target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O mapa que me leva até você - J.P. Monninger

>>  sexta-feira, 18 de outubro de 2019

MONNINGER, J.P. O mapa que me leva até você. Campinas/SP: Editora Verus, 2019. 322 p. Título original: The map that leads to you.

Nunca tinha ouvido falar na autora. Apesar disso, a sinopse me agradou bastante, de modo que fiquei imaginando muitas teorias sobre o que aconteceria efetivamente na história. Isso antes de iniciar a leitura. Depois que comecei o livro, bom... Venha que eu conto para vocês o que aconteceu.

Heather é uma moça muito organizada que acabou de se formar na Universidade de Amherst, Massachusetts. Sua carreira já está toda planejada, sobretudo por seu pai. Ela tem tudo mapeado em sua cabeça e em sua agenda.

Mas, antes de iniciar a sua vida de adulta, Heather vai fazer uma viagem pela Europa com suas duas melhores amigas, Amy e Constance.

Logo na viagem de ida para Amsterdã ela conhece Jack, um cara muito gato e misterioso. Ele está seguindo o caderninho de seu avô, que foi um soldado de guerra e, ao final da guerra, não retornou direto para casa. Foi passando por alguns lugares até chegar em casa e escreveu sobre esses lugares no caderno que hoje Jack usa para viajar.

O fato de conhecê-lo faz Heather sentir, pela primeira vez, vontade de jogar tudo pro ar. Mas isso não acontece. A princípio, eles vão voltar juntos para os Estados Unidos, mas um segredo que Jack guarda a sete chaves pode abalar o mundo de Heather para sempre.
                                                               
                                                                  ~~~~~~~~

Primeiro, é bom explicar que nada do que eu disse acima é spoiler. Essas informações estão também na sinopse, então não disse nada que não poderia ter sido dito para quem pretende ler o livro.

Mas preciso explicar também que a sinopse, que tanto me fez querer ler o livro, era, no fim das contas, muito mais empolgante que a história em si.

Não senti empatia por quase personagem nenhum. Não curti muito a protagonista Heather e não gostei nada de Amy. Das três amigas, só gostei de Constance, que era a mais sensata e realista da história.

Não fui muito com a cara de Jack, mas fui com a cara do amigo dele, Raef. E acabei shippando um casal secundário e não o principal.

Para que eu shippe ou curta um casal que inicia sua história brigando e discutindo, no estilo O cravo e a rosa, tem que ser uma discussão que, no mínimo, faça sentido, seja inteligente e que, no caso de personagens adultos como neste livro, seja madura.

As discussões entre Heather e Jack não são assim. São cansativas, imaturas e inúteis. Começam por uns motivos que não entendo e terminam de uma forma que eu pensava: Aff.

A viagem deles pela Europa não tem nada de excepcional. Não daquela forma que te deixa sedento de vontade de conhecer o lugar, como eu costumo ficar.

O segredo de Jack é óbvio e tudo o que acontece entre o casal, assim como o desfecho, para mim, foi tão morno quanto todo o resto.

O único momento realmente sensível do livro e que me levou às lágrimas foi um episódio com o gato de Heather, que é mencionado poucas vezes na história. Isso para vocês terem uma noção do tanto que a história me emocionou.

Um ponto positivo do livro são as referências a livros clássicos, sobretudo de Hemingway, autor de O sol também se levanta. Em relação às referências, não teve como não ficar curiosa para conhecer os livros que a personagem menciona. Mas foi só isso.

Mais uma vez, não digo para não lerem o livro. Afinal, como sempre, a experiência de ler um livro é única. Resta a mim esperar que a de vocês seja muito melhor que a minha!

Adicione ao Skoob!

Avaliação (1 a 5): 








          Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de setembro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO