target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A caminho do verão - Sarah Dessen

>>  terça-feira, 24 de setembro de 2013

 
DESSEN, Sarah. A caminho do verão. São Paulo: Editora iD, 2011. 416p. Título original: Along for the ride.

“Assim que o obturador estalou, eu sabia que provavelmente nunca veria essa foto. Mas mesmo se a visse, ela não chegaria nem perto de captar tudo o que eu estava sentindo naquele momento. Se eu ficasse com uma cópia, eu já tinha um lugar perfeito para ela: uma moldura azul, algumas palavras gravadas embaixo. O melhor de todos os tempos.” p.218

Vivem me perguntando se eu não enjoei ainda de YA, deste gênero voltado ao público mais jovem. Eu não enjoo, na verdade eu preciso alternar entre todos os estilos, mas eu adoro sair de uma leitura mais pesada e pegar um livro assim mais leve, destes que eu leio em um dia. E fora que adoro indicar livros para o público adolescente, tem muita coisa por aí, mas como todos os gêneros, alguns autores sempre vão se destacar, assim como os enredos. Está longe de ser tudo igual, você só precisa se jogar e curtir a historia. E foi assim que eu fui conhecer uma das autoras YA muito elogiadas por aí,  eu ainda não tinha lido nada dela, e hoje vou falar para vocês sobre A caminho do verão da Sarah Dessen.

Auden é uma garota no mínimo, diferente. Seus pais sempre a trataram como adulta, ela tinha um irmão mais velho mimado, Hollis, e para ela sobravam todas as cobranças e expectativas. Enquanto Hollis saiu e foi viajar pelo mundo com uma mochila nas costas e o dinheiro dos pais, ela aguentou a pressão. Aguentou as brigas intermináveis, as disputas entre a carreira ascendente da mãe como professora universitária e a carreira estagnada do pai, que não publicou mais nada depois do sucesso do primeiro livro. Ele com o orgulho ferido, ela com sua superioridade, Auden ignorada no meio de tudo. As brigas terminaram em divórcio, Auden desde então passa as noites em uma lanchonete, ela não consegue mais dormir a noite.

Depois do divórcio o pai se casou novamente com uma mulher bem mais jovem, Heidi, uma loira bonita e animada de 26 anos, tudo que Auden e a mãe horrorizavam. E agora havia chegado o bebê, seu pai acabava de ter uma filhinha, sua irmãzinha, Thisbe.

Auden nunca teve amigos, nem participou de brincadeiras ou fez o que toda criança fazia. Ela estudava, usava o tempo livre para fins construtivos. Estudava nas melhores escolas, onde os alunos competiam entre si pelas melhores notas, eram todos como ela. E agora ela tinha terminado o ensino médio,  e estava de férias, adiantando as leituras até o início da faculdade.

E é pensando em tudo que ainda não fez, e cansada de aguentar as festas noturnas da mãe - que diariamente era bajulada pelos seus estudantes de pós graduação-, que Auden resolve aceitar um convite e vai visitar o pai, na pequena cidade litorânea de Colby.

Lá Auden começa a rever seus conceitos em relação a madrasta, ao modo como sempre julgou todos pela aparência e até seus sonhos. Ela começa a ver com outros olhos as atitudes covardes do pai, o jeito superior da mãe, a vida vazia do irmão. Pela primeira vez ela terá a chance de fazer amigos, arruma um emprego de verão e conhece um garoto, claro, sempre tem um garoto. Eli tem seus próprios traumas e problemas, que o fazem ser tão insone quanto Auden, e é nas madrugadas, enquanto toda a cidade dorme, que eles se encontram. E é ai que tudo pode acontecer.

"Falhar é uma droga."
"Mas é melhor do que a outra alternativa."
"Qual é?"
"Nem mesmo tentar."

~~~~~~

A caminho do verão não é um YA melodramático e cheio de reviravoltas, não é também uma historia cheia de confusão e amores enormes a primeira vista. Tem algum drama, tem algum romance e uma paixão no verão. Mas é principalmente uma historia comum, de uma garota que começa a descobrir mais da vida e a crescer.

A palavra que me vem a mente para descrever a escrita da autora é natural, ela escreve com naturalidade, seus personagens são leves, a historia evolui de forma constante e não achei nada forçado ou surreal. Eu adorei a forma como vamos conhecendo Auden e como ela mesma passa a se conhecer melhor.

Eu tive dó da protagonista, ela cresceu para estudar e acha que qualquer outra atividade é perda de tempo. Ela revira os olhos para as meninas batendo papo sobre garotos e moda, torce a cara para o jeito super feliz, falador e animado da madrasta. Ela tem como base a mãe rígida e totalmente focada na carreira.

E é uma delícia ver Auden desabrochar. A autora passa várias pequenas lições; sobre expectativas, sobre o futuro, sobre julgar as pessoas pela aparência, segundas chances e lutar por aquilo que quer, sem desistir antes de tentar. Eu gostei de todos os personagens, não achei nenhum deles forçado e estereotipado. Achei também que a autora soube muito bem contextualizar todos eles, não é aquele livro onde só a protagonista tem algum destaque.

Ya aprovado! Quero ler os outros livros da Sarah Dessen. Vi algumas resenhas de pessoas que não gostaram tanto, comparando com outros livros da autora - o famoso Just Listen que está há séculos na minha lista de desejados - e tal. Eu só li este dela, não estou comparando e não tinha uma grande expectativa, mas adorei a historia, achei uma gracinha e li empolgada até o final. Leiam!! Quem já leu me conte o que achou. ^^

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO