target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O gosto da tentação - Elizabeth Hoyt

>>  sexta-feira, 19 de julho de 2019

HOYT, Elizabeth. O gosto da tentação. Rio de Janeiro: Editora Record, 2018. 378p. (A lenda dos quatro soldados, v.1). Título original: To taste temptation.

“-  E o que vai fazer depois disso?
Sam pensou em Lady Emeline e em como ela aproveitava qualquer oportunidade para discutir com ele. Pensou na imensa diferença social que havia entre os dois. Pensou no medo que ela tentava esconder, tendo sucesso com todo mundo, pelo visto, menos com ele. Pensou no quão chocada ela parecera ao se entregar aos seus braços, como se não imaginasse ser capaz de perder o controle de tudo ao seu redor, incluindo do próprio corpo. E pensou na tristeza que às vezes surgia nos olhos dela. Sua vontade era pegar aquela tristeza, abraçá-la e confortá-la até que se transformasse em felicidade. Ele queria sentir as mãos de Emeline sobre o seu corpo novamente, como na noite em que ela cuidara de seus pés feridos, acalentando-o, como se passasse um bálsamo em sua alma. Ela o aquecera. Ela o curara.
E ele sabia exatamente o que faria. Sam sorriu para a irmã.
- Vou me casar com ela, é claro.” p. 267-268

Eu conheci o trabalho da Elizabeth Hoyt com a Trilogia dos príncipes, não é o meu estilo favorito de romance de época, mas eu gostei das tramas mais maduras e diferentes da autora. Hoje conto para vocês o que achei do primeiro volume de sua nova série no Brasil, A lenda dos quatro soldados, com O gosto da tentação.

Londres, 1764
Samuel Hartley é um rico homem de negócios, que fez sua fortuna em Boston. Ele lutou nas colônias e volta à Inglaterra para investigar mais sobre o que aconteceu na guerra e ainda lhe atormenta. Ele lutou no que ficou conhecido como o massacre do vigésimo oitavo regimento. Poucos soldados sobreviveram, nenhum deles irá esquecer o que aconteceu. Samuel acredita que eles foram traídos, e quer vingança.

Lady Emeline Gordon é uma viúva aristocrata, embora muito jovem. Ela perdeu o marido muito cedo, e como seu irmão também morreu na guerra, o título da família passou para um primo distante. Um exemplo de elegância e sofisticação na sociedade Londrina, ela complementa sua renda apresentando jovens damas à sociedade e atuando como acompanhante.

Samuel procura Emeline em busca de ajuda, ele pede que ela apresente sua irmã Rebecca, de apenas 19 anos, que viajou com ele e não conhece ninguém na cidade. Ele gostaria que a irmã frequentasse alguns bailes e se divertisse. Embora Emeline ache Samuel arrogante e presunçoso, aceita a missão, afinal, ele lutou com seu falecido irmão.

Ele não tem classe, não tem modos e nem se veste de maneira apropriada. Ela odeia o seu desprezo pelas regras e pelo bom costume. Ela pretende se casar de novo, com alguém apropriado para cuidar dela e de seu filho pequeno. Lorde Vale fora seu noivo escolhido. Ele era um nobre, tinha um título e era seu melhor amigo.  O que ela não esperava, era sentir uma atração incontrolável por Sam, alguém totalmente inapropriado.

~~~~~~

É interessante, bem escrito e flui bem, mas pessoalmente não faz o meu estilo de romance. O que mais curto em romance de época é o flerte inocente, o romance arrebatador e os mocinhos apaixonados, com aquela doçura que não se vê mais atualmente. E apesar de eu achar os personagens interessantes, muita coisa me irritou muito no livro.

Samuel é prepotente e tem um jeito bem ogro. Ele deseja Emeline, e não está nem aí para as regras sociais. Ele tem o trauma todo da guerra, sofre com pesadelos e uma espécie de crise de pânico em ambientes muito cheios, mas isso não justifica suas atitudes. O sexo entre eles não era romântico, era mais para agressivo. Não curto muito essa pegada. Ela bate nele, ele a joga na parede e possui ali mesmo, não consigo curtir um casal assim.

E Emeline está noiva! Ela demora um pouco a compartilhar essa informação e não se preocupa muito com isso. Mesmo dormindo com Samuel a torto e a direito. Ela diz que o suposto noivo não é fiel, e que ele não se “incomodaria” com isso. E Samuel e Jasper lutaram juntos, eles ficam amigos! Eu não conseguia ver com bom tom ela dormindo com um e noiva de outro, tomei birra. Mesmo Jasper a tratando de forma mais fraterna do que romântica.

Tem a parte de mistério, com Samuel tentando descobrir quem fora o responsável pela traição que causou a emboscada, onde a maior parte do regimento morreu. Eu desconfiei quem era na primeira vez que a pessoa apareceu, mas mesmo assim foi um plot interessante. O final foi emocionante, com uma perseguição e desdobramentos divertidos. Gostei do final, mesmo não curtindo tanto os protagonistas juntos.

O que eu mais gosto nos livros da Hoyt, são as “lendas” que ela vai contando aos poucos, ao longo dos capítulos. Eu não sei se ela se baseia em alguma história ou se são inventadas, mas são ótimas. A desse livro foi Coração de ferro e eu li ansiosa, esperando o começo de um novo capítulo para ter um trecho da historinha rs.

Eu acredito que o segundo tenha chance de me agradar mais, já está aqui na estante me esperando. Lorde Vale, que era o suposto noivo desse livro, vira protagonista. Ele é divertido e meio bobalhão, e a mocinha acho que será meio “patinho feio” no início, ele nunca reparou muito nela.  

O trabalho nas capas está incrível, todas tem uma cor mais pastel e um brilho lindo, que não dá para perceber pela foto acima. 

Quem leu me conte se curtiu!

Adicione ao seu Skoob!

Série A lenda dos quatro soldados:
  1. O gosto da tentação (To taste temptation)
  2. O sabor do pecado (To seduce a sinner)
  3. As garras do desejo (To beguile a beast) (os demais ainda não lançados no Brasil)
  4. O fogo da perdição (To desire a devil).

Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de julho!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO