target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Voo fantasma - Bear Grylls

>>  quarta-feira, 18 de maio de 2016

GRYLLS, Bear. Voo fantasma. Rio de Janeiro: Editora Record, 2016. 462p. (Will Jaeger, v.1). Titulo original: Ghost flight.

“O coronel estendeu a mão.
- Boa sorte, meu amigo.
- Acha que vamos precisar de sorte?
Ele encarou Jaeger por um bom tempo.
- É a Amazônia. Espere o inesperado.
- Espere o inesperado – ecoou Jaeger. Sábias palavras.” p.116

A sinopse me interessou muito, mas eu sempre fico com um pé atrás com esses “famosinhos” que resolvem publicar livro rs. Não que eu já tenha ouvido falar do cara, mas na capa diz que é protagonista de dois programas de TV e tal hehe. Mas era de aventura, sobrevivência na selva, fiquei curiosa. Confiram o que achei de Voo fantasma do Bear Grylls.

Will Jaeger perdeu a mulher e o filho pequeno de forma sinistra e misteriosa, em uma noite dentro de uma barraca, em um lugar remoto, eles desapareceram. Will acordou sozinho e sem se lembrar de nada. Ele era o principal suspeito da policia, mas nada foi descoberto. Desesperado, sem saber se eles estavam vivos ou mortos, e sem nada descobrir após um ano de buscas, ele se esconde do passado e da dor nos confins da África. Mora por três anos em Bioko, até ser encontrado por seu melhor amigo, Raff

Ex-soldados, ele e mais dois amigos abriram uma empresa que oferece aventuras radicais e exóticas. Com sua saída, a empresa corria risco de sair. Mas agora eles tinham uma proposta lucrativa. Servir de guia para uma nova aventura, que seria filmada e transmitida como um reality show. Will deveria conduzir um grupo específico até o coração da floresta amazônica. A missão era encontrar e resgatar um antigo avião de guerra, que pertencera aos alemães.

Ele não sabe, mas uma grande conspiração está em curso para impedi-lo. O avião esconde segredos importantes, o Terceiro Reich de Hitler não foi extinto, e com isso, o Nazismo também não. Agora Will se vê lutando pela vida, tentando desvendar o que está acontecendo, a ligação com a morte de uma grande amigo, e a perda de sua família.

~~~~~~

Sei nem como explicar esse livro, vou dizer apenas que o autor devia estar muito noiado quando escreveu hahaha. Tá, falando sério. A premissa é boa, um soldado foda passando por um inferno pessoal, que é escolhido a dedo para uma difícil missão: ir para a Amazônia, com um pequeno grupo, poucos suprimentos e uma tribo indígena hostil nas imediações. Achar e recuperar um misterioso avião nazista, descoberto por acaso, e que nunca deveria ter voado por ali. Óbvio que logo na chegada (ou melhor, no pulo de paraquedas) tudo já dá muito errado e daí em diante, só piora. Você não sabe em quem do grupo pode confiar, a selva cheia de bichos selvagens, da até um medinho.

Mas gente, o autor quis abraçar o mundo. É perseguição de aranhas venenosas, sucuri gigante, crocodilos enormes, lago de piranhas. ataques de índios. E ele descrevendo tudo nos míiiiinimos detalhes (a la Chaves), desde como filtrar água, guardar a água do corpo, beber urina quando a água acabar... enfim, vocês entenderam. Se não bastasse tudo isso, ainda tem uma conspiração rolando, e não só o terceiro Reich todo, como Hitler, aparentemente, está de volta. É faca nazista, pista sobre a mulher e filha desparecidas, uma herança do avô soldado que pertencia a um grupo secreto dos aliados. Ai gente, muita informação e pouco sentido. Até a sinopse oficial tem um erro, quando diz que "um soldado leal é torturado e executado em um pântano", teve nada disso rs.

Até melhorou bastante no meio, porque você acreditando ou não no enredo maluco, era emocionante a aventura na selva, eles tentando sobreviver e tudo o que aconteci. No final foi ficando mais legal, corrida contra o tempo, pura adrenalina. Essa parte me prendeu e torci por eles. Mas aí a conspiração do final, nossa que viagem. Sei que muita gente deve ter adorado, pela aventura vale a pena, mas euzinha, dava risada com as viagens todas. Surreal mandou lembrança. O personagem principal é interessante, gostei de Will, foi o que me prendeu mais, torci por ele.

Ando meio exigente ultimamente, mas esse eu não indico. Não gostei dos desdobramentos e das explicações... Ah é, é série. O segundo tem uma sinopse tão diferente desse, que nem sei se vai ser uma continuação direta. Mas espero que sim, esse terminou com muita coisa sem explicação. Mas enfim, quem leu me conte o que achou. :P

Série Will Jaeger do Bear Grylls:
  1. Voo fantasma (Ghost flight)
  2. Burning angels (ainda não lançado no Brasil)
Adicione ao seu Skoob!

Avaliação (1 a 5): 2.5

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de maio.

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO