target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #28 – A 4ª temporada de Glee

>>  segunda-feira, 8 de outubro de 2012


Quando a terceira temporada da série musical mais badalada dos últimos tempos chegou ao fim, ficaram muitas perguntas sobre o andamento da nova temporada. Se você anda atrasadinho com Glee, pode encontrar alguns spoilers neste texto, então, siga por sua conta e risco. Vou começar!


Finn e Rachel eram a imagem do casal perfeito, que mesmo sendo tão jovens, ganhavam o apoio de boa parte do público na decisão de se casarem. Todo mundo pensou que seria assim, eles casariam, mudariam para Nova York, Rachel ficaria feliz com suas aulas na NYADA e Finn arrumaria algo para fazer. Eu não esperava que Finn tivesse uma atitude tão madura e daria um tempo para Rachel se achar na Big Apple. E muito menos que ele seguiria na carreira militar depois de descobrir tudo sobre o pai. Enfim, apesar de querer os dois juntos, achei uma baita atitude da equipe de roteiristas separá-los assim, mas não definitivamente. Outras pontas ficaram para ser amarradas nesta quarta temporada, como Kurt ficando em Lima, e Brittany repetindo o ano, Santana seguindo em frente, assim como muitos outros personagens e, consequentemente, o buraco que estes que saíram deixaram no clube Glee.

A estreia da nova temporada foi muito boa para a Fox, ela foi mais vista que a estreia da temporada anterior e fez com que a emissora assumisse a liderança na audiência, com 3.2 pontos. Até aqui, só vi os três primeiros e estou baixando o quarto neste momento, os episódios têm me agradado. É muito bom poder acompanhar histórias fora do McKinley High, com novos ares e novos personagens também. Kate Hudson – que eu adoro – está no papel de uma professora megera de Rachel, que no fim só tem esse tipo de atitude porque sabe como o mundo lá fora é duro. Brody, interpretado pelo lindíssimo Dean Geyer, é um novo colega de Rachel, que se encanta por ela e vai balançar as estruturas até então sólidas do relacionamento Finchel. Ah, quem também deu as caras na série foi Sarah Jessica Parker, dando vida a nova chefe de Kurt. Até gostei da participação dela, mas já li comentários de pessoas que não aprovaram.


Em Lima, novos integrantes do Glee deram as caras e eu particularmente adorei a lindinha “nova Rachel”, Marley. E também o irmão de Puck, Jake. Tem até uma “nova Quinn”, interpretada pela atriz Becca Tobin. No geral estou satisfeita, mas alguns pontos não me agradaram. O segundo episódio centrado em músicas da Britney foi bem mais ou menos e Kurt meio que deixando Blane de lado também foi de partir o meu coração. As músicas até aqui ficaram bem legais e o episódio 6 trará os personagens se preparando para fazer Grease. Tudo para ser sucesso.


Particularmente, não senti falta de nenhum dos personagens que não apareceram mais, eles foram bem substituídos. Não posso negar que adoraria ver mais o Puck, mas ele já cumpriu seu papel na série, eu acho.


Call me maybe


Americano/ Dance Again


Hold It Agains Me

E vocês, já assistiram? O que estão achando dessa nova cara de Glee?  

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO