target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #60 - Sobre a maldade de escritores e roteiristas

>>  segunda-feira, 3 de junho de 2013

Oi, gente. O texto de hoje se encaixa também no outro assunto abordado pelo VL, os livros. Sou uma pessoa romântica, daquelas que amam finais felizes, mesmo reclamando às vezes sobre eles serem sempre tão iguais. No entanto, quando o final é diferente, regado de desgraça, eu fico indignada, em choque e triste. Vocês devem estar se perguntando o porquê disso que estou escrevendo. Bom, há muitos porquês, só que um é especial, quase me tirou a noite de sono, me deixou completamente abalada e ocorreu ontem à noite.


Estou falando sobre o episódio número 9 da atual temporada de Game of Thrones. Pessoal, eu não consigo assimilar tanta maldade. Fiquem tranquilos que não soltarei spoilers, que já devem ter bombado pelas redes sociais. Hoje em dia é assim, né? Quer ficar longe de spoilers até assistir? Fique longe das redes sociais, o pessoal anda mais bocudo do que nunca. Voltando... Desde a primeira temporada da série eu já soube que R.R. Martin é um cara audacioso, sem coração e que não se apega a ninguém, super ao contrário de mim, que me apego a quase todo mundo no elenco. Quando ele matou Ned daquela forma tão pouco heróica, na frente da filha, por motivos tão esdrúxulos, pelo menos para mim, eu fiquei em choque. Nunca acreditei que um roteirista/escritor pudesse dar cabo da vida de um protagonista assim, jamais!! Aquilo era muito diferente e confesso que foi um dos motivos que me fisgou mais ainda, a incerteza sobre o futuro dos personagens. Porque se ele matou um cara considerado protagonista, um cara super importante para a história, o que não faria com os outros? Curiosidade me move, apesar de ainda não ter lido os livros – shame on me.

Aliás, esse fato, da ignorância sobre o que ocorre nos livros, fez com que a cena que se desenvolveu no episódio de ontem me deixasse frustrada, incrédula e totalmente em choque – repetindo a palavra mais uma vez. Para vocês terem uma ideia, eu nem consegui chorar, eu que sou a maior chorona conhecida da história. Meus olhos só se encheram de lágrimas enquanto eu tentava assimilar tudo. Sei e até escrevi aqui que o autor avisou sobre o desenrolar da série, sobre os episódios finais, avisou que as pessoas ficariam assim como eu fiquei. Devido ao nome do acontecido que tanto foi divulgado nesse curto espaço de tempo que a temporada tem, eu imaginava que fosse acontecer em outro núcleo, mesmo que já esperasse a morte de tal personagem. Mas só dele. E, gente, foi uma chacina, uma cena de barbárie, que doeu meu coração.

R.R. Martin e os produtores brincaram comigo e, talvez, com vocês também. Porque sou boba, sou otimista e estava toda feliz, esperançosa com as pessoas que apareceram sorrindo e se divertindo, pensando que um reencontro fosse acontecer e tchum, esse foi o barulho das minhas esperanças indo por água abaixo. R.R. Martin, odeio você neste momento. Mas daqui a pouco passa.

RIP pessoas, ainda não me conformo com as mortes de vocês. Ah, para vocês sentirem a pressão do ocorrido, ao fim do episódio os créditos rolaram sem nenhuma musiquinha. Teve o um minuto de silêncio. Minha semana começa com pesar e medo do que o próximo episódio, o último da temporada, nos reserva.

Minhas lágrimas tardias molhando o povo de Westeros
Mas não é só em Game of Thrones que isso acontece. Muitas séries acabam com as vidas de personagens que gostamos muito, o que é sem sentido para nós, mas que dá um novo rumo à história ou algo assim. Mesmo bem explicadinho, eu demoro muito para conseguir aceitar o fato e isso ocorre também em livros. Odeio perder um personagem que gosto tanto. Já aconteceu em Rookie Blue, Supernatural, mais ou menos em Drop Dead Diva, CSI, Revenge, The Vampire Diaries, entre outras. Sempre tem muito espaço para personagens novos em nossa preferência, mas não é fácil deixar esses outros para trás. Tentando não spoilear nos comentários, qual série deixou você mais indignado com alguma morte?

Boa semana e até a próxima.

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO