target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Anaíd e o deserto de gelo - Maite Carranza

>>  terça-feira, 12 de junho de 2012

CARRANZA, Maite. Anaíd e o deserto de gelo. São Paulo: Mundo Editorial, 2011. 352p. (Guerra das Bruxas, v.2). Título original: El desierto de hielo.



Eu adoro bruxas e esta trilogia está entre os meus preferidos do tema, se você ainda não conhece, confira a resenha de Anaíd e o clã da loba. Eu amei o primeiro livro e aguardei ansiosamente o lançamento da continuação, hoje vocês vão conhecer mais sobre esta historia em Anaíd e o deserto de gelo da espanhola Maite Carranza.


As bruxas são divididas entre boas e más, entre Omar e Odish. As Omar, mortais e bondozas, têm uma boa relação com a natureza; as sanguinárias Odish são imortais, estéreis e poderosas. A luta entre Omar e Odish vem do início dos tempos e dura até os dias atuais.

Anaíd tinha 14 anos quando a historia se inicia, foi criada pela mãe e pela avó descobre que Selene, sua mãe, está desaparecida e não sabe o que fazer para encontrá-la. A menina pequena, magra e que sempre se viu como um patinho feio, tem então uma revelação surpreendente; ela é uma bruxa, e precisa desenvolver seus poderes para ajudar sua mãe. Uma profecia, um destino a ser cumprido e uma guerra milenar mudam a vida desta jovem bruxa.

A partir daqui contém spoiler para quem não leu o primeiro livro da trilogia.

Anaíd agora está prestes a completar 15 anos, vive ansiosa com os preparativos para sua primeira grande festa e tenta esquecer por um segundo que é a eleita, aquela de quem a profecia falava. Mas a profecia é real, e agora as bruxas Omar esperam que a eleita, a menina dos cabelos de fogo, acabe de uma vez com as maldosas Odish. 

Anaíd está apaixonada e só consegue pensar em Roc, seu amigo desde criança. Mas ela esquece dos perigos que estão à espreita, esquece o quanto as Odish são ardilosas e acaba tendo que fugir com sua mãe.

Ao longo desta viagem Selene resolve contar para sua filha sobre sua juventude louca, sobre como tudo começou até o nascimento de Anaíd. A menina quer saber quem foi seu pai, quer saber sobre a profecia, mas Selene vai contar tudo desde o início... contar como Anaíd nasceu em uma terra de gelo, em como foi amamentada por uma ursa e dos perigos que ainda irão enfrentar.

Voltamos ao passado e acompanhamos uma Selene de 17 anos, quando vivia com duas amigas e frequentava a faculdade de jornalismo. Uma Selene impulsiva e rebelde, que se afastou das Omar e pagou um preço caro por isto. Uma Selene que amou loucamente e que fez de tudo por este amor. Anaíd descobre que sua mãe nunca quis ser uma bruxa, de como ela tentou ser apenas uma humana e as consequências destes atos.

~~~~~

Anaíd é uma personagem encantadora, e eu gostei tanto deste livro quanto do primeiro. Mesmo Anaíd ficando um pouco em segundo plano neste volume, a historia de Selene é cheia de encantos e mistérios. Muita coisa ficou aberta no final do primeiro livro e aqui vamos desvendando todos os segredos.

A menina que cresceu como uma pária, sem amigos e sem encantos, de repente se tornou a Eleita, aquela que pode por fim a guerra entre as bruxas. Acompanhar o crescimento da personagem torna a leitura ainda mais interessante, a protagonista é uma pessoa simples e cheia de dúvidas, a menina Anaíd é apaixonante.

Por outro lado, neste livro Selene rouba a cena e viajamos para um passado distante, voltamos para a adolescência da mãe de Anaid e muitos segredos são finalmente revelados.

A narrativa da Maite Carranza é adulta e bem construída, o ritmo é agradável e a evolução muito bem trabalhada. Não tive momentos de tédio, diálogos cansativos ou cenas em excesso, o livro é todo muito interessante. 

Esta é minha historia juvenil de bruxas favorita por enquanto, espero que não demorem muito a lançar o final da trilogia. Quem gosta do estilo eu indico muito estes livros, e acredito que se tivessem saído por uma Editora grande e famosa, os livros já estariam no top de vendas. Vale muito a pena, leiam!

Trilogia A guerra das Bruxas
  1. Anaíd e o Clã da Loba (El clan de la loba)
  2. Anaíd e o Deserto de gelo (El desierto del hielo)
  3. La maldición de Odi  (Ainda não lançado no Brasil)
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO