target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O adulto - Gillian Flynn

>>  sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Flynn, Gillian. O adulto. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2016. 64p. Título original: The grownup.

“Observei a casa, que me observou de volta através das janelas longas e malévolas, tão altas que era possível uma criança ficar de pé no parapeito. E uma estava. Eu podia ver todo o comprimento de seu corpo magro: calças cinza, suéter preto, gravata marrom com um nó perfeito no pescoço. Um tufo de cabelos escuros cobrindo os olhos. Então, um vulto repentino e o garoto tinha descido e desaparecido atrás das pesadas cortinas de brocado.” p.27

Eu não gosto de contos, o tamanho reduzido normalmente me desagrada. Não curto histórias sem final, então geralmente nem leio, porque já sei que é provável não gostar rs. Mas, esse é da Gillian Flynn e eu adoro os livros da autora, então resolvi arriscar. Confiram minha opinião sobre O adulto.

Para quem não sabe, o conto venceu do prêmio Edgar Award na categoria Melhor Conto, 2015. O adulto já havia sido lançado no Brasil como Qual a sua profissão?, parte da coletânea O Príncipe de Westeros e Outras Histórias e foi escrito a pedido de ninguém menos,  do que George R. R. Martin. Vamos a história...

Uma jovem passou longos três anos em uma profissão no mínimo inusitada, batedora de punheta. E como a personagem afirma: “Eu não parei de bater punheta para os outros por não ser boa. Parei de bater punheta por ser a melhor”. E ela era boa em conhecer pessoas, perceber as necessidades de cada um. Então acaba sendo promovida ao quartinho da frente, onde as meninas liam mãos, auras e outras coisas para mulheres crédulas, clientes  que desconheciam o que ofereciam aos homens nos fundos.

Certo dia, ela atende Susan Burkes, uma mulher rica e infeliz, uma de muitas. Ela logo inventa uma forma de arrancar mais dinheiro da mulher, e se oferece para limpar as energias da casa. Porém, ao visitar o local, descobre que realmente algo sinistro acontece ali. Agora ela precisa descobrir qual é a causa de todo aquele mal, e se manter bem longe dali.

~~~~~~

O conto é muito bem escrito, afinal é da Gillian. Em poucas páginas ela consegue ser divertida, inteligente e deixar o leitor curioso com  todo o suspense envolvido. O título é interessante, para mim remete a todos os três personagens adultos, que poderiam ter feito escolhas diferentes. E na verdade, não sabemos ao certo as intenções e anseios de cada um deles. Mas é um conto, achei que tudo aconteceu rápido demais e que terminou no ar. Termina sem muitas explicações, o leitor precisa interpretar e fazer suas deduções. 

Não gosto realmente de histórias tão abertas, então isso me fez desgostar muito. De não explicar  quem é que está errado, quem fez o que. Tem duas teorias possíveis e é isso. Os personagens são instigantes, você fica tentando descobrir quem é do mal, quem é vítima e tal. E tem um adolescente sinistro, de dar medo.

Para quem curte contos e gosta de suspense é uma história interessante. Quem leu me conte se gostou!

Adicione ao seu Skoob!

Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top comentarista de agosto!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO