target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Gravidade - Tess Gerritsen

>>  sexta-feira, 19 de setembro de 2014

GERRITSEN, Tess. Gravidade. Rio de Janeiro: Editora Record, 2009. 446p. (Medical Thrillers, v.4). Título original: Gravity.

“Lá embaixo, a Terra se estendia em toda a sua magnificência, uma faixa de estrelas coroando a suave curvatura do horizonte. Estavam entrando no lado escuro agora e, lá embaixo, viu pontos de referência familiares em meio à escuridão. Houston. Era sua primeira passagem noturna.
Ela se aproximou da janela, pressionando a mão contra o vidro. Oh Jack, pensou. Gostaria que estivesse aqui. Queria que você pudesse ver isso.
Então ela acenou. E teve certeza, sem a menor dúvida, de que em algum lugar na escuridão mais abaixo, Jack estava acenando de volta.” p.113

Sou fã de carteirinha da Tess Gerritsen, amo a série policial Rizzoli & Isles, mas ainda não havia lido outros livros da autora fora do universo das divas Jane Rizzoli e Maura Isles. Apesar dele ser parte de uma série, Medical Thrillers, pelo que pude ver pelas sinopses dos outros livros eles são totalmente independentes. O livro mistura ficção científica e suspense em uma trama de arrepiar, confira o que eu achei de Gravidade

A médica e astronauta Emma Watson está prestes a realizar o maior sonho de sua vida, participar de uma missão no espaço. Ela e sua equipe estão treinando há meses no Centro Espacial Johnson da NASA e ela se sente preparada. Para ela o lado triste dessa história é que o sonho com o espaço foi o que acabou com sua vida pessoal. Seu ex-marido, Dr. Jack McCallum, também fazia parte da equipe, até que uma pedra nos rins acabou de vez com seu sonho. Frustrado e infeliz, sabendo que nunca alcançaria as estrelas e faria parte apenas da equipe da NASA em solo, Jack desistiu. E o casamento dos dois, morreu junto com o sonho.

O sonho da equipe é conhecer a ISS, a Estação Espacial Internacional. Todos repassam mentalmente cada passo, cada comando durante os treinamentos, muita coisa pode sempre dar errado e nas simulações eles lidam com o pior cenário possível. Uma tragédia muda a missão de Emma, um acidente deixa a esposa do astronauta Bill Haning entre a vida e a morte, e Bill está a bordo da estação espacial. Emma é escolhida para substituí-lo em caráter de urgência. Eles ainda nem resolveram sobre os papeis do divórcio, tudo o que consegue fazer é brigar com Jack, e agora ela precisa partir.

Na ISS Emma fica encarregada de continuar com as experiências a bordo, em geral pesquisas enviadas por cientistas do mundo todo, que pagam pelo espaço na nave. Em poucos dias algo estranho acontece, Kenichi, o astronauta japonês, adoece e Emma sabe que seu estado é grave, ele precisa de atendimento em Terra, ela não está equipada para ajudá-lo e uma nave precisa resgatá-lo. Emma descobre que algo muito perigoso está a solta na ISS, algo que é transmitido pelo ar e que pode matá-los. Os sintomas são assustadores, a doença é letal.

Agora ela luta contra o tempo para descobrir de onde o organismo surgiu e como combatê-lo. Enquanto isso eles estão presos no espaço, e na Terra a USAMRIID (Instituto de Pesquisas Médicas e de Doenças Infecciosas do Exército dos EUA) tomam conta da missão, eles precisam conter este organismo antes que ele se torne uma ameaça mundial. A NASA fica de mãos atadas, seus pilotos estão sozinhos no espaço, largados na mão do destino.

~~~~~~~~~

Livrão. Para quem gosta de ficção científica e de thrillers médicos o enredo é fenomenal, a autora pesquisou ativamente com a NASA e outros profissionais do ramo para a construção da trama, cada detalhe das viagens espaciais é real, assim como a descrição da vida dos astronautas no espaço.  Engraçado que a sinopse do livro e a folha de rosto são tão mal escritas, que tenho certeza que quem fez não leu o livro, eles dão inclusive muitas informações incorretas. Na sinopse dizem “Ela foi escolhida pela NASA para conduzir, durante três meses, uma série de experimentos sobre o comportamento de organismos unicelulares chamados Archaeons...”, não tem nada disso, ela vai para o espaço para substituir um astronauta e este estudo é um dos muitos que estão sendo conduzidos na ISS. Na folha de rosto contam quase o livro todo e ainda falam besteira rs, resumindo, ambos são dispensáveis :P.

O livro é o quarto de uma série de cinco livros, Medical Thrillers, mas como disse antes, ela é independente. Os personagens são diferentes, pelo que pude ver em cada volume um médico diferente irá lidar com uma epidemia ou alguma doença misteriosa que começa a matar muitas pessoas. Dúvidas de que quero ler todos? ^^

O início da leitura foi lento, ele é muito descritivo e custei um pouco a me envolver com a história, mas quando a ação começa é impossível largar e o final é de tirar o fôlego. A autora arrasa na construção de cenários, por Rizzoli & Isles eu já sabia que ela era incrivelmente versátil, mas aqui o cenário é completamente diferente. O livro quase todo se passa no espaço, é angustiante. Um vírus mortal, as pessoas presas naquele lugar, a ajuda da Terra demora dias para chegar. A falta de gravidade, a vastidão do espaço em volta, tudo meio assustador. Estou acostumada com seriais killers, os personagens principais e as pessoas mais inteligentes normalmente conseguem sobreviver a eles, mas como faz com um vírus gente? Eu temi pelos personagens e torci desesperadamente por eles, mesmo sabendo que em parte era uma torcida em vão. E pelo amor de Deus, não sei como alguém quer ser astronauta, é sinistro. :P

Os protagonistas são muito interessantes, a narrativa em terceira pessoa alterna-se principalmente entre Emma e Jack, um casal apaixonado que acabou se separando e ambos parecem tristes com o fim do relacionamento. Emma sozinha no espaço, passando cada vez por mais dificuldades. Jack em Terra, sem saber o que pode fazer para ajudar, mas mesmo assim tentando desesperadamente. 

A título de curiosidade, parece que a autora entrou (em abril deste ano) com um processo contra a Warner, pelos direitos do filme homônimo dirigido por Alfonso Cuarón. Inicialmente ela achou que as semelhanças eram coincidências, mas depois mudou de ideia. Eu não assisti ao filme, vi comentários dizendo que apesar de ter ganhado sete Oscars era bem chato, mas agora fiquei curiosa para ver se é realmente baseado no livro.

Tess escreve tão bem que você consegue visualizar cada um dos cenários desconhecidos, as naves, a ISS, a vida no espaço. O vírus é comparado a uma quimera, uma fera mitológica de aparência híbrida, e a autora descreve minuciosamente cada fase da doença. Apesar de não termos assassinatos grotescos, temos cenas fortes dos infectados. Tess é fenomenal e indico todos os seus livros, leiam!

Série Medical Thrillers da Tess Gerritsen:
  1. Harvest (não lançado no Brasil)
  2. Vida assistida (Life Support)
  3. Corrente sanguínea (Bloodstream)
  4. Gravidade (Gravity)
  5. O jardim de ossos (The bone garden).
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário e concorra ao Kit top comentarista de setembro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO