target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O iluminado - Stephen King

>>  quarta-feira, 9 de outubro de 2019


KING, Stephen. O iluminado. Rio de Janeiro: Editora Suma das Letras, 2017. 520 p. Título original: The shining.


Adoro os livros do King, isso vocês já sabem, né?! Mas, infelizmente, li poucos livros o autor até hoje. Ainda assim, adorei e indico todos! Só resta conferir se O iluminado merece indicação também, certo? Vem comigo e eu te conto!

Jack Torrence quer muito se tornar um grande escritor. Mas tudo aquilo que escreve, nenhuma editora quer publicar. Por causa disso, Jack se torna um professor frustrado, com problemas de abuso de bebida alcoólica que, consequentemente, provocam um grave destempero emocional. Em razão desse descontrole, um episódio no colégio em que Jack é professor acaba provocando sua demissão. Para piorar, seu casamento vai de mal a pior.

Quando não imaginava que poderia mais encontrar a saída do fundo do poço, Jack recebe uma proposta para ser zelador de um famoso e imponente hotel, o Overlook, que fica fechado no período do inverno, devido às nevascas que impedem a chegada dos hóspedes.

Diante dos problemas financeiros decorrentes de sua demissão, Jack aceita o emprego e vê aí a oportunidade de poder, enfim, escrever sua grande obra e, porque não, tentar salvar seu casamento. Além da remuneração que receberia e das despesas que ficariam integralmente por conta do hotel, ele poderia levar sua esposa Wendy e seu filho Danny.

Contudo, o que parecia um simples trabalho de inverno, na calmaria e tranquilidade de um hotel fechado no inverno, acaba por se tornar um verdadeiro terror. Danny, uma criança com grande poder sobrenatural, começa a sentir que há algo de errado no ar. Algo tão poderoso e terrível, que pode até mesmo transformar completamente uma pessoa, e de uma forma não muito boa.


                                                              ~~~~~~~~~

Esta foi uma das raras exceções em que assisti à adaptação cinematográfica antes de ler o livro. Ainda bem que fiz isso, porque amei tanto o filme que, de certa forma, sabia o que encontraria no livro.

Contudo, ainda assim, foi muito difícil a leitura no início. Demora um pouco para engrenar. Quando eu estava quase desistindo, tudo começou a melhorar de uma forma que eu não pude mais largar, ainda que, como todos os livros do autor que li até hoje, não tenha sido uma leitura rápida.

A forma como Stephen King descreve os personagens fez com que eu me sentisse mais próxima deles, ao mesmo tempo que fez com que os sentimentos que tive ao longo da história aflorassem de forma mais forte. Em alguns momentos é quase possível precisar o que o personagem está pensando.

Torci muito por Danny e fiquei até com pena dele, por ter que passar e ver tanta coisa sendo ainda uma criança.

Jack, por sua vez, foi se tornando uma pessoa tão pesada, com uma energia tão carregada, que fui acometida por arrepios que não me abandonavam. Até sonhar com o livro eu sonhei, e não foi a primeira vez que isso me aconteceu lendo um livro de King.

Há alguns poucos personagens secundários, mas neste livro se percebe a dedicação do autor à família de Jack, o que foi ótimo para atribuir maior qualidade à narrativa e maior riqueza de detalhes em relação aos personagens principais.

A edição nova, da Biblioteca Stephen King, só faz agregar valor a essa coleção, que já está um arraso! É um espetáculo à parte!

Indico para amantes de King e para amantes de uma boa história de terror e suspense. Leiam!

             
Adicione ao Skoob!

Avaliação (1 a 5):





           Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de setembro

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO