target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #79 – Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D.

>>  segunda-feira, 14 de outubro de 2013


Oi, pessoal! A fall season 2013/2014 está bombando e eu estou que nem louca tentando assistir as séries que me interessaram desde o início e até aquelas que não chamaram muito a minha atenção. Com algumas eu acertei em cheio, tanto no positivo quanto no negativo e hoje trago uma das boas, que garantiu na sexta-feira a primeira temporada completa, com 22 episódios.

Criada por Joss Whedon, Jed Whedon e Maurissa Tancharoen, a série tem como base a organização SHIELD da Marvel Comics. A série é produzida pela Marvel Television. Agents of SHIELD gira em torno do personagem de Phil Coulson, papel de Clark Gregg. Phil reúne uma pequena equipe de agentes SHIELD para lidar com casos estranhos. Cada caso testará a equipe, tanto por sua cooperação quanto por sua criatividade em descobrir juntos os indivíduos “especiais” que estão espalhados pelo mundo.


Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. já nasceu com seu lugar garantido na trilha da fama, mas os primeiros episódios e a audiência deles fizeram com que a série tivesse que se esforçar mais para continuar ali. A queda de audiência para o terceiro episódio foi bastante discutida e confesso que fiquei pesarosa pelo futuro da produção. A série já foi criada com uma pressão enorme sobre os ombros, afinal é da Marvel, tem Joss Whedon envolvido e trata do universo de super heróis que tem fãs espalhados por todo o globo, mas só isso não basta para garantir a atenção de todos.




Uma das falhas que senti quanto ao roteiro foi que se partiu da ideia que todo mundo conhece o universo Marvel, os heróis e a história de Os Vingadores. Sim, a maioria sabe, mas não são todos e para quem não está familiarizado, algumas cenas podem ser um tanto confusas. Outra coisa que me incomodou um pouco foi a velocidade das cenas, tudo acontece rápido, eles falam rápido e é muito corrido. Mas são coisas que eles podem e devem corrigir ou sanar no decorrer dos episódios.
Ainda tem aqueles momentos “Ahhh tá” de situações impossíveis. Como Skye conseguir penetrar nos sistemas mais protegidos com tanta facilidade, ou um bote salva-vidas ser capaz de segurar a pressão de um buraco no casco – acho que não é essa a palavra certa, mas vocês entenderão - de um avião. Confesso que essas cenas me fazem rir. Então não são totalmente negativas.


Mas temos os pontos positivos e eles são muitos. A começar por toda a ação que as histórias são capazes de mostrar. Problemas complexos envolvendo tecnologia extraterrestre e até invenções do arco da velha que só trariam muitos problemas para a humanidade. A série tem também a dupla mais fofinha de cientistas Fitz-Simmons que são chamados como apenas uma pessoa. Eles são hilários, mega inteligentes e decidiram sair dos laboratórios seguros para trabalhar em campo, onde o perigo parece ser muito mais constante. Eles até chegaram a pensar em se arrepender, mas nada que uma cervejinha gelada e uma bela paisagem não desse conta.
O plot inicial é uma nova equipe sendo formada, sem aquele entrosamento ainda e um certo questionamento sobre intenções e qualidade de certos integrantes. São pessoas diferentes, que ainda não se acostumaram a trabalhar juntos, a se moldar com as qualidades e personalidades uns dos outros, mas que quando focam em um objetivo conseguem alcançar o sucesso, mesmo quando desacreditados pelos inimigos.



Assisti três episódios até aqui e não fiquei extremamente empolgada como pensei que estaria, mas ainda assim, a série tem potencial e se bem trabalhada poderá aumentar ainda mais a quantidade de fãs que adora esse gênero. Eu continuarei assistindo e recomendo para quem gosta de séries assim, com muita ação, mistérios e até com algumas risadas. Coulson é um personagem bem querido e cheio das gracinhas, adoro ele. Mas também estou bem curiosa com uma coisa que deixaram aberta no episódio piloto, sobre algo que ele nunca deveria saber sobre a batalha com Os Vingadores e sua morte/não-morte. 



Informações Gerais
  • Gênero: Drama, fantasia, suspense;
  • Duração: Aproximadamente 42 minutos;
  • Criadores: Joss Whedon, Jed Whedon e Maurissa Tancharoen;
  • Produtores: Marvel Studios e ABC Studios;
  • Elenco: Clark Gregg, Ming-Na Wen, Brett Dalton, Chloe Bennet, Jain De Caestecker e Elizabeth Henstridge.
E vocês assistiram, gostaram, pretendem assistir?



Comentou? Não esqueça de preencher o formulário do Top Comentarista de Outubro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO