target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Seis coisas impossíveis - Fiona Wood

>>  sexta-feira, 27 de junho de 2014

WOOD, Fiona. Seis coisas impossíveis. São Paulo: Editora Novo Conceito,2013. 272p. (Wildlife, v.1). Título original: Six impossible things.

“Minha mãe me dá o saco de papel com meu almoço dentro, e olha para cima. É, agora sou mais alto que ela, que me diz, preocupada:
- Seja você mesmo.
Eu mesmo. Eu mesmo? E eu sei lá quem é esse? É como se eu fosse uma bolha sem forma, tentando parecer alguma coisa. No entanto, conheço bem as características que não estou a fim de compartilhar com um bando de estranhos.
1) Loser.
2) Nerd.
3) Pai gay.
4) Mãe sozinha, com um grande ponto de interrogação no quesito ‘estabilidade mental’.
5) Sem dinheiro.
6) Refugiado de escola particular.”

Fiquei curiosa com este YA por ser narrado por um menino, pela sinopse interessante e pela promessa de diversão. E hoje conto para vocês o que achei de Seis coisas impossíveis da Fiona Wood.

Dan Cereill, 15 anos, está passando por grandes dificuldades e tentando levar isso da melhor maneira possível. Afinal, o que acontece quando você precisa sair de sua escola porque seu pai faliu, ainda por cima abandonou sua mãe e assumiu que é gay. Sem terem para onde ir, ele e a mãe se mudam para uma casa que ela mais ou menos ganhou de herança da tia avó, mais ou menos porque eles podem morar lá, mas a casa pertence ao Patrimônio histórico e eles não podem mexer em nada.

A casa fede a xixi de cachorro, eles herdaram também Howard, o cachorro velho e muito humano da tia Adelaide. Para piorar, sua mãe abriu um negócio de bolos para casamento, e está tão triste que convence todas as noivas a desistir do casamento, ou seja, o negócio não anda muito bem.

Agora Dan está vivendo nesse mausoléu que mais parece um chiqueiro, se recusa a falar com o pai por telefone e está prestes a começar em uma nova escola. Claro que suas tentativas para não parecer um nerd perdedor vão logo por terra, e toda sua esperança de alegria está na sua paixão platônica pela vizinha Estelle, com quem, obviamente, ele nunca falou.

Além disso ele se distrai fazendo listas, de coisas que considera impossíveis como:
  1. Beijar Estelle.
  2. Arrumar um emprego.
  3. Dar uma animada na mãe.
  4. Não ser um nerd/loser completo na escola.
  5. Falar com o pai ao telefone.
  6. Descobrir como ser bom, pelo menos, melhor que o pai. 
~~~~~~~~

Parece tão legal quando você lê isso! Mas, infelzimente, achei morno, com uma narrativa fraca e personagens estereotipados. Não curti. Parece que ficou tudo só na promessa da sinopse, não achei engraçado, não achei fofo, quis parar de ler o livro... mas gostei do cachorro Howard, este item confere rs.

Eu não esperava amar, mas esperava algo mais divertido e que a autora fosse explorar bem os dramas (e são muitos coitado) da vida do protagonista. Dan tem 15 anos, os pais se separaram, eles ficaram pobres e o pai ainda assumiu que é gay. Não tem mais amigos, somente um da antiga escola, e a menina que ele gosta nem olha para ele. Porém, achei sem graça, os personagens não são bem trabalhados, ficou tudo na chatice de sempre. Ele querendo se aproximar, a menina não dando bola, ele sendo trolado, etc e tal. 

Não achei horrível, mas achei a narrativa inexperiente e pouco atrativa. Esperava me divertir com a leitura, e passei foi horas torcendo para terminar logo :P. Enfim, talvez o público YA goste bem mais do que eu, vi muita resenha de quem adorou e as médias de notas estão boas.

A continuação parece ter a participação de Lou, uma amiga de Dan da escola. Não sei se é mesmo uma continuação e nem se vou animar a ler rs. Este eu não indico.

Série Wildlife da Fiona Wood
  1. Seis coisas impossíveis (Six impossible things)
  2. Wildlife (ainda não lançado no Brasil).
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO