target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Lua Negra - Laura Elias

>>  sexta-feira, 20 de agosto de 2010


ELIAS, Laura. Lua Negra. São Paulo: Mythos Editora, 2010. 192p. (Red Kings, v.2)

“Eu contava os dias, até que a ajuda veio de forma inesperada e me colocou frente à frente com aquela em cujas mãos reside o destino de todos nós...”

O segundo volume da Trilogia Red Kings da brasileira Laura Elias “deu um banho” em muita trama famosa do mesmo estilo, um romance sobrenatural com muita ação, cheio de personagens inesquecíveis e cenas de tirar o fôlego. Se você ainda não conhece a saga confira a resenha do primeiro volume AQUI.  Agora veja o que te espera em Lua Negra

Megan e Bill estão juntos e isso é tudo que importa. Todo o seu mundo gira em torno do seu desejo por Bill, por seus beijos, por seus abraços, pelos seus olhos que a fazem queimar de desejo. Com toda a ousadia de uma adolescente de 17 anos, ela o quer por inteiro, sem reservas e sem limitações. Ele teme o que pode acontecer.

Bill e Megan carregam a força de um amor imortal. Bill não consegue explicar o tamanho de seu amor por aquela jovem garota e sabe que tem muita coisa por trás disso, um passado que ele esconde, uma dor que carrega sozinho, culpa. E ainda por cima, ele tem medo do que foi obrigado a fazer. Para salvar Meg da Morte, Bill deu a ela uma grande quantidade de seu sangue e isso terá consequências. Meg está mudando e está apavorada com o animal selvagem que surgiu dentro dela.

Enquanto isso a cidade passa pelo pior inverno de sua história e aparentemente o vento e a neve não são fenômenos naturais. Um grande mal se aproxima da cidade, uma força ancestral com propósitos desconhecidos, mas capaz de destruir toda a raça dos rovdyrs. Para enfrentar o que vem pela frente, eles precisam superar rixas do passado e fazer estranhas alianças, que juntam novamente Bill Stone e Simon Blackwell, os dois já disputaram o amor de Meg e agora precisam se unir mais uma vez. 

O passado sombrio que todos carregam irá colocar frente a frente antigos inimigos e nem todos irão sobreviver. Destinos estão traçados, corações serão despedaçados e no centro de tudo está uma humana. Rovdrs, vampiros e metamorfos irão lutar. Um antigo inimigo de Bill está de volta, e ele tem o poder de roubar Meg para sempre.

“Ele apenas me olhou com olhos brilhantes. Tudo em volta era silêncio. Tudo estava em jogo. Eu estava em jogo... Eles viviam no passado, eu no presente.”

O segundo livro superou em muito o primeiro para mim; claro que Crepúsculo Vermelho tem todo um lado introdutório, de ambientação e apresentação, mas mesmo assim eu não esperava me surpreender tanto. A história é cheia de revelações, reviravoltas e muita ação e isso dura do primeiro ao último capítulo. 

O clima de romance está sempre presente, nas lindas músicas citadas, nas frases de Bill, na descrição de seus beijos que literalmente param o coração de Meg. Um pouco da origem de tudo isso também é esclarecido e o passado volta com toda a força sobre eles. Surgem então vários novos personagens interessantes, como a vampira Destiny, Hanzi Mare, o belo Christian, e um triste Simon (alguém precisa consolar o coitado \O/ ).

Eu gosto muito de Megan, a protagonista é engraçada, durona e não tem medo de desafios, enquanto todo mundo está surtando, ela leva tudo numa boa. Outra personagem que adorei no livro foi Alice, a amiga tímida de Meg se revela uma grande surpresa. Queria saber mais sobre a história de Alice e de outros personagens secundários que espero que tenham mais destaque no próximo livro.  Acho que a única reclamação que tenho a fazer é que o livro deveria ter umas 100 páginas a mais rs. É tanta coisa que acontece, e eu queria saber mais. 


Tem também algumas cenas inesquecíveis, que eu voltei e li de novo, e agora lembrando delas peguei o livro para dar mais uma espiada...desde Alice dizendo "Para! Eu não gosto que me mordam" e a cara incredulidade de Meg, a cena de Meg entrando na sala e encarando Hanz (está não da pra contar rs) e o pai de Meg todo "como vou explicar isso para sua mãe" adoro! E foi o que me ajudou a respirar aliviada porque o resto é tenso. 

Bom, acho que deu para sentir que amei o livro não é? Ainda espero ver esta série um dia publicada em uma bela edição, com lindas capas e muito destaque. Continuo não gostando das capas e dos títulos, mas a edição deste livro está bem melhor (imagino o Bill muitoooo mais lindo e a Meg sem esta cara de pateta rs).  Enquanto isso não deixem de ler! Todo fã de romance sobrenatural irá amar esta história. Vou ficar morta de curiosidade para ler o próximo, termina tão... leiam e depois me contem ^.^

Laura Elias é a autora de agosto do Viagem Literária. Em breve entrevista com a autora no blog, mas enquanto isso não deixem de participar da promoção e concorra a um Kit com os dois livros. 


E olhem a super promoção que a Laura está fazendo para quem quiser - comprem logo e depois não digam que foi por falta de aviso - adquirir os livros. É só enviar e-mail para contato@lauraelias.com.br  para maiores informações.


Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO