target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #66 – Novas séries da Fall Season 2013/2014 #4

>>  segunda-feira, 15 de julho de 2013

Olá, pessoal! Mais uma semana que começa e desejo que ela seja ótima para todos nós. Bom, seguindo o roteiro das novas séries, faltam apenas duas emissoras para que a apresentação esteja completa. Hoje, comentarei com vocês as produções da FOX e de imediato já digo que assistirei a uma delas com toda a certeza. Sou mega fã de Gilmore Girls e morro de saudades de ver Alexis Bledel atuar, pois isso acabará na fall season, a FOX trará uma das minhas atrizes queridinhas de volta para as telinhas como protagonista. Não poderia deixar de começar a apresentação de hoje com ela.

Us & Them – A série é baseada na produção britânica Gavin & Stacey e foi adaptada ao público norte-americano por David J. Rosen. Foram encomendados 13 episódios para ela, inicialmente. Na trama, Gavin é um publicitário que mora em Nova York e tem contato pela internet com Stacey há cerca de seis meses, ela é jornalista e mora na Pensilvânia. Então, os dois decidem se conhecer pessoalmente, o que enlouquece suas famílias e amigos, que vivem se metendo na vida deles.



Pitaco – Parece uma série fofa e divertida. Já está na minha watchlist desde já. Principalmente por Alexis, como comentei acima. Uma situação engraçada na série é que Gavin é interpretado por Jason Ritter, que viveu o noivo de Sarah (Lauren Graham), a Lorelai de Gilmore Girls, em Parenthood. Ou seja, a filha vai namorar com o ex-noivo da mãe. Estou doida para conferir e matar as saudades de Alexis. Aliás, vocês perceberam como tem série baseada em outras produções nesta próxima fall season?


Almost Human – Uma série com um nome assim só pode ter quem envolvido? JJ Abrams, é claro. A produção é uma ficção científica criada por JH Wyman e será produzida por ele, Bryan Burk e JJ. A trama se passa 35 anos no futuro, quando policiais de Los Angeles trabalham lado a lado com andróides de aparência humana. Protagonizando a série estão os policiais John Kennex, humano, e Dorian, andróide, que compreende melhor que o colega os sentimentos humanos. A dupla é comandada pela Capitã Maldonado, uma mulher de fibra e determinada a deixar sua marca.


Pitaco – É uma série com muito potencial, sem dúvida. Com o cancelamento de Fringe, os fãs desse segmento precisam de uma nova série assim, cheia de futurismo, dramas e muita ficção científica. Alguns rostinhos conhecidos me deixam ainda mais animada para conferir, como o de Michael Ealy, que fez Common Law, ele interpretará o policial andróide. Tenho boas expectativas para a produção. Ah, a série deve estrear no início de novembro.



Sleepy HollowFringe é lembrada de novo com os produtores de Sleepy Hollow, Alex Kurtzman e Roberto Orci. A série é considerada uma releitura moderna de “A lenda do cavaleiro sem cabeça”. O ex-professor de história, Ichabod Crane, que lutou na guerra revolucionária como capitão no século XVIII, cortou a cabeça de um cavaleiro e, de alguma forma, ambos aparecem nos tempos atuais. Ichabod reecontra o cavaleiro, que agora assombra a cidade de Sleepy Hollow.


Pitaco – Muita loucura, hein? Até parece interessante, mas não seria uma série que eu adicionaria assim de início em minha grade. Ainda não me convenceu. No entanto, repito, posso morder a língua e a série ser um sucesso, já que não sou Mãe Dinah e não adivinho o futuro.



Brooklyn Nine-Nine – Produção de Michael Schur e Dan Goor, de Parks and Recreation, que acompanha um grupo de detetives de uma delegacia de Nova York. Cada detetive tem sua particularidade, como uma ex-professora que se tornou detetive, um recém-divorciado que se sente responsável pelo novato, uma jovem inexperiente e assustada que deixa os colegas apreensivos, entre outros.


Pitaco – Muitos rostos conhecidos por aqui. O primeiro deles é de Terry Crews, o “pai do Chris” em Todo mundo odeia o Chris. Ele é um sargento. Temos também Andy Samberg, que será o novato. E o ator que fez psicólogo de House. Acho que será uma série divertida. Com as tensões de uma delegacia, mas com seus momentos de comédia para quebrar a ação. É uma candidata a ganhar minha atenção.



Dads – A sitcom criada por Alec Sulkin e Wellesley Wild terá foco em Warner e Eli, que são sócios em uma empresa de videogames e que passarão a ter os pais morando com eles. Um dos pais faz muita besteira e o outro é um judeu bastante negativo.


Pitaco – A receita não é novidade nesta fall season, mas pode dar certo. Pais que vão morar com filhos tendem a render muitas cenas engraçadas em produções assim. E não é fácil lidar com a família – esposa e filhos – e com o pai aprontador. Ou com o pai ranzinza.



Rake – Mais uma adaptação, desta vez de uma série australiana, criada por Peter Duncan, Charles Waterstreet e Richard Roxburgh, que também atua na produção original. O protagonista é difícil, advogado brilhante, mas autodestrutivo. Ele defende assassinos, traficantes, ladrões e ainda tem que lidar com agiota, imposto de renda e tenta manter um relacionamento com a ex-esposa e o filho, assim como com os amigos.


Pitaco – Confesso que não me interessei assim à primeira vista. Mas sendo uma adaptação já podemos prever que a série em que é baseada seja sucesso, ou então, não perderiam tempo de produzi-la. Ficarei de olho, mas não é do estilo que mais curto.



Enlisted – A série é inspirada na vida de seu criador, Kevin Biegel, e seu enredo gira em torno de três irmãos com temperamentos bem diferentes que servem juntos na mesma base militar na Flórida.


Pitaco – Ryan, de Suburgatory, está na série e é um dos irmãos, aparentemente o que tem um coração de ouro, mas que é desajeitado com os equipamentos. Ver rostos conhecidos sempre é bom e gostaria de ver um outro lado desse ator, já que Ryan é único, podemos dizer assim. A premissa é boa, três irmãos “presos” em uma base em que nada acontece, cada um diferente do outro. É interessante.



Gang Related – Na trama um membro de uma gangue é colocado dentro da polícia para auxiliar os criminosos, mas conforme sobe de cargo, acaba bastante envolvido com o trabalho realizado pelo departamento. Ou seja, Ryan Lopes terá que arrumar um jeito de lidar com suas obrigações com a gangue e com sua lealdade com a polícia.


Pitaco – Esse enredo é tenso e lembra bastante do filme Os Infiltrados. No elenco temos Terry O’Quinn, o manda-chuva da polícia. Espero que ele tenha mais sorte com essa produção, já que sua última foi cancelada depois de alguns episódios exibidos. A trama pode render bastante e acho que vinga. Vamos ficar de olho.



Surviving Jack - A série é escrita por Justin Halpern – aquele mesmo de $#*! My Dad Says, que foi inspirada no perfil do Twitter de Halpern - e Patrick Schumaker, e é baseado no livro autobiográfico de Halpern que se chama I Suck At Girls. Nele, Jack, um oncologista que não leva desaforo para casa, é obrigado a passar mais tempo com os filhos adolescentes porque sua esposa decidiu voltar para a faculdade de Direito.



Pitaco – Tem tudo para ser muito engraçada, mas fico com o pé atrás. $#*! My Dad Says era bem divertida, mas não teve vida longa. Espero que essa série tenha mais sucesso de audiência. 



Semana que vem terminamos as apresentações com as novatas da CW. 

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO