target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Respire - K. A. Tucker

>>  segunda-feira, 8 de agosto de 2016

TUCKER, K. A. Respire. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2016. 320p. (Ten Tiny Breaths, v.1). Título original: Ten Tiny Breaths.

“O ar sai de meus pulmões em um suspiro e fico olhando as covinhas fundas e os olhos mais azuis que já vi – anéis de cobalto com azul-claro por dentro. Semicerro os olhos. Eles têm pontinhos turquesa? Sim! Meu Deus! O piso azul, as máquinas velhas e enferrujadas, as paredes, tudo em volta de mim desaparece sob a intensidade do seu olhar, que arranca minha capa protetora de mulher cretina, tirando a do meu corpo, me deixando nua e vulnerável em segundos.” p.26

Adivinhem qual o gênero de hoje? Acertou quem disse: “New adult de novo, Nanda!”. Pois é, ainda não enjoei do estilo e tenho lido vários em sequencia. Esse prometia, muito leitores adoraram e tinha boa avaliação no Goodreads. Confiram o que achei do primeiro volume da série Ten tiny breaths com Respire da K. A. Tucker.

Kacey Cleary, 18, sente que vive embaixo d’água. Ela não chora, não reclama, mas não suporta o toque de ninguém e solta sua raiva em treinos intensivos de kickboxing. Se seus cabelos ruivos e seu corpo chamam a atenção, seu rosto mal humorado e seu olhar desolado mantém os possíveis admiradores a distância. Kacey acaba de se mudar para Miami com a irmã mais nova, Livie, 15 anos, e tem esperança de começar uma nova vida.

As duas fugiram da casa dos tios, depois do tio tentar abusar de Livie, e agora ela era a responsável por cuidar da irmã. Mas na verdade, tudo mudou mesmo foi há quatro anos atrás, em um trágico acidente, quando o carro da família foi atingido por um motorista bêbado. De lá para cá, Kacey passou por momentos péssimos e momentos ruins, como solução... só evitava a merda toda.

Quando conhece Trent, o lindo vizinho do apartamento ao lado, sente algo se dissolver. Com ele tudo é diferente... desejo, sentimentos, vontades. Pela primeira vez ela quer subir a superfície e respirar.

~~~~~~~

Adorei! Eu amei os personagens, todos eles, e isso já faz com que eu goste mais da história. Muita gente legal acolheu Kacey na nova cidade e tentou ajuda-la. Storm, sua vizinha e amiga, além de sua filhinha lindinha foram o melhor do livro. Trent, claro, é totalmente piriguetagem literária e Livie é uma irmã fofa, nem parece “aborrecente”.

O romance é bem “the flash”, aquela coisa de atração instantânea no melhor estilo miojo. Mas não é amor a primeira vista, é mais um “me joga na parede e me chama de lagartixa” a primeira vista. E funcionou bem aqui. Talvez por Kacey ter tantos problemas, se não fosse algo tão forte, nunca iria conseguir penetrar em suas reservas.

Tem um mistério em torno do passado dela, até ela contar tudo (a sinopse do Skoob estraga isso, ainda bem que eu não li) e sobre a vida de Trent também. Tudo vai se revelando aos poucos, mas eu achei bem sacal a coisa toda, tava na cara a merda que ia dar rs.

Gostei de não ter triangulo, nem brigas terríveis, todos os problemas giram em torno do trauma dela. E não é pouco trauma gente, dá pra entender porque a menina pira na batatinha.

Sobre a trama não tem muito mais que eu possa dizer sem dar spoilers. Eu adorei o romance, tem química, tem pegada. A parte sexual não é pesada, prefiro assim. Adorei os personagens coadjuvantes, eles têm sua própria história e gostei muito do desenvolvimento; principalmente se levarmos em consideração o fato do livro ser tão fininho. O drama poderia ter sido melhor explorado e algumas outras cenas também, tudo é muito rápido.

O livro é o primeiro de uma série, mas são histórias independentes. O segundo vai contar a história da irmã mais nova, Livie. Esse termina bem redondinho, tem até um epílogo fofo. Dúvidas de que eu indico? Leiam!!

Adicione ao seu Skoob!

Série Ten tiny breaths da K. A. Tucker:
  1. Respire (Ten tiny breaths)
  2. Uma pequena mentira (One Tiny lie)  – Livie
  3. Four seconds to lose (Os demais ainda não lançados no Brasil)
  4. Five ways to fall.
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO