de saber mais sobre outros personagens, como o que aconteceu com Ondina na terra quando trocou de lugar com Chris; achei também o discurso feminista e as juras de amor muito repetitivas.

A história de amor de Chris com o tritão é recheada de cenas hots e muitos trechos românticos, além de uma descrição intima do corpo das sereias e dos tritões rs. Esta parte eu gostei, apesar de ter sofrido muito para imaginar a mulher e o “peixe” e os dois “peixes” juntos nas cenas íntimas - trabalho árduo de exercício de imaginação rs-.

A leitura é rápida, Chris tem muita força de caráter e um senso de humor aguçado. Foi muito legal conhecer os novos personagens do monastério onde ela é acolhida e de ver sua luta pelos direitos das mulheres. Sobre a narrativa eu gosto da forma como a autora escreve, mas senti falta de um foco maior no romance e o que mais atrapalhou aqui foram os erros de tradução e até da autora: acidente vira ordálio, padre vira pai, apareceu um A.C ao invés de D.C do nada e até sobre vírus na idade média foi falado.

Para quem conhece e gosta da outra série da autora vai se sentir em casa por aqui, para quem não gosta eu não indico; se você é daqueles que acha HON exagerada vai se assustar com a trama da série Goddess. Eu acho também a narrativa de HON mais ágil e divertida, com personagens melhores. Achei Chris meio egoísta e sem noção, só fica admirando o quanto seu novo corpo era lindo e perfeito, em nenhum momento ela sente saudade dos pais nem se preocupa com a vida que deixou para trás.

O melhor do livro foi que eu adorei Gaia, me diverti muito com as cenas narradas no mar, amei o tritão Dylan e mergulhei de cabeça na fantasia maluca de P.C. Cast. Apesar de não ter amado quero ler os outros da série, quem já leu me conte aqui o que achou. ^^

Série Goddess de P. C. Cast

1)      Deusa do mar (Goddess of the sea)
2)     Deusa da primavera ( Goddess of spring) (Os demais não lançados no Brasil)
3)   Goddess of the light
4)    Goddess of the rose
5)  Goddess of Love
6)  Warrior rising
7)  Goddess of Legend

Avalição (1 a 5): 

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO