target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Sou toda errada - Tammy Luciano

>>  quarta-feira, 9 de maio de 2012


LUCIANO, Tammy. Sou toda errada. Rio de Janeiro: Imprimatur, 2009. 132p.

 “Eu precisava apenas de um telefonema, mas ele não me ligava. Era difícil seguir meu dia a dia. Mesmo que as pessoas próximas tentassem ajudar, avisando que ele não era tudo isso, que eu não precisava ter um namoro assim, era rica, bonita e com capacidade de virar qualquer página, eu continuava sofrendo. Poder comer no melhor restaurante da cidade ou aparecer em uma foto de coluna social não era resposta para os meus questionamentos. Eu o queria. Ele. Todo o resto não era ele.” p.21

Não me lembro de já ter lido algum livro parecido, que eu possa comparar com a narrativa e o enredo criados pela Tammy Luciano. Sua protagonista não conquista o leitor em nenhum momento, mas esta nunca foi sua função. A narrativa é forte, angustiada, chocante. O final é muito diferente do que eu esperava, a sensação é de passar alguns momentos na cabeça de uma pessoa mentalmente perturbada. Confiram o que espera por vocês em Sou toda errada, da brasileira Tammy Luciano.

Mila é jovem, rica e vive uma vida fácil como qualquer patricinha da zona sul. Filha única de pai rico, cartão de crédito ilimitado, muitas idas ao shopping, muitos amigos, baladas e uma faculdade de letras como ocupação. Mila tem orgulho da vida que leva e aproveita ao máximo os recursos disponíveis.

A moça que sempre teve tudo o que quis, envolve-se em uma relação nada saldável quando conhece Neco. Possessiva, ciumenta e completamente apaixonada Mila faz as maiores loucuras para ficar sempre ao lado de seu amor. Um namoro cheio de brigas, loucuras e ciúmes doentios. Com muitos términos e reconciliações. Mas quando ela menos esperava, Neco termina tudo, definitivamente.

Claro que Mila não vai aceitar tão fácil este adeus e não para de pensar em seu ex por um minuto do dia. Tece teorias de como ele vai voltar implorando seu perdão, observa sua vida de longe, de perto, liga milhões de vezes, finge que não está nem ai. As compras, os amigos, a faculdade, nada disto importa.

Certa que irá reconquistá-lo se envolve em várias loucuras, mentiras e manipulações. Ela sabe que ele vai voltar. E se não for dela, também não vai aceitar que ele fique com mais ninguém.

“Mauro e meu ex. Os dois dançavam na minha frente. Atrás deles, os homens cabeça de nabo, sem nome, com quem eu tinha trepado sem culpa. Todo sexo é trepada. Até aqueles mais puros. Beijo pode ser amor. Trepar é trepar, não é amor. Não combina. Eu podia trepar com qualquer pessoa, estaria sempre na cama com meu ex. “ p.48

~~~~~

Eu já tinha ouvido muitos comentários sobre este livro, lido muitas resenhas, sabia que Mila era louca, que eu não iria gostar dela e mesmo assim me surpreendi muito com o livro. Há muito tempo ele estava na fila de leitura, mas agora com o lançamento do outro livro da autora, Garota Replay, resolvi ler logo os dois juntos a título de comparação.

Mila é a protagonista mais politicamente incorreta que eu já vi em um romance, você não vai gostar dela, não vai torcer por ela e vai ficar de queixo caído a cada nova loucura que ela apronta. E mesmo assim você vai ficar grudada na historia até o fim. No início ela me lembrou um pouco da Joana de Perseguição digital, mas ninguém se compara realmente com a Mila rs; fora que a Joana era a louca do tipo boazinha, a Mila deixa bem claro que de boa ela não tem nada, que ela mente sim, que desonesto é o mentiroso não assumido. Neco é um idiota, mas também pela narrativa em primeira pessoa não consigo saber mais dele do que pelos olhos da Mila.

Eu não imaginava como a historia de Mila iria terminar, mas sempre imaginei que boa coisa não iria acontecer, dadas as atitudes da moça. No meio disso tudo aparece um cara legal, que pode ser a solução dos problemas de Mila, mas ela não enxerga Mauro, prefere a sombra do Neco.

O livro é assim, uma viagem na mente louca de Mila, com sentimentos intensos e desdobramentos malucos. Mas o final para mim foi insuficiente, imagino que tenha sido a intenção da autora, mas eu queria saber mais. Queria saber o que aconteceu com cada um deles, ela diz “Às vezes é preciso morrer na vida de alguém para permanecermos vivos” e eu pensava “nãooo, eu quero saber o que acontece agora”.

Gostei muito da escrita da Tammy e indico o livro para quem gosta de uma leitura diferente, que fuja do comum. Eu daria 3,5 se o Skoob deixasse rs, minha nota não foi maior porque para mim o livro podia ser maior e com um final mais elaborado. Leiam!

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO