target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje com as séries #190 – The 100 e as segundas chances

>>  quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Tenho uma mania, quando almoço sozinha, preciso ver um episódio de série ou dois. Fico agoniada se não faço isso e na semana passada não tinha nenhum episódio pronto para assistir, até que encontrei o segundo de The 100, era só apertar o play e assistir. Foi ele mesmo.
Lá na época da estreia eu assisti o piloto da série e achei interessante, mas acabei me envolvendo com as outras produções da grade e deixei de lado. Nunca mais mexi, que vacilo! Vi o 2, o 3, daqui a pouco estava no 9, 11 e acabei a primeira temporada. Amei!


A história é muito boa, assim como toda a premissa dela. Adolescentes problemáticos, que viviam na Arca, no espaço, são enviados para a Terra como teste. Há anos a Terra não é habitável, é radioativa, e quem melhor que delinquentes para tirar a prova se o perigo passou? 100 deles são enviados e um se mete na nave, vários jovens, deixados por conta própria em um local hostil. Mortes ocorrem, brigas por poder, caos. Até que dois deles conseguem se dar bem na liderança do pessoal, um cara “mal” e uma garota “do bem”. Os dois se completam na hora de tomar decisões, levando o pessoal geralmente para melhores escolhas.
O que eles nem pensaram foi que os perigos na Terra fossem muito maiores que os esperados: havia sobreviventes. Uma guerra fez com que os humanos tivessem que viver fora da Terra e agora outra começava pela sobrevivência em terra-firme. Mas tudo que eles sabem, não é nada comparado aos perigos existentes.


Enquanto isso, na Arca, o oxigênio está acabando. Medidas extremas precisam ser tomadas. Um motim acaba com as boas chances de sobrevivência dos habitantes e o chanceler precisa tomar decisões drásticas para não perder todos. Muita emoção! Junto com o presente, temos vislumbres do passado, que explicam algumas situações importantes no andamento da série. É muito bom!


Fiquei fissurada nos episódios e estou doida para começar a segunda temporada. A parte boa é que a temporada de estreia é relativamente curta, apenas 13 episódios. Realmente vale a pena assistir. Depois de adorar The 100, dou ainda mais valor a segundas chances. Às vezes, aquela produção não se encaixa na sua vida no momento, mas em outro tempo, ela pode ser perfeita! Quero mais The 100!!

A série é exibida no Brasil pela MTV!




Alguém aí assiste? 


Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO