target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A dança da floresta - Juliet Marillier

>>  terça-feira, 27 de março de 2012

MARILLIER, Juliet. A dança da floresta. São Paulo: Editora Prumo, 2008. 374p. Título original: Wildwood dancing.

“- Amor verdadeiro é a melhor coisa do mundo. É o que faz todos os problemas desaparecerem.
- Até para os sapos?
Gogu me encarou com ódio e ficou em silêncio.
- Gogu, eu estava brincando – disse, sentando-me num pulo e obrigando-a a se deslocar para o tapete. – Sei que você não é um sapo como os outros. Mas é que...” p.238

A historia de hoje é para quem adora um conto de fadas adaptado. E também para quem gosta de um romance lindo, recheado de fantasia, suspense, vilões, bruxas e muitas surpresas. A autora escreve de uma maneira doce e quase mágica e hoje convido vocês a conhecerem A dança da floresta de Juliet Marillier.

Era uma vez...

... cinco irmãs, todas elas com uma peculiaridade que as destacava. Tati era a bela, Jena a responsável, Paula a inteligente, Iulia moça precoce e destemida, Stela ainda uma doce criança. As irmãs perderam a mãe muito cedo e viviam com o pai em um antigo castelo margeado por uma lendária floresta.

As meninas viviam em Piscul Dracului e a nove anos compartilhavam um maravilhoso segredo. Todas as noites de lua cheia, uma vez por mês, elas abriam um portal e seguiam para o Outro Reino. Um reino povoado por criaturas mágicas, duendes, fadas, ogros, bruxas e toda sorte de seres.

Bem, o segredo não era somente delas, Jena compartilhava o outro reino com seu melhor amigo Gogu, um sapinho, que ela achara na floresta há muitos anos atrás. Ela e Gogu eram inseparáveis, brincavam juntos, dormiam juntos e até conversavam por pensamento. 

As pessoas comuns temiam a floresta e o que se escondia nela, como os temidos seres da noite. Diziam as lendas que eles se alimentavam de sangue, eram perigosos e cruéis. Para as meninas o Outro Reino era uma clareira para fazer amigos, bater papo e dançar. Era uma noite onde colocavam belos vestidos e se divertiam muito, sempre obedecendo as regras das irmãs mais velhas.

Porém, como acontece nas mais belas historias, um dia tudo aquilo muda e a felicidade das garotas é colocada a prova. O pai delas fica muito doente e é obrigado a procurar uma terra mais quente para melhorar, longe do inverno do castelo. As meninas ficam sozinhas, Jena com a missão de cuidar da casa e dos negócios. Se precisarem de ajuda podem contar com o vizinho e irmão do pai, tio Nicolai e seu filho mais velho Cezar.

Mas Cezar odeia a floresta e tudo o que remete a fantasia, desde que seu irmão Costi morrera afogado há tempos atrás. As meninas ficam encarregadas de cuidar da casa, mas logo precisam lidar com as ordens do primo. 

Esta é a historia de como Jena irá lutar por tudo aquilo que lhe é mais sagrado, pela felicidade das irmãs, pelas Terras do pai, pela floresta e pelo próprio futuro. Um espelho de uma bruxa, uma criatura da noite e o amor verdadeiro farão parte desta historia.

Ahhh este livro é tão lindo, tão encantador. Há muito tempo não lia um livro que me fazia lembrar tanto dos contos de fadas da minha infância. E não pense que o livro é bobo ou infantil, a historia tem romance, suspense e um vilão que nos deixa agoniada até a última página. 

Eu amei Jena e seu jeito determinado, a moça é uma lutadora e está a frente de sua época. Lá eles esperam que as mulheres casem ainda novas e vivam para a família, já Jena quer estudar e cuidar dos negócios do pai.  Tati é a irmã bela e sonhadora, só quer encontrar um grande amor e vive no mundo da lua, por vezes perdi a paciência com ela.

Já Gogu é um personagem fofo na historia, embora seja meio nojento imaginar a menina dormindo com um sapo ao lado no travesseiro, a relação dos dois é muito bonita e bem construída.

Como todo conto de fadas eu desconfiei de algumas coisas desde o início e no final estava certa, mas adorei estar certa, foi tudo muito lindo. O livro é baseado no conto de fadas “As doze princesas”, não sei se vocês conhecem. Eu escutei esta historia quando era bem pequena, mas quem quiser conhecer achei uma versão AQUI. Lembram? Doze princesas... doze barcos e os sapatos gastos. ^^

Sobre a avaliação, o livro não é repleto de ação, ou com uma historia surpreendente. Mas cumpre perfeitamente seu papel de romance juvenil fofo, conto de fadas adaptado maravilhosamente bem... e por isto minha nota é 5. Acho até que as meninas são bem adultas, este livro vai agradar também o público mais velho. Outra curiosidade, você não ficará preso à continuação, o segundo livro conta a historia de Paula, imagino que alguns anos depois.

A capa do livro é perfeita, se você procurar consegue ver várias cenas da historia se desenrolando entre as imagens. Bom, sem dúvidas eu amei e espero poder ler outros livros da autora. Sem dúvidas eu indico, para jovens e adultos, que gostam de um bom conto de fadas e de um lindo romance. Leiam!!

Série Wildwood de Juliet Marillier
  1. A dança da floresta (Wildwood dancing)
  2. O segredo de Cibele (Cybele’s secret)
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO