target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A paciente silenciosa - Alex Michaelides

>>  segunda-feira, 22 de abril de 2019

MICHAELIDES, Alex. A paciente silenciosa. Rio de Janeiro: Editora Record, 2019. 350p. Título original: The silente patient.

“Fora interrogada pela polícia na presença de um advogado. Mas Alicia se manteve em silêncio o tempo todo. Os lábios pálidos volta e meia tremiam, mas sem chegar a formar palavras, sem emitir nenhum som. Ela não respondeu a nenhuma pergunta. Não era capaz de falar, não queria, nem disse absolutamente nada ao ser acusada do assassinato de Gabriel. Continuou em silêncio ao ser detida, recusando-se a negar qualquer culpa ou confessá-la.
Alicia nunca mais voltou a falar.” p. 17

Recebi a prova desse livro pelo V.I.B. da Editora Record, uma prova antecipada, ele estará a venda nas livrarias a partir de 11/05. Então em primeiríssima mão, conto para vocês o que achei do thriller psicológico A paciente silenciosa do cipriota, Alex Michaelides.

Alicia Berenson é uma pintora talentosa, uma mulher linda e interessante. Ela é casada com Gabriel Berenson, um fotógrafo de sucesso. Os dois aparentemente tinham um casamento estável e feliz, falavam em ter filhos. Ela tinha um diário, que começou a pedido do marido que estava preocupado com seu comportamento um pouco deprimido. Nele ela escrevia ideias, falava sobre sua vida pessoal e profissional.

Alice tinha 33 anos quando matou o marido com 5 tiros. Ele tinha 44 anos quando morreu. Eles estavam casados faziam sete anos. Alicia nunca mais falou uma palavra.  Ela foi julgada incapaz e enviada para um hospital psiquiátrico.

Seis anos se passaram.

Theo Faber é um psicoterapeuta que está muito interessado em ajudar Alicia. Ele consegue um emprego no hospital onde ela está internada e começa a tratar a paciente. Ela ainda não falava, e estava sempre fortemente dopada pois já tinha tentado se matar algumas vezes e ficado agressiva. Ele consegue que diminuam a medicação e tenta se comunicar com ela.

Theo é casado com Kathy, uma atriz por quem é completamente apaixonado. Ele teve um passado difícil e esse, foi o motivo de escolher essa profissão. Agora, ele tanta sem sucesso, separar a vida pessoal da profissional. Curioso para saber mais, começa a conversar com pessoas do passado de Alicia, para saber mais sobre ela. Enquanto isso, sua vida pessoal não está nada bem e ele e a esposa passam por momentos difíceis.

Será que Alicia estará preparada para contar a verdade? E o que essa verdade significa?

“- Sobre o amor. Que muitas vezes confundimos amor com essa chama, com o drama, com o desequilíbrio. Mas o verdadeiro amor é tranquilo, silencioso. Tedioso, se encarado do ponto de vista da intensidade dramática. O amor é profundo e calmo... E constante.” p.114

~~~~~~

Tenso, envolvente e muito bem construído! Se esse é o primeiro trabalho do autor, eu já me considero fã e espero ansiosamente pelo seu próximo livro. A história toda é muito intrigante, eu praticamente devorei o livro, curiosa para desvendar todos os segredos. E gente, passei longe de desvendar o mistério. Acho que esse é um daqueles livros onde é impossível matar a charada, o final deixa qualquer leitor de queixo caído. E isso, é o melhor em um bom thriller.

Os personagens são intrigantes. Temos um vislumbre de um ótimo casamento, e um capítulo depois, o marido está morto e ela presa acusada de mata-lo. Várias questões ficam no ar, afinal, o leitor não conhece nada dessas pessoas para fazer algum pré-julgamento. Então você se pergunta: Será que Alicia matou realmente o marido? Ou tinha mais alguém lá e de alguma forma, o trauma foi tão grande que ela não conta o que aconteceu. E se matou, por quê? Ele era abusivo? O que aconteceu naquele dia?

E isso, só ficamos sabendo realmente nas últimas páginas. E a solução caro leitor, foi uma surpresa completa.

Theo também é um personagem intrigante. Ele parece fazer de tudo para ajudar Alice, talvez para escrever algum livro sobre isso depois, pois o caso dela ficou famoso na mídia. Ele vem de um passado difícil, filho de um pai abusivo e de uma mãe relapsa. Fez terapia por vários anos e foi isso que o fez abraçar essa profissão. Mas o comportamento dele com a paciente, chega a ser questionável. Eu acreditei na inocência dela (ou pelo menos que tenha tido um ótimo motivo para matar rs), e só queria que algo desse resultado e ela começasse a falar.

Eu só achei que faltou um pouco de desenvolvimento dos personagens, faltou mais do antes de Gabriel e Alicia. Eu queria ter sentido mais empatia por eles antes, para sofrer mais por ela depois. Dessa forma, meio que para o leitor tanto faz quem vive ou morre, ou o que acontece com os protagonistas. Por outro lado, reconheço que isso atiça a curiosidade, e deixa o livro ainda mais misterioso. Espero que o livro seja adaptado ao cinema no futuro, a história iria arrasar nas telas.

O fato de o livro ser narrado por um psicanalista foi muito interessante. Pudemos acompanhar a mente de um terapeuta, como tudo funciona e como quase tudo pode ser distorcido. Como uma atitude ou gesto, sugere inúmeras interpretações.

Só não vai ser um dos meus favoritos do ano, porque achei o final corrido e aberto demais! Sei que acontece muito em thrillers, mas eu sempre quero mais do final. Eu queria um epílogo, notícias de jornal, algo depois daquilo tudo. Aquele final acabou comigo rs.

Para quem curte thriller psicológico ou ainda não conheceu o gênero, esse é uma leitura imperdível! Pare tudo e vá ler agora, dos lançamentos mais interessantes do ano, tenho certeza. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Avaliação (1 a 5): 4.5

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top comentarista de abril!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO