target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #110 - As novas séries da fall season - CBS

>>  quarta-feira, 28 de maio de 2014

Oi, pessoal. Curiosos com a nova leva de séries que prometem prender nossas atenções a partir de setembro? A CBS tem SETE produções no forno e apresento um pouco delas para vocês hoje.

Scorpion


A série traz de volta, como protagonista, a atriz e cantora Katharine McPhee, conhecida por seu papel na cancelada Smash. Kath será Paige, uma garçonete que compreende a genialidade de seus clientes. Mas ela está longe de ser a única protagonista da série. Scorpion é o nome da empresa de Walter, o homem com o quarto maior QI do mundo. Ela tem o objetivo de oferecer soluções para os problemas do mundo e, para resolvê-los, Walter contrata as pessoas com melhor intelecto, que tendem a se ajudar também. Estão à frente do projeto Alex Kurtzman e Roberto Orci, de Sleepy Hollow, com roteiro de Nick Santora. A história é inspirada na vida de Walter O’Brien.



Odd Couple


Matthew Perry também tenta a voltar para a TV na fall season. Conhecido por seu papel em Friends e na cancelada Go On, ele tem uma nova chance. O enredo de Odd Couple não é novo, é uma adaptação de uma peça de teatro, que já esteve no cinema e na TV.
A história tem como plano central dois amigos. Oscar é um desorganizado jornalista esportivo e Félix, um escritor maníaco por organização. Ambos recém divorciados, os amigos decidem morar juntos em um apartamento em Nova Iorque, onde suas personalidades opostas quase os levam à loucura.

CSI: Cyber


Dois spin-offs estão na lista de novatas. Este é mais um de CSI, que teve o Miami e NY cancelados. O piloto foi inserido na temporada atual da série policial/investigativa e é inspirada na vida de Mary Aiken, psicóloga especializada em Internet. Na ficção, quem comanda as investigações é Avery Ryan, vivida por Patricia Arquette, uma agente especial da divisão de crimes cibernéticos do FBI.



NCIS: New Orleans


O outro spin-off é de NCIS, o segundo da série. A nova produção também teve seu piloto inserido dentro da série original e como o nome diz, acompanha uma equipe do NCIS de New Orleans. Liderada por Pride, a equipe soluciona os casos ocorridos nas regiões do Mississippi, Louisiana e Texas. A equipe conta com a agente Brody, o agente LaSalle e a Dra. Wade, médica legista, que está ligada à cultura da Louisiana.



Madam Secretary


Morgan Freeman está à frente do projeto, junto com Barbara Hall. A trama quer explorar questões pessoais e profissionais de uma Secretária de Estado. Na série, ela é a professora e nova Secretária de Estado Elizabeth Faulkner McGill. Ela é apaixonada pelo que faz e enfrenta as mais diversas situações referentes ao cargo ao mesmo tempo em que tem que lidar com a família. Elizabeth é casada com um professor universitário e mãe de dois filhos, cada um com sua personalidade.



Stalker


Criação de Kevin Williamson, a série é um thriller psicológico, que tende a ser um bom campo para se explorar. A trama acompanha detetives que trabalham na polícia de Los Angeles com a missão de solucionar casos relacionados a... adivinhem... stalkers! A Threat Management Unit conta com Jack Larsen, Janice, Beth Davis e Ben.



The McCarthys



Sitcom criada por Brian Gallivan, que acompanha uma família católica de origem irlandesa que vive em Boston. Os pais são Arthur e Marjorie, ele é treinador de basquete e vive se metendo em encrencas, ela fala tudo o que quer e adora ter Ronny, seu filho gay, ao seu lado. O casal tem mais três filhos: Gerard, Sean e Jackie.



No geral, parecem boas promessas. Os spin-offs tendem a ter sucesso, já que suas séries originais têm um público bom e que as mantêm entre as mais vistas. O tema faz sucesso, né? Então creio que elas se sairão bem, assim como a Stalker, que se for bem trabalhada pode ter um futuro promissor. Ela é do mesmo criador de The Following, que eu abandonei, mas que dizem que melhorou bastante na segunda temporada.
As comédias são sempre uma incógnita. Geralmente o besteirol utilizado convence os norte-americanos, assim como vimos com produções da última fall season, mas uma grande leva foi cortada também. Sinceramente, creio que os McCarthys não sigam em frente, e, por simpatia pelo ator, torço para Odd Couple consiga se manter na programação. E vocês, anotaram alguma para acompanhar?


Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO