target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Magia roubada - Mary Jo Putney

>>  terça-feira, 23 de abril de 2013



PUTNEY, Mary Jo. Magia roubada. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 2012. 490p. (Os guardiões, v.2). Título original: Stolen Magic.



“- Durma bem minha donzela guerreira.
Ela sacudiu o braço e uma luz dourada saiu da palma de sua mão. Enquanto a esfera luminosa flutuava até Simon, cintilando de promessas Meg murmurou:
- Vou sonhar com você, meu lorde caçador. E, amanhã, caçaremos juntos.” p. 441

A série Os guardiões são romances históricos que se passam na Inglaterra do século XVIII, os romances têm um toque de fantasia e cenas hots. Cada livro da série tem como foco um casal diferente, e por isso apesar de pequenas citações sobre o casal anterior, são livros bem independentes, que podem ser lidos fora da ordem – embora eu não goste rs – caso o leitor assim prefira. Hoje vou falar sobre o segundo volume da série com Magia roubada da Mary Jo Putney.

Não contém spoilers, mesmo para quem não leu o livro anterior.

Três anos haviam se passado desde o último levante Jacobita, a paz havia sido instaurada e a Inglaterra estava voltada para inventos e descobertas, no período que precede a Revolução Industrial.

Simon Malmain, o conde de Falconer, é o melhor amigo de Duncan Macrae – protagonista de Um beijo do destino – e o guardião com o cargo de fiscal-chefe do Conselho dos Guardiões. Os Guardiões são humanos dotados de capacidades mágicas únicas - coisas como controlar as forças da natureza, ler as energias das pessoas, prever o futuro, dentre outros dons. Mas grandes poderes, vem com grandes responsabilidades, e nem todos os guardiões usam a magia de forma correta. Simon supervisiona o uso do poder de forma indevida. Ele tem uma nova missão, e parte confiante para confrontar seu novo alvo.

Lorde Drayton estava sob observação há algum tempo, Simon tem certeza que Drayton usa a magia de maneira desonrosa e que precisa ser detido. A missão de Simon é confrontá-lo, tirar seus poderes a força e o levar para ser julgado pelo Conselho. O confronto não ocorre como ele esperava, e Simon é vitima de um terrível feitiço de transformação.

O conde agora foi capturado e não consegue usar seus poderes, Drayton pretende matá-lo e roubar todos seus poderes.


Meg é uma das servas de Drayton, uma moça feia e com a mente perturbada que vive a vagar pela propriedade e adora cuidar dos cavalos. Meg e de Simon vão se encontrar, e ambos irão descobrir que a magia de Drayton é mais maligna e poderosa do que se podia imaginar.

~~~~~

A orelha do livro conta muito mais sobre a historia, mas achei que era melhor deixar a melhor parte para o leitor descobrir durante a leitura, e também não queria contar spoilers para vocês.  

Achei o enredo deste livro bem melhor do que do anterior, tem toda aquela coisa de luta do bem contra o mal, o Lorde Drayton é um ótimo vilão e a historia tem mais confrontos, lutas mágicas  e bem mais aventuras.

Já quando se fala dos personagens, apesar de ter adorado Simon e Meg individualmente; como casal eu prefiro os protagonistas de Um beijo do destino. Não senti grande química entre eles, parece que o relacionamento todo começa por mera conveniência. As cenas hots aqui são menos intensas, apesar disso eu gostei da abordagem.

Achei Simon um herói bem furado, ele promete, promete, mas acaba sendo superado pelo vilão em todos os momentos do livro. A parte da heroína fica com a mocinha, que apesar do estereótipo – boazinha demais, inocente demais, poderosa demais -, consegue cumprir bem seu papel.

A autora escreve bem, não costumo ler muitos romances históricos, mas gostei da abordagem da série. O romance não é tão pedante nem cai de paraquedas para o leitor, o enredo tem muita coisa acontecendo e vários personagens tem destaque na historia. E a parte de magia é ótima, são muitos poderes e duelos mágicos interessantes. Neste livro tem toda uma parte de treinamento e aprendizado também, achei que ficou extenso , mas o assunto é interessante.

O próximo livro será protagonizado pela irmã de Duncan, Jean; estou curiosa para saber como será a historia da primeira protagonista feminina. Para quem gosta de romances adultos com um toque de magia eu indico a leitura. Leiam!

Séries Os guardiões de Mary Jo Putney
  1. Um beijo do destino (A Kiss of fate)
  2. Magia roubada (Stolen magic)
  3. A distant magic (Ainda não lançado no Brasil)
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO