target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Pacto Secreto - Eliane Quintella

>>  terça-feira, 2 de agosto de 2011


QUINTELLA, Eliane. Pacto secreto. São Paulo: Editora Novo Século, 2011. 360p. (Pacto Secreto, v.1)

“Mas será que realmente tudo era culpa do diabo? Será que o diabo era um bode expiatório para o homem jogar suas fraquezas? Será que o homem só queria culpar alguém por suas próprias maldades? Será que era justo culpar o diabo pela minha própria vaidade? P.181

O livro de hoje é diferente e inquietante, é questionador na medida em que sua trama se desenvolve e da ao leitor a chance de escolher, entre apenas se divertir com uma obra de ficção ou, além disso, pensar nos aspectos que a autora questiona: religiosos, filosóficos e até sociais. Conheça o grande dilema de Valentina em Pacto Secreto de Eliane Quintella.

Valentina Soares é uma jovem bonita, inteligente, muito rica e bem sucedida. Porém, desde que ocorreu aquele acidente, sua vida está destroçada e ela não encontra forças para superar tamanha tragédia. Depois de sofrer e se culpar por muito tempo, ela tenta se recuperar e está disposta a qualquer coisa para corrigir seu erro. Quem dera estivesse em suas mãos o poder de mudar o passado e depois de rezar e implorar a Deus com toda sua fé, ela está disposta a aceitar qualquer ajuda, até a do diabo.

O que parecia apenas um pensamento desesperado torna-se realidade quando em um bar com suas amigas, Valentina encontra um homem lindo de morrer que a encara fixamente. De beleza estonteante e olhar penetrante, ele afirma ser um enviado do diabo com um pacto para lhe propor e diz ter vindo a sua procura representando o próprio Satan.

Ele realizaria o seu sonho, fosse qual fosse ele tornaria real, Satan poderia corrigir seu passado, consertar aquele dia terrível que mudou sua vida para sempre. Em troca ela teria que assinar um pacto com o diabo em pessoa e as conseqüências para a sua alma, para a sua vida seriam definitivas.

Tentada pelo desejo de corrigir aquele grande erro e apavorada com as conseqüências da assinatura do pacto Valentina começa a pesquisar, recebe a ajuda inesperada de seu amado pai, uma ótima pessoa que havia falecido há pouco tempo.

Agora Valentina deverá tomar a maior decisão de sua vida, que mudará não só o seu futuro, mas o de toda sua família. O que está em risco é a sua alma, mas pode ser um preço pequeno a pagar se ela conseguir o que tanto deseja.

Eu sei que esta vai ser uma resenha difícil de terminar e vou explicar para vocês porque, o início   do livro é interessante e já começa com muita coisa acontecendo e – como vocês viram acima – não se sabe o que aconteceu para deixar Valentina naquele estado de desespero; achei também que ela aceitou tudo muito fácil, quase como se dissesse "ah que legal você é o enviado do diabo, senta ai, vamos beber um vinho". Depois disso tem uma parte bem longa e explicativa que eu confesso, achei muito chata, e só melhora na página 191 no capítulo “A viagem”. Daí para a frente  o livro muta totalmente e eu li tudo muito curiosa para saber o final.

Falando sobre o que não gostei no desenvolvimento do livro, o problema não foram as descrições pois estou acostumada e até gosto de historias bem detalhadas; nem a protagonista, que apesar de se achar a “fodona” até que é legal. Eu não gostei da perfeição que gira em torno da vida de Valentina e de todos ao seu redor, na verdade não gostei da forma em que ela instiste em falar isso o tempo todo: como ela é linda, é inteligente, é rica, é poderosa, seu pai perfeito, sua mãe perfeita, sua empregada que é a melhor cozinheira do mundo, seu lindo jardim inglês, seu carro isso, seu outro carro aquilo, sua enorme mansão, sua linda fazenda, seus belos cavalos e bla bla bla.

Depois que tudo isso passa eu imagino que a autora quis destacar a vaidade da protagonista, ou talvez até demonstrar que a família dela era muito boa e não merecia um “castigo divino”, não merecia o que estava acontecendo com eles. Eu entendo, mas minha leitura ficou sofrida e teve como resultado a minha avaliação final do livro com nota 3, porque quando você chega ao final com certeza a história é outra coisa.

Depois quando começa a parte legal é tanta coisa que acontece e que não posso contar nada para vocês rsrs - vocês sabem que eu não vou contar spoiler, mas podem confiar que tem muitas reviravoltas, emoções, personagens que se revelam e um desfecho muito louco. Para mim o final poderia ter mais umas 50 páginas, mas agora teremos que esperar a continuação, Prazer secreto.  Eu acredito que a continuação será muito melhor que o primeiro livro e espero que a narrativa seja toda alternada entre dois personagens... droga não posso contar. =]

Bom o pseudo-relacionamento entre Valentina e o enviado esquenta em algumas cenas, o cara é sexy, bem do tipo bonitinho e cafajeste e eu queria que tivesse contado mais sobre a história do personagem. 

Para quem gosta de um sobrenatural diferente é uma boa pedida, a autora escreve bem e a edição está muito bem feita, bonita e sem erros. Agora é esperar a continuação, leiam!

O book trailer ficou muito legal, confiram :


Eliane Quintella  é a autora nacional do mês de agosto no Viagem Literária, em breve teremos sorteio do livro e entrevista com a autora.

A Trilogia de Eliane Quintella

1)      Pacto secreto
2)     Prazer secreto (ainda não lançado)
3)     História secreta.

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO