target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A lua de mel - Sophie Kinsella

>>  segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

KINSELLA, Sophie. Lua de mel. Rio de Janeiro: Editora Record, 2013. 494p. Título original: Wedding night.

“Estou exagerando, digo para mim mesma. Apenas preciso me ajustar a essa nova situação. Talvez esse tal de Ben seja perfeito para Lottie e tudo vá dar certo. Desde que eles tenham um longo noivado e não se apressem para nada.
- Vamos nos encontrar no Selfridges? – sugere Lottie. – Na verdade, estou aqui agora, comprando lingerie pra lua de mel!
- Sim, eu soube. Mas quando vocês estão planejando se casar?
- Amanhã – diz ela com alegria. – Queríamos que fosse o mais rápido possível. Você pode tirar o dia de folga?
Amanhã?
Ela ficou louca.
- Lotts, fica aí. – Mal consigo dizer as palavras. – Vou aí te encontrar. Acho que precisamos conversar.” p.131

Quem acompanha o blog há mais tempo sabe que adoro chick-lit e sou fã da Sophie Kinsella. Seus livros são diversão garantida! Suas tramas com aspectos surreais e suas personagens sem noção garantem momentos hilários e uma leitura deliciosa. Alguns chick-lits pesam mais para o lado do romance, com a Kinsella a veia de humor é mais forte e eu adoro. E hoje conto o que achei sobre A lua de mel.

Charlotte Graveney, Lottie, finalmente encontrou o cara certo. Ela teve vários relacionamentos errados ao longo da vida, que acabaram terminando mal e adiando seus planos de casar e ter filhos. Mas agora aos 33 anos, ela sabe que encontrou o amor da sua vida. E depois de 3 anos juntos, Richard Finch está prestes a finalmente fazer o pedido. O convite para um almoço especial em um dos melhores restaurantes de Londres só podia significar isso não é?! Ele disse que faria uma pergunta muito importante... Mas quando ela descobre que a tal pergunta era sobre as férias dos dois, e quando Richard quase tem um ataque ao ouvir a palavra casamento, ela fica arrasada e termina tudo com ele.

Fliss Graveney, a irmã mais velha de Lottie, tenta conciliar sua carreira como critica de uma revista de hotelaria, a criação do filho Noah e as idiotices  do seu ex marido imprestável. Ela está surtando com as exigências de Daniel no acordo de divórcio que nunca saí, além de seu comportamento irresponsável e desleixado com a criação do filho. Quando sabe que sua irmã está solteira de novo, fica arrasada, ela achava que Richard era o cara certo. E sabe também que a irmã irá surtar, Lottie sempre faz uma loucura quando algo dá errado em seus relacionamentos. Ela já entrou para uma seita, já colocou um piercing horrível que inflamou e teve aquele problema com o apartamento... Enfim, ela só está esperando a loucura da vez.

“As palavras dele se espalham, mas somem em ruídos sem sentido. Por algum motivo, estou me lembrando do dia do nosso casamento. Tivemos um casamento muito legal. Com todas as viradas irônicas e os detalhes divertidos como coquetéis feitos ao gosto do cliente. Eu estava tão preocupada em fazer com que meus convidados se divertissem que me esqueci de verificar um pequeno detalhe, se estava me casando com o homem certo.” p. 381

Sem conseguir assumir que seu coração está partido, Lottie insiste em seguir em frente. E é aí que ela reencontra um ex namorado da adolescência, Ben Parr. Eles tiveram momentos maravilhosos em uma ilha Grega aos 18 anos, ela se lembra das tardes de sol e do sexo ardente. E acontece! Um reencontro, um pedido de casamento e uma lua de mel em Ikonos, a ilha grega onde se conheceram.

Fliss tem certeza que a irmã enlouqueceu de vez, isso é bem pior do que das outras vezes. E claro, precisa impedi-la, antes que Lottie se torne uma divorciada amarga, bem, como ela. Lorcan, padrinho de Ben, teme que este casamento apressado destrua a carreira do amigo. Então, os dois se juntam, com a missão de colocar um fim nesta loucura.

~~~~~~

Divertido como sempre! Estava com medo de não gostar tanto, vi algumas resenhas falando que este não era tão bom quanto os outros da autora e tal, mas eu adorei! Claro que tem coisas loucas e a Lottie é não é a melhor das protagonistas, mas a Fliss salva o dia, ela é ótima. Além disso, é o primeiro livro da autora que alterna a narrativa entre duas protagonistas e eu gostei muito da mudança.

Fliss é a melhor personagem, apesar de estar amargurada com o divórcio recente e de fazer coisas completamente loucas para impedir Lottie de ficar com Ben, eu adorei a personagem. Ela é divertida, cheia de atitude e só quer a felicidade da irmã mais nova. Seu filho Noah está traumatizado com o divórcio dos pais e começa a ter algumas atitudes estranhas, e a maneira como tudo isso influencia no livro é engraçado demais.

Lottie é uma figura, das protagonistas mais malucas da autora, mais sem noção do que a Becky Bloom. Ela me irritou em alguns momentos com a sua imaturidade, e com a forma como ela se finge de cega para não assumir que estava errada, mas são personagens assim que garantem as risadas. Eu acho que se o livro só tivesse a Lottie como narradora eu não teria curtido tanto.  

Ele também não tem os mocinhos ideais, daqueles que ficamos torcendo pelo casal o livro todo. Richard é carta fora do baralho, fugiu da Lottie e demora a aparecer no livro. Ben é tão sem noção quanto a Lottie, óbvio, ou não a teria pedido em casamento em um encontro, depois de quinze anos sem se verem. Lorcan é o melhor deles, com seu jeito mal humorado e tudo.

Acho que estes aspectos podem ter feito com que muita gente não curtisse, mas eu gostei das diferenças e para mim a autora só faz estas loucuras para abrir espaço para o humor. Concordo que não está entre os melhores livros dela, mas como chick-lit é ótimo e os fãs precisam ler. Assim, para mim, um livro ruim (não que seja o caso) da Kinsella é bem melhor que muito chick-lit no mercado.  

Para quem gosta de histórias engraçadas e não se preocupa com o lado absurdo das situações, a leitura é deliciosa. Leiam!


Avaliação (1 a 5):

Comentou? Preencha o formulário diariamente e participe do Top Comentarista de Fevereiro.

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO