target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #16 – Parenthood

>>  segunda-feira, 16 de julho de 2012


Olá, pessoal. Hoje estou numa gripe tremenda e para combinar com meu estado de espírito, sem falar da chuvinha fininha que cai lá fora, resolvi apresentar para vocês uma série de drama: Parenthood. A série, que estreou em março de 2010, não é muito conhecida ou das mais comentadas, porém, é formada por um elenco de peso e tem um enredo no qual é impossível não se envolver, afinal, os dramas familiares são bem comuns na vida da maioria das pessoas. Lá fora a série é veiculada na NBC e no Brasil pelo canal Liv.


A trama conta a história de uma grande família, os Braverman, e na primeira temporada é um pouco mais centrada no drama específico de Sarah, vivida pela excelente atriz Lauren Graham, a eterna Lorelai Gilmore. Sarah é uma bartender que vivia em Fresno com seus dois filhos, Amber e Drew, mãe solteira, com problemas financeiros. O pai das crianças é um viciado e ela não aguenta mais sua situação. Então, a quem ela decide recorrer? Não poderia ser diferente em uma família tão unida nos altos e nos baixos, ela recorreu aos pais. Ajuda oferecida, Sarah e os filhos voltam para sua cidade natal, para o convívio com os pais/avós, Zeek e Camille, e dos irmãos/tios Adam, Julia e Crosby, com suas respectivas famílias.

Aqui vai uma breve descrição sobre eles: Adam, o filho mais velho, é casado com Kristina e pai de Max, recém-diagnosticado com Síndrome de Asperger, e de Haddie, uma adolescente de 15 anos; Julia é a garota de sucesso da família, advogada renomada, e casada com Joel, um dos melhores, senão o melhor marido do mundo. Enquanto ela trabalha, ele fica com todas as responsabilidades da casa e da filhinha dos dois, Sidney. Crosby é o típico vagabundo, o caçula Braverman foge de todas as responsabilidades possíveis, além de ter todo um esquema formado para que a mãe sempre lave suas roupas quando a visita. O mundo dele cai quando descobre que é pai de um esperto garoto de cinco anos, Jabbar. O filho é fruto de um namoro sem compromisso, como tantos outros dele, com uma dançarina.





O transcorrer dos episódios é fenomenal, assim como a química dos atores em cena, que dão vida brilhantemente a cada um dos personagens. Atualmente, a produção tem três temporadas exibidas e foi renovada para uma quarta temporada, que estreia no dia 11 de setembro.

É bem interessante notar que na trama todos têm seus problemas pessoais e, ainda assim, todos contribuem para que os problemas da família sejam solucionados. São inúmeras situações e provações e é incrível acompanhar o amadurecimento de certos personagens. O fim da última temporada foi excelente, até parecia uma season finale. Ainda bem que vamos poder ter mais um gostinho dos Braverman. É viciante e contagiante. Tão bom poder assistir uma família que tem seus dramas, mas também seus momentos cômicos, afinal, ninguém aguenta drama o tempo todo.


Os índices de audiência do início da temporada de estreia ficaram em torno de sete milhões de espectadores, um número não tão baixo, algo que também contribuiu com a renovação. E a crítica aponta que a série se tornou mais forte a cada temporada. Agora é esperar setembro chegar para ver o que essa família terá que enfrentar e como vai lidar com as situações boas e ruins que vão surgir. Recomendada!

Ah, vale lembrar que a série é baseada em um filme homônimo de 1989.

Informações Gerais
  • Gênero: Drama familiar, dramédia;
  • Criador: Ron Howard;
  • Produtor: Jason Katims;
  • Elenco: Peter Krause, Lauren Graham, Dax Shepard, Monica Potter, Erika Christensen, Sam Jaeger, Savannah Paige Rae, Sarah Ramos, Max Burkholder, Joy Bryant, Tyree Brown, Miles Heizer, Mae Whitman, Bonnie Bedelia e Craih T. Nelson;
  • Tema de abertura: Forever Young, de Bob Dylan;
  • Duração: Aproximadamente 43 minutos. 

Beijos e até a próxima!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO