target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A promessa - Richard Paul Evans

>>  terça-feira, 3 de janeiro de 2012

EVANS, Richard Paul. A promessa. São Paulo: Editora Lua de Papel, 2011. 278p. Título original: Promise me.

Fiquei imaginando se aqueles que dizem que “é melhor ter amado e perder do que nunca ter chegado a amar” perderam aqueles que amaram.
Diário de Beth Cardall p. 235

Fiquei muito curiosa para ler este romance depois de vários comentários positivos que andei lendo nos blogs. O autor tem mais de 14 milhões de exemplares vendidos nos EUA entre seus vários romances, eu ainda não o conhecia, ele tem também outros livros lançados no Brasil todos de Editoras diferentes: Um dia perfeito, A lista de natal e alguns livros na coleção das Seleções (não gosto porque eles cortam tudo). A sinopse deste livro conta tanta coisa, que eu me peguei pensando se ela estaria cheia de spoilers, ou se algo ainda me surpreenderia no enredo. Descubram na resenha de A promessa de Richard Paul Evans.

Esta resenha não contém spoilers! Sugiro que não leiam a orelha do livro! =]

Beth Cardall tinha um ano bem gravado em sua memória, um ano onde sua vida mudou e que ela jamais esqueceria, tantos pelas tristezas como pelas alegrias. Dezoito anos depois ela ainda tem as marcas de todo sofrimento pelo qual passou, mas apesar de tudo, ela não faria nada diferente. O ano era 1989. E foi marcado pela tragédia.

Beth era muito bem casada com Marc, os dois eram muito felizes e tinham uma filha adorável. Charlotte tinha seis anos e era um sopro de alegria em sua vida solitária. Sim, apesar do amor de Marc ele estava quase sempre ausente, seu trabalho como vendedor o mantinha sempre viajando. E para ocupar seu tempo ela trabalhava na lavanderia da cidade, ao lado de sua melhor amiga, Roxanne.

Em uma certa manhã, Charlotte passou muito mal na escola e Beth teve que deixar o trabalho para buscá-la. O que parecia uma simples virose, se tornou uma doença misteriosa. A filha não melhorava e nenhum médico descobria o que ela tinha, os exames eram muito caros. Ao mesmo tempo ela tem a maior decepção de sua vida, seu casamento era uma mentira, uma completa falsidade.

A doença da filha e os problemas em seu casamento prejudicaram seu trabalho, ela precisava de dinheiro, tinha pavor de perder sua única filha e perdeu a esperança de um futuro melhor, não acreditava mais em si mesma e apenas tentava cuidar de tudo e seguir em frente. Até aquela manhã extremamente fria.

Era uma manha gelada, uma nevasca gelava até os ossos. Em uma loja de conveniência ela conhece Mattew, o homem que mudaria sua  vida para sempre. Quem era aquele homem? Ele insistia em se aproximar e parecia conhecê-la. Ela não queria nada, não acreditava mais no amor. Mattew era lindo, atencioso e misterioso. Ele que esperou ela se apaixonar perdidamente para confessar seu terrível segredo.

Em dezembro de 2008 ela ainda relembrava aqueles momentos, como ele mudaria sua forma de ver o mundo e seu futuro completamente. Qual o seu segredo?

"Trancafiados em porta-joias, escondidos em meu closet, encontram-se dois colares. São presentes de dois homens diferentes.
Os dois colares são belos, ambos são valiosos e não uso nenhum deles, por motivos completamente diferentes - um em razão de uma promessa desfeita, o outro por conta de uma promessa mantida.
Enquanto estiver lendo minha história, há algo que quero que compreenda. Apesar de todo o sofrimento - passado, presente  e que ainda virá - eu não teria feito nada diferente. Nem sequer trocaria por qualquer outra coisa o tempo que passei com ele - exceto por aquilo que, afinal, eu o troquei." p.7

Adorei conhecer a narrativa de Richard Paul Evans, a escrita é leve e a narrativa flui muito bem. Eu que achei que nada me surpreenderia no livro, acabei encontrando uma história muito diferente do que eu esperava. O livro é mais do que um romance e não é nem de longe um drama.  Mas, vou repetir, quem ainda não leu evite ler a orelha do livro, tem coisas que eu preferia descobrir durante a leitura.

O ponto alto do livro é o segredo que envolve Mattew, um personagem misterioso e instigante. Beth fala do passado e nós não temos ideia do que aconteceu em sua vida. A protagonista passa por muito sofrimento, mas é uma mulher forte e decidida, eu torci muito por ela. E o livro é viciante, fiquei muito curiosa para saber o que ia acontecer e li ele todo em um dia. Apesar que logo desconfiei qual era o mistério e no final vi que estava certa. :P

Sabem o que eu não gostei? Fora a orelha rs. O livro é muito rápido para um enredo tão diferente, e muita coisa termina sem explicação. Não é que termine no ar, é só que o autor não tenta explicar como o “mistério” foi possível. É como falar “ah o personagem é um anjo”, mas não falar nada sobre como ele foi parar na Terra e como são os anjos. Entendem? É difícil explicar isto sem spoilers, mas ele não me convenceu. Imagine a sua vida atual... imagine agora se você fosse, sei lá, 50 milhões mais rica. Você faria realmente as mesmas escolhas? Ou isto mudaria tudo? Analogia falha, mas quem já leu vai me entender rs.

Outra coisa estranha foram as atitudes e os conhecimentos de Mattew, algumas coisas não batiam, outras eram exageradas demais. Não consegui me convencer e fiquei frustrada com este aspecto do livro.

A minha nota só não foi maior pelo que disse acima, mas mesmo assim foi um romance bem diferente do que eu esperava e eu adorei. Se vocês gostam do estilo leiam, se ficaram curiosos com a resenha... LEIAM!

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO