target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Cinquenta tons de liberdade - E L James

>>  sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

JAMES, E. L. Cinquenta tons de liberdade. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2012. 544p. (Fifty shades, V.3). Título original: Fifty shades freed.

“- Você fez meu mundo virar de cabeça para baixo. – Ele fecha os olhos, e, quando os abre novamente, vejo que estão tomados pela emoção. – Meu mundo era organizado, calmo e controlado. Aí você entrou na minha vida, com essa sua boca afiada, a sua inocência, a sua beleza e a sua coragem discreta... e todo o resto, tudo antes de você simplesmente ficou bobo, vazio, medíocre... nada.”p.479

CONTEÚDO ADULTO! A frase acima se parece “um pouquinho” com Twilight não? hehe. E, finalmente, terminei a trilogia mais falada do momento, depois de infindáveis olhos revirados, mordidas no lábio e muitos “estamos aqui para satisfazer”... a MINHA deusa interior deve estar revoltada por eu ter persistido e chegado ao final do terceiro livro... ao mesmo tempo que sofre de saudades do Grey. Hoje vou falar de Cinquenta tons de liberdade da E L James.

Se ainda não leu confira a resenha de Cinquenta tons de cinza e Cinquentatons mais escuros.

Anastasia Steele, é agora oficialmente Anastasia Grey. A moça em pouquíssimo tempo conquistou o coração do rico e complicado Christian Grey. Os dois partem em uma longa lua de mel antes de começar uma nova vida como marido e mulher. A família de Christian mal consegue acreditar em como ele mudou, em como Ana conseguiu fazer com que ele se abrisse e ficasse mais próximo das pessoas que o amam.

Ela quer continuar com sua carreira como editora e tentar levar uma vida razoavelmente normal. Ele, como sempre quer controlar tudo, cada passo de sua esposa. Muito do medo de Christian vem das ameaças que andou sofrendo. Alguém derrubou seu helicóptero e quase o matou; depois invadiram e incendiaram uma parte do seu escritório. Uma pessoa perigosa está por perto, e quer ferir quem Christian mais ama.

Nos bastidores Kate continua namorando com Elliot e está cada dia mais apaixonada, e Mia pretende conquistar o coração de Ethan. José continua sozinho e com sua única missão de sonhar com Ana.

Eles correm perigo, os fantasmas de Christian sempre voltam para assombrá-lo. Ana precisa ser forte, ambos precisam abrir mão de algumas coisas para fazer com que a relação dê certo. E, então, quem sabe, viverem felizes para sempre.

~~~~~

O segundo livro foi o que eu gostei mais na trilogia, tirando todas as repetições, vícios de narrativas etc, que já ficaram repetitivos até nas resenhas rs.  E este para mim foi, decididamente, o mais chato. Não sei se foi porque li o segundo e o terceiro quase juntos, mas eu não aguentava mais as cenas repetitivas. Nem as cenas sexuais tem mais graça, era tudo tão mais do mesmo e tão chato. Tirando que Anastasia começa a gostar de um chicotinho, não tem nada de novo.

O bom foi terminar de desvendar todos os mistérios, descobrir tudo sobre o passado de Christian e sobre o grande “vilão” da historia. E esta parte do vilão e tal foi totalmente tosca, o final muito corrido e sem grandes explicações sobre o passado do tal vilão. 

De positivo o livro tem um final redondinho, com direito a epílogo, trechos narrados por Christian, o capítulo da entrevista que inicia o primeiro livro narrado por ele e até uma parte de Christian na infância - recém adotado pelos Grey.

Sinceramente não tem muito mais o que falar, eu gostei de ter lido porque senão estaria curiosa até hoje de tanto que todo mundo fala, e além disso, mesmo com todos os problemas eu gostei da historia. Mas acho que para aguentar você tem que ler 1 por ano, para não enjoar rs. Leiam mesmo assim, só para ver a calça jeans rasgada do Christian de novo e de novo... ^^

Trilogia Fifty Shades da E. L. James
  1. Cinquentatons de cinza (Fifty shades of Grey)
  2. Cinquenta tons mais escuros (Fifty shades darker)
  3. Cinquenta tons de liberdade (Fifty shades freed)
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO