target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O rato de Wanchai - Ian Hamilton

>>  sexta-feira, 5 de abril de 2013


HAMILTON, Ian. O rato de Wanchai: Uma aventura de Ava Lee. São Paulo: Editora Saraiva, 2012. 424p. (Ava Lee, v.1). Título original: The water rato of Wanchai.

“Ele ficou rígido. Ava sabia que agora ele estava plenamente consciente da sua situação. Sabia que estaria pensando em como sair daquilo. Sabia que quando terminasse de examinar sua opções, seria deixado com a única opção que ela queria que ele escolhesse. Mas também sabia que não pararia de tentar outras saídas.” p.236

Hoje começo mais uma série de investigação policial, na verdade a série Ava Lee é o que iremos chamar de Thriller contábil. Com uma protagonista bem incomum, o livro já teve seus direitos vendidos para o cinema. Do autor canadense Ian Hamilton conheçam O rato de Wanchai: Uma aventura de Ava Lee.

Ava Lee é uma jovem de origem chinesa, mas que foi criada no Canadá, onde estudou e concluiu sua graduação como contadora. Bonita, rica e inteligente, Ava é uma jovem acima de qualquer suspeita. Seus amigos sabem pouco sobre ela, apenas que ela viaja muito a trabalho. Mas a vida de Ava é muito mais emocionante do que eles imaginam, a moça é especialista em recuperar fortunas perdidas em transações comerciais que deram errado, ela rastreia o dinheiro e faz o que for preciso para recuperá-lo... de forma nem um pouco ortodoxa.

A moça magra e de aparência frágil não desperta suspeita, não coloca medo nos inimigos, que quando percebem seu erro, já é tarde demais. Ava é muito inteligente e mestre em artes marciais, a moça também não demonstra muito remorso quando precisa lutar, torturar ou incapacitar definitivamente seu oponente. Ao lado de seu sócio que ela chama de “Tio”, Ava parte para investigar seu novo caso.

Andrew Tam é sobrinho de um antigo amigo de Tio, e quando sua empresa é roubada em cinco milhões de dólares, Ava é contratada para tentar recuperar a grana. Jackson Seto, o principal dono da companhia que roubou Andrew, nasceu em Wanchai – China, e esta é a primeira parada de Ava. Seguindo o dinheiro ela viaja pelo mundo, passando por Hong Kong, Bangkok, Guiana e as Ilhas Virgens Britânicas.

Na Guiana – um país onde você precisa saber quem é que manda – Ava se alia ao Capitão Robbins, chefe da máfia. Ele é poderoso e perigoso, mas Ava não tem escolha se quiser colocar suas mãos em Seto.  Em troca de ajuda o capitão exige uma parte da fortuna que Ava está encarregada de recuperar. Ava será capaz de vencer a máfia, recuperar o dinheiro, e voltar inteira para casa?

~~~~~~

Este livro é bem diferente dos policiais que estou acostumada a ler, primeiro por se tratar de um thriller contábil, um estilo novo para mim, que ama os thrillers jurídicos. Eu gostei das aulas de contabilidade e, principalmente, da narrativa ágil do autor. Tudo acontece muito rápido, Ava não perde tempo e assume várias identidades diferentes enquanto rastreia o dinheiro.

Depois disso temos muita aventura em suas viagens pelo mundo, eu nunca tinha lido nada que se passasse na Guiana, e fiquei assustada com o que o autor fala sobre o país. Pouca água potável, energia que não é suficiente para toda a população, altos índices de violência e uma polícia que protege aqueles que pagam mais. O cenário é assustador, e a nossa pequena protagonista com ares de moça rica, bota para quebrar para atingir seu objetivo. Do outro lado conhecemos a opulência de Hong Kong e o paraíso fiscal das Ilhas Virgens Britânicas.

Ava é uma mulher perita em artes marciais e muito inteligente. Ava também é homossexual e deixa suas preferências bem claras no decorrer do livro, embora atraia muitos interesses masculinos por onde passe. Ela também tem um lado frio e totalmente racional, você não vê a protagonista tendo remorso ou expressando sentimentos , apenas seguindo friamente rumo a seu objetivo. Eu gostei da forma fria como ela encara seus inimigos.

Depois do início mais lento, onde o autor tenta nos inteirar sobre os negócios de Andrew e da forma como o dinheiro foi desviado, a narrativa é cheia de emoções e aventuras. Gostei muito da forma “filme de ação” com que o autor escreve. Agora, ele exagerou muito na propaganda – eu perdi a conta de quantas vezes a protagonista toma café solúvel Starbucks, ele narra a marca de seu moletom, seu tênis e nem a calcinha da moça fica de fora. Ficou exagerado e sem sentido em algumas partes.

Outra coisa, na contra capa eles comparam Ava com  Jackie Chan, para mim não fez diferença, mas não leia esperando um livro cheio de lutas e pancadaria. Ava prefere usar a cabeça para resolver seus problemas, e confronto físico para ela só em último caso.

Eu adorei a série e estou curiosa para saber como serão os próximos livros. Já estou com a continuação em casa e pretendo ler em breve. Para vocês que gostam de policial, suspense e procuram um livro diferente, sem dúvidas precisam ler O rato de Wanchai.

Série Ava Lee do Ian Hamilton
  1. O rato de Wanchai (The water rato of Wanchai)
  2. O discípulo de Las Vegas (The disciple of Las Vegas)
  3. The wild beasts (Os demais não lançados no Brasil)
  4. The red pole of Macau
  5. The Scottish Banker of Surabaya.
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO