target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #96 - Caçadores de Relíquias

>>  segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Olá, pessoal! Como vocês gostaram da dica da semana passada, hoje comento sobre mais uma série “diferente”: Caçadores de Relíquias. A série estreou em janeiro de 2010 no History Channel – eu achei que fosse mais velho – e acompanha Mike Wolfe e Frank Fritz na busca por objetos antigos. Eles compram jóias, peças de carros e motos, carros e motos, além de bicicletas e todo tipo de coisa que vocês puderem - ou não – imaginar. Eles são donos da Antique Archeology e são os patrões de Danielle, que é quem geralmente consegue as visitas para compras para eles.


Assim como em Trato Feito, o nível de conhecimentos dos rapazes é imenso. Eles podem falar sobre pinturas, carros, motos, móveis, brinquedos, vestuário e só de olhar para uma peça conseguem saber a que época ela pertence. É incrível. Atualmente é exibida a sexta temporada. A primeira teve 12 episódios, a segunda 26, a terceira 12 também e as quarta e quinta tiveram 28. A temporada atual iniciou em 9 de outubro de 2013 e a data de encerramento ainda não foi divulgada.


Frank e Mike são duas figuras e viajam juntos pelo país todo. Além de inteligentes, são super gente finas e divertidos. E adoram incomodar a Danielle, que gerencia a loja para eles. Algumas vezes os caçadores pegam a estrada com destino certo – arranjado por Danielle -, mas às vezes eles vão às cegas, procurando casas que pareçam ter o que eles procuram. Vocês não acreditam na quantidade de cacarecos que o povo dos Estados Unidos costuma guardar. Existem pessoas com galpões e mais galpões entulhados de coisas, que não são mexidos há tempos. Tem lugar mesmo que nem dá para acreditar, mas eles sempre encontram algo legal e lucrativo.


Porém, há também os erros. Frank é louco por carros – que é nome de outro programa do canal – e já teve prejuízo em dois casos que eu me lembro bem. Comprou um Plymouth e o outro carro eu não lembro o nome agora, pagou mais do que eles valiam e nem conseguiria ganhar de volta o que gastou vendendo eles. Ah, eles também contam com a ajuda de especialistas para dar uma oferta em algo ou avaliar depois que foi comprado, geralmente eles conseguem aumentar bastante o valor com as peças.


É mais um exemplo de programa enriquecedor. E com o tempo começamos a dar palpites nos valores e em como a negociação vai terminar. Eles também pagam mais do que a pessoa pede se vêem que aquilo tem muito mais valor. Frank e Mike negociam com todo tipo de pessoa. Desde os mais solícitos e bonzinhos, até os mais rabugentos e mãos fechadas. Tem gente que pede valores altíssimos pelas coisas, uns porque querem ganhar mais, outros porque o objeto tem muito valor sentimental. O mais engraçado mesmo é quando eles estão na procura e encontram algo que a pessoa não via há tempos e nem sabia que estava ali. Algumas dessas coisas são vendidas, outras são guardadas pelos donos – mais uma vez.  


Os episódios têm cerca de 30 minutos e são bem divertidos. Conseguimos ver um número imenso de pessoas e como somos realmente diferentes. Ah, depois de assistir ao programa fico pensando se não tenho nada antigo tão valioso guardado em algum lugar. Meu marido tem guardado na casa da mãe dele um robô bem semelhante a um que foi comprado por US$ 200, se não me engano. Já estamos de olho em tudo. Eu adoro!
Os inéditos são transmitidos todas as quartas-feiras, às 21h. Para mais informações, basta acessar o site do canal.







Até a próxima. 


Comentou? Preencha o formulário diariamente e participe do Top Comentarista de Fevereiro.

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO