target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O último grito - Lisa Jackson

>>  quarta-feira, 2 de maio de 2012


JACKSON, Lisa. O último grito. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 2011. 602p. Título original: Final scream.

“- Vá para o inferno – sussurrou, surpresa com a veemência contida em suas palavras, ao dar as costas e sair pelo escuro.
- Acredite em mim, já estou lá. – As palavras dele a seguiram, mas ela não conseguiu parar, não ouviu, apenas tentou correr pelos jardins com a droga daqueles saltos altos e desejou, em nome de tudo o que podia, nunca mais encontrar Brig McKenzie de novo, nunca mais o beijar, nunca mais ser estúpida o suficiente para lhe dar seu coração.” p.208

Há muito tempo eu tenho vontade de ler algum livro desta autora, já li ótimos comentários sobre Calafrios – que eu tenho na estante há séculos e não li porque é o terceiro livro de uma série, não lançam os outros aqui e eu queria ler na ordem rs – e agora finalmente tive a oportunidade. Eu que não conhecia a autora, esperava um super thriller policial, mas não é nada disso, o estilo da autora é o que podemos chamar de suspense policial ou um romance policial com um foco bem maior no romance. Este livro é individual e eu adorei o estilo, saibam o que espera por vocês em O último grito da Lisa Jackson.

Para a jornalista Cassidy Buchanan o fogo é a lembrança de um pesadelo, chamas incandescentes cortavam a noite escura, queimavam o velho moinho e era quase como se ela pudesse escutar os gritos. O fogo destruiu sua rica família há dezessete anos, ela nunca se esqueceu da dor, e de Brig McKenzie. O crime trágico nunca foi resolvido.

Agora ela está de volta a Prosperity, Oregon, quando um novo incêndio acontece. Mais mortes, e um único denominador comum, Cassidy. Ela voltou para sua terra disposta a começar uma nova vida, mas o os acontecimentos do passado ainda não haviam sido esquecidos. Alguém não quer que ela descubra o que aconteceu, alguém havia matado antes e agora vai matar de novo. Um psicopata de sangue frio ainda quer ouvir seu grito final.

Prosperity, Oregon, 1977.
Cassidy, aos 16 anos, é a filha caçula de Rex Buchanan, um investidor rico dono de metade da cidade. A moça tem um estilo moleca, adora andar a cavalo e não está preocupada com festas e vestidos, ela é tão indomada quanto seu novo cavalo e adora viver na fazenda. Ao contrário de sua irmã, Angie Buchanan, considerada a mulher mais bonita da cidade, e claro, um ótimo partido. Angie tinha total consciência de seu corpo e de sua beleza, considerava todos os homens presas fáceis e adorava brincar com eles. Derrick, o irmão mais velho, não suporta ver nenhum rapaz olhando desta maneira para a irmã.

Ela era assediada por toda à cidade, mas ao invés de um namorado, a moça tinha várias conquistas e nenhum senso de pudor. É ai que chega para trabalhar na fazenda Brig McKenzie, 19 anos, o bad boy da cidade. Brig vive se metendo em brigas e não para em nenhum emprego, mas Rex resolve dar uma chance ao rapaz e o contrata para domar o novo cavalo de Cassidy. Angie logo se engraça para o rapaz, principalmente porque ele parece nem olhar para ela.

Enquanto Angie faz tudo para enlouquecer Brig, o rapaz só tem olhos para a jovem Cassidy. Filho de uma índia com fama de bruxa na cidade, Brig sabe que não deve se meter com as filhas do patrão. Mas acaba caindo em uma teia complicada, atraído por Cassidy e fazendo de tudo para resistir as investidas de Angie. Seu irmão mais velho Chase, daria tudo por aquela oportunidade, pois tudo que o rapaz sempre quis foi casar com uma moça rica.

O envolvimento das irmãs com Brig se transforma em uma grande tragédia em uma noite; um incêndio proposital, duas vítimas fatais. Cassidy vai embora da cidade com o coração partido. Agora dezessete anos depois, ela está de volta, o assassino também.

~~~~~~~

Como eu disse no início, o enredo é mais romance do que policial. A paixão de Cassidy por Brig, as conquistas de Angie, tomam boa parte da primeira parte do livro. Com direito a algumas cenas hot e muito hormônio juvenil, sabemos o tempo todo da presença de um maluco a espreita, mas sua identidade é desconhecida.

Fiquei o livro todo tentando descobrir quem havia causado o primeiro incêndio, e claro o que veio depois. Meu palpite passou por vários personagens durante a leitura, acabei descobrindo antes, mas acho que a autora me ajudou, em uma cena ela deixou bem na cara quem poderia ser.

Mesmo assim achei que vários personagens poderiam ser o assassino, roí as unhas o livro todo e torci muito por Cassidy, a personagem me encantou desde a adolescência. Brig também me conquistou, um bad boy daqueles apaixonantes, eu suspirei por ele na primeira parte do livro. A historia é cheia daqueles dramas familiares sabem? O pai de Angie e Derrick era casado e a primeira esposa morreu, ai ele casa com a mãe de Cassidy e a família é cheia de segredos. Por outro lado, Sunny, a mãe meio bruxa de Brig e Chase também não fica para trás.

A segunda metade do livro já é mais voltada para a trama policial, muita coisa acontece e só ai começam a se revelar muitos segredos. Eu amei o livro e indico para fãs de romances e de romances policiais. E um lembrete, cuidado com outras resenhas e até informações da orelha do livro, vi muitos spoilers que preferi evitar para deixar vocês se surpreenderem.

Com uma pegada hot, um romance tórrido e um assassino à espreita, O último grito é daqueles livros que tiram o sono e deixam o leitor grudado até a última página. Espero que lancem logo outros livros da autora por aqui, eu super indico! Leiam!

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO