target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Uma carícia do crepúsculo - Laurel K. Hamilton

>>  quarta-feira, 13 de março de 2013


HAMILTON, Laurell K. Uma carícia do crepúsculo. Rio de Janeiro: Rocco, 2012. 352p. (Meredith Gentry, v.2). Título original: A caress of twilight.

“Observei Kitto penetrando no meu corpo, a pele dele começou a brilhar, branco e perolado. Kitto enfiava em mim seu pênis brilhante como se todo ele fosse feito de luz, e isso não era glamour. Minha pele também brilhava, ali deitada embaixo dele. As cores começaram a dançar por baixo da pele dele, eram arco-íris rodopiando dentro do seu corpo, chegando a superfície da pele feito fogos de artifício avistados através de água cristalina.” p.248

ROMANCE SOBRENATURAL ADULTO. Com uma moral duvidosa e repleta de erotismo, a série Meredith Gentry é uma delícia para quem curte um sobrenatural adulto e diferente. Quem acompanha a série Vampire Hunter – Anita Blake caçadora de vampiros já sabe o que esperar da autora neste quesito. Hoje vou falar do segundo volume da série, com Uma carícia do crepúsculo da Laurell K. Hamilton.

Pode conter spoilers se você não leu Sedução profana.


No primeiro livro ficamos conhecendo Meredith NicEssus, princesa da corte profana no Reino dos Encantados. Merry tentou assumir uma nova identidade e fugir daquele mundo, onde ela sempre era vista como mestiça, nunca como uma deles. E durante 3 anos ela viveu no mundo mortal, escondida e trabalhando como investigadora de casos sobrenaturais, até que foi encontrada e levada de volta a corte profana. A rainha Andais tinha um pedido inusitado, declarar Merry sua herdeira junto com seu filho, o príncipe Cel, aquele que reproduzisse primeiro seria o herdeiro legítimo do trono da Corte profana. Agora Merry tinha seu guardas, e precisava gerar um filho com um deles, o mais rápido possível.

Merry volta para o mundo mortal e continua trabalhando na Agência de Detetives Grey, mas agora ela tem seus guardas sempre com ela. Doyle, a escuridão da rainha; Frost, o matador; Rhys, seu grande amigo; Galen, sua paixão de adolescência que encontra-se impossibilitado de dividir a cama com ela depois que foi atacado pelas semifadas e Nicca, o mais dócil dos guardas. Junto com eles está o duende Kitto, que faz parte do acordo para uma aliança com o rei duende.

Com exceção de Galen e de Kitto – que se contenta com sangue e carne – todos eles compartilham a cama de Merry, todos sabem que precisam engravidá-la para fugir da ira da rainha, e assim eles fazem uma escala, cada um tem sua noite com a princesa. E que noites!

"-Você ainda não entendeu, Doyle? Se não conseguirmos engravidar Merry, voltaremos a ser os brinquedinhos de Andais, seus brinquedinhos negligenciados. Acho que não ia suportar isso de novo, Doyle. - Ele sacudiu Doyle um pouco. - Não posso voltar para aquilo, Doyle, não posso!" p.274

O novo trabalho de Merry será com uma famosa atriz de Hollywood, antigamente conhecida como a deusa de Conchenn. Maeve Reed deseja ter um filho com seu marido humano, e para isso pede a Merry que realize um ritual de fertilidade. Enquanto isso, misteriosos assassinatos deixam o Departamento de Polícia em polvorosa, e a agência de detetives sabe que tem algo sobrenatural relacionado aos crimes.

Além de enfrentar a perigosa Andais, agora Merry está envolvida em vários jogos políticos; precisa da aliança dos duendes, da ajuda das semifadas para curar Galen, e terá que lidar também com Taranis, o Rei da Luz e da Ilusão, rei da corte abençoada, onde também vive sua mãe. Merry teme Taranis mais até do que Andais, e não pretende se envolver em suas artimanhas.

Agora ela precisa enfrentar todos estes novos perigos, enquanto a noite, sacia seu desejo e tenta produzir um herdeiro com todos os seus guardas.

~~~~~~~

Ufa, como esta protagonista tem ânimo para dar conta destes guardas todos rs? Homens que ficaram séculos pertencendo somente a rainha, décadas sem estar com mulher alguma e que, digamos, tem muito amor para dar. Apesar da "tarefa árdua" de Merry as cenas sexuais não são vulgares e nem são inseridas sem contexto na trama. As cenas são bem hots e interessantes, o lado erótico da trama é muito bom.

Claro que a historia é politicamente incorreta, são vários parceiros, vários seres diferentes e todos eles muito sexuais. Laurell K. Hamilton geralmente trabalha com sobrenaturais diferentes e bem mais sensuais, voltados mesmo ao publico adulto. 

Outra coisa interessante de se acompanhar são as intrigas políticas, você nunca sabe os que os governantes estão planejando, e de onde vem o próximo golpe. Merry está mais inteligente e cuidadosa, e sabe como lidar com todos estes seres. E ela precisa mesmo ser assim, até entre seus guardas ela vive tendo que abafar conflitos, a maioria deles sobre sua companhia na cama.

Neste volume acontece coisas bem interessante e o final foi demais, me deixou curiosa para saber o que vem no próximo volume. Todos os livros tem um final, a trama principal se resolve, mas a autora deixa também fatos que podem ser explorados nas sequências.

Se você gosta de literatura mais erótica e de sobrenatural esta série é imperdível. Leiam!

Série Meredith Gentry da Laurell K. Hamilton
  1. Sedução profana (A Kiss of shadows)
  2. Uma carícia do crepúsculo (A caress of twilight)
  3. Seduzida pelo luar (Seduced by moonlight)
  4. A stroke of midnight (Os demais ainda não lançados no Brasil)
  5. Mistral’s Kiss
  6. A lick of frost
  7. Swallowing darkness
  8. Divine misdemeanors.
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO