target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Um segredo doce e amargo - Barbara Delinsky

>>  segunda-feira, 2 de julho de 2018

DELINSKY, Barbara. Um segredo doce e amargo. Rio de Janeiro, Editora Bertrand Brasil, 2018. 392p. Título original: Sweet salt air.

“Quando Nicole parou na calçada, sentia-se exausta. Usar uma máscara quando era pressionada por todos os lados ao mesmo tempo dava muito trabalho. Sentia falta de Julian, mas tinha medo de vê-lo. Sentia falta de Charlotte, mas não tinha vontade de conversar com ela. Queria contar tudo para a sua mãe, mas não podia nem a metade.” p.219

Estou quase duvidando do meu status como blogueira literária agora, porque, incrivelmente, eu nunca havia lido nada da Barbara Delinsky, e a autora tem inúmeros romances lançados no Brasil!! Depois eu penso em como vou consertar isso. Agora, vou falar do meu livro de estréia com a autora, o lançamento Um segredo doce e amargo.

Quinnipeague é uma pequena ilha no Maine, localizada a dezoito quilômetros do continente e com uma população flutuante de trezentas pessoas por ano. Eles se conheciam e cuidavam uns dos outros. Charlotte e Nicole foram melhores amigas desde a adolescência e passaram por muitas coisas juntas, até que algo acontece e nunca mais se encontram.

Dez anos se passaram. Aos 34 anos, Nicole é uma blogueira culinária de sucesso. Seus posts de comida natural, suas receitas e mesas postas atraem milhares de leitores diários. E é assim que ela consegue um contrato para escrever um livro. Ela é casada com Julian, 46, um médico famoso e com a vida atribulada. Eles ainda não têm filhos juntos. Julian tem dois filhos já adultos do primeiro casamento, mas isso nunca atrapalhou a felicidade do casal. De repente, tudo começa a mudar.

Também aos 34 anos, Charlotte é um espírito livre. Jornalista, solteira, viaja pelo mundo escrevendo matérias encomendadas por revistas famosas. Ela ama sua vida, ama seu trabalho, mas sente falta de ter para onde voltar. Sente um enorme vazio quando pensa no passado, em Nicole e em tudo que deixou para trás.

Quando Nicole convida Charlotte para trabalharem juntas no projeto do livro, ela se surpreende. E apesar das mágoas e segredos do passado, não consegue resistir ao desejo de voltar à pequena ilha. 

Já na ilha, Charlotte conhece Leo. Ela se lembra dele apenas como um adolescente bad boy. Mais misterioso e solitário do que nunca, ele vive como um ermitão. Só isso já é suficiente para despertar o interesse de Charlotte, pois ela tem sempre uma pergunta a fazer.

Rever todos da ilha e voltar a conviver com Nicole é um sonho! Porém, o segredo que ela guardou a vida toda será posto em cheque. Contar a verdade pode salvar alguém, mas também pode destruir para sempre sua amizade com a melhor amiga.

~~~~~~~~

Eu gostei de inúmeras coisas nesse livro, mas não morri de paixão por ele no final. Adorei o romance mais maduro e bem escrito. Adorei os personagens, um dos romances e o Urso, o cachorro enorme mais fofo do mundo. Adorei tudo relacionado ao livro de receitas, as entrevistas, as receitas e as mesas postas que Nicole descrevia tão bem. Eu me emocionei no final, fiquei agoniada em diversos momentos. Mas, apesar disso, eu achei o romance como um todo bem morno. O livro é bem escrito, mas faltou algo. Faltou uma grande reviravolta, faltou drama até o final. O final é muito bom, mas não conseguiu fazer com que eu amasse a história. 

Outra coisa que não gostei foi da capa. Achei muito sem graça e não representa a alegria da ilha! Os pratos culinários tão bem descritos, o ar praiano, nenhum desses elementos está na capa. Comento isso, porque sei como a capa atrai muitos leitores e a capa desse livro, mundialmente falando, são ruins. Engraçado que as melhorzinhas são as capas da Turquia, da Estônia e do e-book americano. Afinal, a autora é mundialmente conhecida.

Na verdade, o que mais senti falta para escrever essa resenha foi ter lido outras obras dela. Eu gostaria de saber se esse cenário mais calmo, esses romances mais maduros e a história tão linear são características da autora ou desse livro apenas. Até porque eu tenho lido tantos romances cheios de drama, com reviravoltas alucinantes, que pode ter influenciado nessa minha leitura. Agora, é ler outro livro da Delinsky para saber.

Os personagens. Eu adorei Charlotte. A narrativa é em terceira pessoa, mas ela protagoniza a maior parte do livro. Acho que foi até uma forma da autora fazer com que os leitores ficassem do lado dela e não sentissem raiva pelo que fez com Nicole no passado. Charlotte é forte, persistente, uma amiga disposta a tudo para ajudar e para se redimir. Já Nicole achei meio sem sal, confesso. Gostei de tudo relacionado a vida dela e ao livro, como comentei, mas ela em si era bem sem graça. O romance dela e Julian também não me empolgou. Já Charlotte e Leo foram puro amor. Todas as cenas dos dois são excelentes. Acho que, como tudo gira ao redor do drama de Nicole, eu não cai de amores pelo livro no final.

A trama não me trouxe surpresas, pois eu já esperava todos os desdobramentos. E eu amei o final da forma que foi, e ainda teve um epílogo fofo.

Para quem curte o estilo, deixo mais uma dica de leitura. Quem leu ou já leu outras obras da autora, não deixe de compartilhar sua opinião por aqui. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Avaliação (1 a 5): 3.5


Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top comentarista de julho!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO