target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A hora do Lobisomem - Stephen King

>>  sexta-feira, 6 de setembro de 2019

KING, Stephen. A hora do lobisomem. Rio de Janeiro: Editora Suma das Letras, 2017. 152p. Título original: The cycle of the werewolf.

"Lá fora, as pegadas da criatura são cobertas pela neve, e o uivo do vento parece selvagem de prazer. Não tem nada de Divino ou de Luz naquele som insensível: só há o inverno sombrio e o gelo escuro. O ciclo do Lobisomem começou." p.18

Esse era o último que faltava para completar minha coleção linda da Biblioteca Stephen King, espero que saiam mais livros do autor por ela. Publicado originalmente em 1983 é um dos livros mais antigos do autor, ele também segue a linha de terror. Estou adorando a oportunidade de ler outros livros do King, confiram o que achei de A hora do lobisomem.

Tarker’s Mills, uma pequena cidade no Maine, onde um evento importante são jantares de caridade da igreja e eventos do Clube dos Cidadãos Idosos, começa a ser assolada por notícias mais sombrias. A hora dele é agora, o lugar dele é aqui, uma criatura chegou a cidade.

Estamos falando do Lobisomem, que chegou a cidade sem motivo algum. No primeiro mês a vítima foi um trabalhador ferroviário, isolado por causa da neve. No mês seguinte ele ataca uma mulher solitária, em seu próprio quarto. E a cada mês que passa, a cada lua cheia, a cidade fica aterrorizada, a espera de notícias.

Quem será o próximo? Quando a lua cresce no céu, um terror paralisante toma os moradores da cidade. A sede de sangue do monstro nunca será saciada.

~~~~~~~~~

A história é bem curtinha, para mim é mais um conto do que um livro. Uma pena, porque se fosse tão bem desenvolvida como outras histórias do autor, seria sensacional. Como sempre temos descrições marcantes e sanguinolentas, os ataques são rápidos como os capítulos, que terminam em poucas páginas.  

É muita carnificina, muito sangue, e heróis bem improváveis. A ironia e o sarcasmo característicos do autor também estão presentes. Gostei muito do personagem que no fim, resolveu a situação, não esperava esse desfecho, pena não poder contar mais sobre ele para evitar spoilers.

Eu queria saber mais sobre tudo, os moradores da cidade, os que morreram e os que sobreviveram rs. E sobre o Lobisomem, o passado e como ele se tornou essa fera. Mas tudo é realmente bem raso. Temos as noites de lua, os moradores aterrorizados e outros incrédulos, que acreditam que o monstro na verdade é um serial killer comum.  O livro é dividido por mês do ano, são doze capítulos bem compactos.

Não cheguei a sentir medo, logo no início do capítulo já conta sobre a vítima, então você já lê imaginando que o dito cujo irá morrer. Como se trata do King ninguém é poupado, adultos e crianças estão na mira do lobo.

O livro é mais conhecido pela adaptação para o cinema, o filme Bala de prata foi lançado em 1985. Foi estrelado por Gary Busey, Everett McGill, Corey Haim, Terry O'Quinn, Joe Wright e Lawrence Tierney.

O que realmente vale a pena aqui é a edição! Essa coleção está realmente perfeita, mas esse livro se supera. São muitas ilustrações belíssimas, coloridas e muito realistas. Amei o trabalho visual feito nessa edição.

Eu queria ler todos os livros do autor, então sigo na meta rs. Esse não foi dos melhores, nem que mais me marcaram, mas King sempre vale a pena. Quem leu me conte se curtiu!

Adicione ao seu Skoob!

Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de agosto!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO