target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A garota italiana - Lucinda Riley

>>  sexta-feira, 22 de julho de 2016

RILEY, Lucinda. A garota italiana. São Paulo: Editora Arqueiro, 2016. 464p.  Título original: The italian girl.

“Roberto Rossini sempre havia sido o seu destino.” p.206

Eu ainda não tinha lido nada da Lucinda Riley, e todos elogiam muito a autora e comentavam que eu tinha que ler algum livro dela. Acho que tenho outros dois livros dela na estante, mas esse acabou sendo minha primeira escolha. Confiram o que achei do romance, A garota italiana.

Rosanna Antônia Menice tinha apenas 11 anos quando conheceu o homem que mudaria sua vida para sempre. Naquela noite, ele lhe disse que sua voz era única, para uma menina comum e sem atrativos,  foi uma encantadora surpresa. Antes de dormir, escreveu em seu diário que um dia se casaria com aquele belo homem. Donos de uma pizzaria, seus pais achavam que a filha deveria crescer, ajudar no restaurante e se casar; que essa história de cantar era uma perda de tempo. Sua irmã mais velha, Carlotta, era a beldade da família, aquela destinada a grandes feitos. Mas,  com a ajuda do irmão mais velho, Luca, Rosanna começa a fazer aulas de canto lírico em segredo.  

Aos 21 anos, depois de passar por muitas dificuldades, uma dedicada e bela Rosanna, se torna cantora profissional. Ela reencontra Roberto Rossini, 34, um cantor famoso e reconhecido. Ele fez de tudo para alcançar a fama, e agora, vive com belas mulheres e todo o luxo conquistado. Eles se cruzam nas salas de concerto mais famosas do mundo, e é lá, que a história dos dois finalmente se inicia. 

~~~~~~

É praticamente uma novela Global, cheio de dramas, paixão e traição. Com direito a uma mocinha lesada + um mocinho odioso  + muitos coadjuvantes mais interessantes que os dois, e como pano de fundo, o luxuoso mundo da ópera. E já digo logo, minha primeira experiência com a tão elogiada romancista, foi um desastre. É uma novela, mas uma novela de quinta categoria rsrs.

Começa muito interessante, a pobre menina (Rosanna), com seu talento nato como cantora e deixando de ser o patinho feio da família para virar uma moça linda e com sucesso garantido. Ela era uma moça simples, apaixonada pelo canto, educada, abraçando o mundo da ópera ao lado do santo irmão (Luca) e com a promessa de ser uma cantora de destaque, um talento único. Foi legal acompanhar todo esse processo, torci muito por ela e até achei alguns momentos emocionantes. Luca é de longe o melhor personagem do livro, adorei sua busca pelo seu destino e acompanhar tudo o que ele abriu mão para cuidar dos que amava.

Mas eis que chega o “mocinho”, que está mais para “traste” da história. Roberto ser o garanhão conquistador não foi surpresa, ela saber disso e mesmo assim se apaixonar também não (fazer o que?, acontece). O problema foi Rosanna não amadurecer nada durante a história! Ela tinha esse amor cego e o colocou acima de tudo. Eu tive tanto ódio que eu queria pegar o livro E TACAR NA CARA DELA!

As histórias paralelas são legais, adorei Luca, Abbi e muitos outros personagens. Stephen um fofo, Ella, Luigi (o primeiro professor de canto) e Paolo (já na escola de música). Mas todos vão perdendo destaque com os dramas dos dois... E gente, ninguém melhora, ninguém muda, é ela sendo burra, ele sendo cachorro e pronto. Preguiça que deu disso!  A máxima do livro foi o egoísmo, todo mundo só olha para o próprio umbigo e danem-se as consequências. Claro que isso vai mudando lá no finalzinho, mas eu já estava irritada demais para gostar rs.

E os diálogos são forçados, várias cenas eram pouco elaboradas, quase ensaiadas. Não achei que a segunda metade fluiu bem, não gostei tanto da narrativa como tinha gostado no início. O final foi até legal, mas até chegar lá aff! E é realmente igual novela, você reclama, reclama, mas fica louco para saber o final.

Espero que eu não tenha gostado apenas desse livro, e não da escrita da Lucinda como um todo. Quem já leu algo dela, por favor, compartilhe sua opinião. Esse eu não indico.

Adicione ao seu SKOOB!

Avaliação (1 a 5): 2.5

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top comentarista de julho.

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO