target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Tudo sobre garotas - Cláudia Felício

>>  sexta-feira, 7 de outubro de 2011



FELÍCIO, Cláudia. Tudo sobre garotas. Rio de Janeiro: Editora Agir, 2011. 104p.

Já saí da adolescência há uns 15 alguns aninhos e é extremamente divertido ler sobre aqueles pequenos dramas que viravam grandes tragédias e questão de vida ou morte na vida de uma garota. Este não é um livro de ficção e sim um bate-papo muito divertido para as meninas que estão entrando neste período tão diferente da vida. Em um livro cheio de bom humor conheça Tudo sobre garotas da brasileira Cláudia Felício.

A proposta da autora não é fazer um guia com instruções ou dicas para meninas, é uma conversa franca sobre assuntos que fazem parte da vida de todas as meninas, os dramas que me lembro tão bem e aquelas situações que todo mundo passa nesta época.

Fala sobre os meninos, o principal assunto de 9 entre 10 garotas nesta idade, meninos de todos os tipos e para todos os gostos. Fala sobre timidez, sobre namoro, bullying e aqueles tão conhecidos complexos. Não sei vocês, mas eu quando tinha 15 anos era mais ou menos irmã gêmea da Betty – é isso mesmo que você pensou – A Feia.  Meu cabelo parecia uma juba de leão que a Vozinha achava que sabia cortar, ela fazia as minhas roupas! E eu tinha um óculos preto enorme e horrível.... deixa para lá. Vocês entenderam a questão, mas calma, existe vida após durante a adolescência.

E todos nós tivemos os nossos complexos, o meu vocês já entenderam né? Menina criada por vó, muitos livros e pouco guarda-roupa = tragédia. E os carinhas? Tem sempre aquele lindo que metade das meninas se apaixonam, e tem aquele melhor amigo que é tudo de bom, mas você não consegue enxergar atrás daqueles óculos, aparelho, ou o que for. Como já diziam os Paralamas:

“Por que você  não olha pra mim?
Me diz o que que eu tenho de mal
Por que você não olha pra mim?
Por trás dessa lente tem um cara legal.”p.60

E tem mesmo, o problema é que a maioria das garotas perdem anos correndo atrás dos populares até se dar conta disso, será que toda mulher nasce com complexo de badboy? Rsrs.

E quando você conquista o carinha, seja o de óculos ou o popular, sempre tem a “garota azarando seu namô”, pode ser que ninguém nem olhava para o coitado duas vezes, mas é só ele começar a andar de mãos dadas que vira a última bolacha do pacote.  Pois é, quem dera só existisse a piriguetagem do tipo literária rsrs.

Esta também acho que todo mundo conhece, por qual destas você já passou? Tem o famoso “apaixonada pelo PRIMO FUTEBOL-CLUBE” ou a eterna “paixão platônica”. Eu só tenho primas próximas, família pequena... mas as paixões platônicas aiai. Meu primeiro grande amor foi meu professor de educação física na 5ª série. Não lembro nem o nome dele, mas era tão lindo. Tão lindo que me fez dar voltas correndo ao redor do colégio, jogar handebol e basquete. Foi ai que sofri “Bullyng”...mas esta já é outra história. Depois disso acho que ninguém nunca mais viu as palavras bola + Fernanda na mesma frase.

Se você escapou ilesa até aqui, vai me falar que nunca esteve “Entre dois amores?” É batata, é lei de murphy... sabem qual a melhor maneira de arrumar um namorado? É ter um namorado! Se você tem 1 você consegue 3, se você tem 0 nem adianta sair de casa hahaha.

Cláudia Felício fala de forma muito descontraída sobre estes e vários outros assuntos, um livro ótimo para presentear os filhos, os sobrinhos, os primos e todas as garotas que estão passando por esta fase. Não sei que lição elas vão tirar daqui, mas pelo menos elas vão se divertir muito no processo. xD  



Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO