target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A delação - John Grisham

>>  sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

GRISHAM, John. A delação. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2017. 384p. (The Whistler, v.1). Título original: The Whistler.

“E grande demais para nós. Simplesmente não podemos investigar crime organizado. Nosso mundo gira em torno de juízes que perderam a compostura e fizeram besteira. Eles violam a ética, mas raras vezes infringem leis. Nunca vimos um caso assim.” p.215

John Grisham é um autor bem conhecido, com inúmeros livros publicados, especialmente, thrillers jurídicos. Eu gosto do estilo do autor, e fui ansiosa conhecer mais um dos seus trabalhos, confiram o que achei de A delação.

Lacy Stoltz é uma funcionária do Conselho de Conduta Judicial da Flórida. Solteira e sem muitos compromissos, dedica todo o seu tempo ao trabalho. Já seu parceiro Hugo é casado e pai. Sua filha recém nascida faz com que ele passe todo o tempo dormindo no carro de Lacy enquanto ela dirige. Eles não são policiais, são advogados. A função do Conselho é responder as denúncias de má conduta feitas contra juízes. Eles nunca lidaram com algo mais sério do que um juiz alcoólatra. Até que em um dia, tudo muda.

Greg Myers adotou esse nome para tomar coragem de procurar Lacy e contar tudo. Ele é um ex advogado condenado, que cumpriu sua pena e vive fingindo do passado. Ele afirma conhecer uma juíza que roubou mais dinheiro do que todos os outros juízes americanos. E, claro, no final, está interessado na recompensa por ter sido o delator do crime.

Um grande cassino em terras indígenas parece ser a fonte da lavagem de dinheiro. A juíza faz vista grossa para os problemas na reserva e leva o seu lucro. Todos saem ganhando, os índios e seus descendentes, a máfia, advogados... Quando um juiz distorce a lei, tudo pode acontecer.

~~~~~~

John Grisham escreve de forma ágil e que prende o leitor até o final. Seus livros são como um filme de ação; uma leitura rápida, cheia de suspense e muitas reviravoltas interessantes. Eu fiquei triste com um acontecimento logo no início, mas apesar de triste, foi inevitável para dar credibilidade a trama. E no final, adorei a história e a forma como terminou.

Lacy, Hugo, Greg, Michael, foram todos bons personagens. Eles estavam lutando contra a máfia, era claro que algo daria muito errado. Foi interessante ver novos personagens surgindo e ganhando destaque, e a rede se fechando ao redor da juíza.

O livro não trouxe grandes surpresas, a maioria dos desdobramentos eu já esperava. Comparando com outros livros do autor, ele me decepcionou um pouco no quesito suspense. Também não teve aqueles confrontos ótimos no tribunais; o que por um lado foi bom, mudou um pouco o estilo. Mesmo assim gostei do desenvolvimento da trama e da leitura em si. Não é meu estilo de suspense favorito, nem é tão bom quanto meu preferido do autor, Tempo de matar, mas foi uma leitura interessante.

Terminou bem redondinho, gostei do final sem furos, dando um desdobramento para vários acontecimentos. Foi bom ver o destino de vários personagens, como Dubose e Claudia. Para quem gosta desse tipo de thriller foi uma boa leitura. Estou gostando bastante dessas novas edições da Rocco, as edições antigas dos livros do Grisham eu não curtia muito.

Apesar do livro ser lançado como série, The Whistler foi lançado em 2016 nos EUA e o próximo ainda não saiu, então não sei dizer se  os personagens atuais continuam, ou se será uma trama completamente diferente. Quem leu não deixe de contar o que achou! Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série The Whistler do John Grisham:
A delação (The whistler)


Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de janeiro no blog!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO