target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #63 – Novas séries da Fall Season 2013/2014 #2

>>  segunda-feira, 24 de junho de 2013

Olá, pessoal. O tempo hoje aqui onde moro está pedindo cobertas e muitos episódios de séries. Quem dera eu pudesse ficar em casa fazendo isso. Nesses dias – e em muitos outros – é que eu queria ser rica. Enfim, hoje apresento para vocês as novatas da emissora CBS. São seis novas produções, entre elas, aquela que comentei na semana passada, que marca a volta do lindo e talentoso Josh Holloway para as telinhas. E não poderia ser diferente, começo com ela.

Intelligence – Além de trazer o queridinho Saw... Josh Holloway de volta, a série é baseada em um romance ainda não publicado de John Dixon. Intelligence promete muita ação, aventura e drama. A série tem como foco um agente da inteligência de alta tecnologia, que é o primeiro a ter um microchip implantado em seu cérebro. Dotado de tecnologia e habilidade, ele é capaz de acessar e detectar qualquer coisa e qualquer pessoa. Se for para a segurança nacional, o agente não mede esforços,  mesmo que isso o faça correr riscos ou quebrar alguns protocolos. 

E esse cabelo?
E não é só Josh, que interpreta Gabriel, que é um rostinho conhecido, Marg Helgenberger, a famosa Catherine Willows de CSI, também está no elenco, como Lillian Strand. Ah, e Meghan Ory, a Chapeuzinho Vermelho de Once Upon a Time também está na série. OUAT perdeu uma personagem pelo jeito.

Pitaco: Um tema bastante “modernoso”, muita ação, Josh Holloway, ok, eu com certeza vou conferir. O enredo parece bastante interessante.  



The Crazy Ones – É uma sitcom situada em Chicago. A série segue as vidas das pessoas que trabalham para a Roberts & Roberts agência de publicidade, dirigida por Simon Roberts, bem-sucedido e gênio ainda imprevisível, e sua filha Sydney Roberts, que é mais razoável e determinada a fazer o seu próprio nome. Apesar de serem pólos opostos, a dupla consegue usar maneiras incomuns para ganhar ou manter os clientes.


Pitaco - Robin Willians e Sarah Michelle Gellar. Só por essa dupla eu já tenho vontade de assistir. A CBS marca mais um retorno, o de Robin Willians. Nossa, adoro os trabalhos dele, Jack é um dos meus preferidos. Parece divertida, creio que assistirei pelo menos ao piloto.


Hostages - A família de uma médica, que vai fazer a cirurgia no presidente dos Estados Unidos, é feita refém por agentes do FBI desonestos. Ela é ordenada pelos sequestradores a assassinar o presidente para que possa salvar sua família. Trata-se de uma versão americana de série israelense, criada por Alon Aranya, Omri Givon e Rotem Shamir. Estão no elenco Toni Collette, como Ellen Sanders; Dylan McDermott, como Duncan Carlisle; Tate Donovan, como Brian Sanders; e Quinn Shephard, como Morgan Sanders, entre outros.


Pitaco – Não sei se o plot rende uma série e parece que ainda não ficou claro se será uma ou minissérie. Porque até quando eles arrastarão a situação? Não tem muitos desdobramentos, eu acho. Também não fiquei muito empolgada em assistir. 


Mom – É também uma sitcom, do mesmo criador de Two and a Half Men, Mike & Molly e The Big Bang Theory, Chuck Lorre. Na história, Christy, vivida por Anna Faris, é uma garçonete com dois filhos adolescentes, Roscoe e Violet. Sóbria há quatro meses, ela enfrenta seu maior desafio: a presença de sua mãe Bonnie, uma ex-alcoólatra com quem Christy luta para manter uma boa relação. Tentando reconstruir sua vida, Christy se envolve em um relacionamento com Gabriel, apesar dele ser seu chefe e ser casado.



Pitaco – É... Não vou me arriscar a assistir inicialmente. Pode ser que eu morda a língua e a série se mostre engraçada, mas vou esperar para ver. Chuck Lorre tem potencial, disso não tenho dúvida. 


We are men - A história tem seu foco em Carter Thomas, papel de Chris Smith, que foi abandonado no altar e após o ocorrido se muda para um condomínio. Lá ele faz amizade com um grupo de homens mais experientes e divorciados. Entre eles, Gil Bartis, que foi expulso de casa depois que sua mulher descobriu que ele a traía; Stuart Strickland, um obstetra que está em seu segundo divórcio; e Frank Russo, um homem que está em seu quarto divórcio e continua se considerando um conquistador. Os caras darão conselhos amorosos a Carter.


Pitaco – Pode ser interessante. Mas eu também vou esperar para poder conferir – se for conferir. Não é uma premissa que me interesse muito, mas como comentei na semana passada, tudo que me faça rir já ganha pontos. 


The Millers – Mais uma sitcom e que envolve divórcio. Jack – papel de Will Arnett – acaba de se divorciar e ao descobrir a novidade, seu pai, Tom, também decide se separar da esposa, Carol. Tom vai morar com a filha e Carol com Jack, passando a interferir na rotina do novo solteiro.


Pitaco – Não me interessou. Acho que estou muito ranzinza, né? Mas não sei, não brilhou para mim. Ultimamente com tantas séries não passando da primeira temporada, dá até um certo medo em conferir algo novo e meio que “mais do mesmo”. 



Bom, essas foram as séries da CBS.  O que acharam?

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO