target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

As gêmeas do gelo - S. K. Tremayne

>>  segunda-feira, 25 de abril de 2016

TREMAYNE, S. K. As gêmeas do gelo. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 2016. 366p. Título original: The ice twins.

“Sim! Tão remota quanto possível! Aquilo era bom. Ele estava feliz por ter persuadido sua esposa a tomar a decisão de mudar para cá, por tê-la levado a crer que tinha sido sua escolha. Ele queria que todos ficassem longe de tudo durante um bom tempo e, agora, havia conseguido. Ao menos em Torran estariam em segurança. Ninguém iria fazer perguntas. Sem interferência de vizinhos. Sem amigos e parentes. Sem polícia.” p.76

Eu adoro livros sobre gêmeos idênticos, acho interessante vários aspectos da ligação entre eles que é quase “sobrenatural”. Quando o livro é de suspense então, sempre tem um lado sinistro bem interessante! E foi por isso que fiquei interessada em conhecer Gêmeas idênticas do S. K. Tremayne, pseudônimo de um jornalista londrino.

Sarah Moorcroft e seu marido Angus, formavam a típica família feliz e invejada. Pais das gêmeas idênticas Lydia e Kirstie, aos 7 anos as duas eram crianças loiras lindas, que chamavam a atenção por ser praticamente impossível distingui-las. Os pais só as separaram pela personalidade, pensativa e calma, Lydia era a favorita da mãe. Enquanto a confiante e agitada Kirstie era mais apegada ao pai. Até que um trágico acidente muda tudo.

Um ano após perder uma das filhas, a família se muda para uma pequena ilha escocesa, que Angus recebeu da avó de herança. Ele ficou desempregado por causa das constantes bebedeiras após a perda da filha, e a solução para se livrar das dívidas era se mudar. Aquele lugar sinistro e afastado de tudo, era uma tentativa da família se recuperar, e também de esquecer.

Mas quando a filha sobrevivente, Kirstie, afirma que estão confundindo sua identidade e que na verdade quem morreu foi Lydia, o pesadelo está de volta. A mãe começa a se torturar para lembrar os detalhes, para descobrir o que aconteceu naquele dia terrível, o dia em que uma de suas filhas morreu.

~~~~~~

Vou confessar uma coisa para vocês, se não conheço o autor, eu raramente pego livros com média inferior a 4 no Goodreads, sempre tomo o site como padrão na hora de escolher livros novos. Mas quando o assunto interessa muito, como foi o caso, acabo dando uma chance. Até porque gostos são realmente muito diferentes, não quer dizer que eu não poderia amar. Mas, essa média de nota para mim geralmente funciona, e aqui eu devia ter seguido essa regra. Achei bem ruim!

Vou explicar. A premissa é realmente interessante e o autor não escreve mal, as gêmeas são meio sinistras e misteriosas, elas gostavam de confundir todo mundo e aos 7 anos viviam trocando de identidade. A mãe é meio confusa, parece ser uma mulher fraca e insegura. O pai vive bêbado e ausente, deixando a filha e a mãe largadas lá na ilha, no meio do nada.

A coisa toda é bem sinistra. Uma casa caindo aos pedaços, a mãe no mundo da lua, o pai acusa mentalmente a mulher pelo acidente, mas não explica o porque disso. Tudo é muito estranho. A menina sofrendo na escola nova, acreditando que a irmã morta está em casa com ela e os pais não fazem nada. Não vão conversar na escola, não levam a menina no psicólogo, muita coisa não faz sentido. E não são explicadas depois. Matei logo parte da xarada, sobre o porquê do acidente e da culpa ou não dos pais.

E no desfecho, quando acho que vão explicar tudo, o autor dá um tiro no pé. Durante toda a leitura eu fiquei na dúvida se a explicação iria para o lado do suspense ou para o sobrenatural. E aí que o autor não se decide, resolve o suspense e deixa lá, o toque sobrenatural. Achei horrível o final, ele rodeou, rodeou e não fez nada. Leitura chata, fraca, confusa, personagens rasos e muita coisa sem explicação.

Esse eu não indico, mas leiam por sua conta e risco rs. Quem leu me conte o que achou.

Adicione ao Skoob!

Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de abril.

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO