target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Brilhos - Sophia Bennett

>>  terça-feira, 25 de outubro de 2011

BENNETT, Sophia. Brilhos. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2011. 288p. (Linhas, v.2) Título original: Beads, Boys and Bangles.

Crow está vivendo o sonho de todo estilista.
Nonie fisgou a atenção de um garoto maravilhoso.
Jenny ensaia agora para sua nova peça.
Edie, porém, está com problemas...

Se você gostou de Linhas, o primeiro livro da trilogia, vai gostar também de Brilhos. O segundo livro mantém as boas características do primeiro: um teen chick-lit leve e divertido e com um quê de contos de fada. A história é linda e emocionante, conheça Brilhos de Sophia Bennett.

Brilhos continua narrando a grande aventura das meninas no mundo da moda e da fama. O livro fala de moda, glamour, responsabilidade e principalmente de valores sociais e ajuda ao próximo. Se você ainda não Linhas esta resenha pode conter spoilers.

“Os seguranças fazem que sim com a cabeça. Eles são grandes, de aparência assustadora, e provavelmente vão ficar bem. Nós somos pequenas, adolescentes e estamos desarmadas. Estou tentando lembrar por que resolvi trabalhar com Crow. Ou por que achei que lançar uma coleção high-street seria uma ideia legal. Ou por que não decidi fazer isso quando estivesse a UM MILHÃO DE QUILÔMETROS DE DISTÂNCIA.” P.9

Nonie, Jenny e Edie continuam amigas inseparáveis, mesmo as três sendo tão diferentes. Agora Crow também faz parte deste grupo e está com elas para o que der e vier. Juntas elas terão um novo grande problema pela frente e farão de tudo para encarar de frente as dificuldades.

Nonie continua apaixonada por moda, glamour e roupas. Seus looks são sempre os mais improváveis possíveis e são vistos como fashion – não entendo nada de moda mesmo. E agora como empresária de Crow ela precisa saber o que vestir, o que falar e como se comportar. Fora isto ela ainda tem a escola, os problemas das amigas, do irmão e uma nova paquera para se preocupar.  Um bailarino alto e lindo, a cara do Robert Patterson que parece estar muito interessado nela.

Jenny está tentando dar a volta por cima depois de seu desempenho desastroso em seu último filme, tentando superar as críticas cruéis das revistas e jornais e achar um papel que possa realmente se destacar. A nova oportunidade é em uma peça teatral e ela estava muito empolgada, até ter de volta ao seu lado a bruxa que roubou seu quase namorado.

Edie está arrasando com seu site, virou referência entre os blogs éticos e tem tantas visitas que vive fora do ar. Porém um escândalo pode destruir não só sua reputação como blogueira, como a carreira de Crow e da empresa para a qual trabalham. E agora ela precisa descobrir a verdade, será que é mesmo possível que pequenas crianças da Índia estejam sendo exploradas e que as roupas de Crow sejam feitas com trabalho infantil escravo?

Crow tem a vida que sempre sonhou e ainda seu amado irmão à seu lado. Agora pode criar as roupas que quiser, usar tecidos e acessórios caros em seus modelitos, e imaginação é o que não lhe falta. Porém agora a menina calada que só pensa em desenhar e costurar vai precisar tomar algumas atitudes para ajudar suas novas melhores amigas.

Eu adorei a trama do segundo livro, só não gostei mais do que do primeiro, porque a autora bate demais na mesma tecla no que toca as lições éticas e de valores humanos do livro. Nada contra, mas tratando-se de um YA divertido, fica meio cansativo em alguns momentos.

O enredo é muito criativo, a narrativa é gostosa e você devora o livro até o final. Eu adoro as personagens, a narração de Nonie e o jeito único de cada uma das meninas. Elas são tão diferentes e conseguem ser amigas inseparáveis mesmo assim.

“É assim que continuamos amigas. Ela pode mudar de Salvadora do Mundo para pessoa normal em um segundo. E entende totalmente como meu quase namorado é gato.” P.88

Eu adoro também a mãe e o irmão de Nonie, Harry é um personagem muito legal e garante momentos bem divertidos, além de sempre dar uma forcinha para as meninas. A família de Nonie é a única que realmente tem destaque na história, isso pelo livro ser narrado por ela.

“Detesto quando as mães sabem que as coisas vão acontecer. É uma característica extremamente irritante delas. Deveriam se esforçar para fingir que tudo é uma enorme surpresa.”p.163

Neste segundo volume elas saem da Inglaterra e visitam dois países muito interessantes. Gosto muito das descrições, principalmente porque são focadas em cortes, arte e formas, acho lindo. Para mim a única coisa que falta na série é um mocinho lindo e encantador para uma delas realmente se apaixonar.

Enquanto isso aguardo ansiosamente o próximo volume, esta série é uma delicia. Indicada para todos que gostam de um teen chick-lit, a narrativa é super suave e meninas a partir dos 12 anos já podem se divertir muito com a história. Leiam! Super indico! 

Trilogia Linhas de Sophia Bennett
Site oficial no Brasil: http://www.serielinhas.com.br
  1. Linhas ( Threads)
  2. Brilhos (Beads, Boys and Bangles)
  3. Sequins, Stars and Spotlights.
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO