target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O discípulo de Las Vegas - Ian Hamilton

>>  sexta-feira, 7 de junho de 2013

HAMILTON, Ian. O discípulo de Las Vegas: Uma aventura de Ava Lee. São Paulo: Editora Saraiva, 2012. 368p. (Ava Lee, v.2). Título original: The disciple of Las Vegas.

“- Estão faltando 50 milhões de dólares ou mais nos cofre de nossa companhia, e a assinatura de Philip está em todos os documentos. – Ele tomou o resto do conhaque de uma só vez e olhou para Ana. – Descubra o que aconteceu, por que aconteceu e encontre o máximo de dinheiro que puder.” p.54

 Na resenha de hoje vou falar sobre o segundo volume do thriller contábil, Ava Lee. A série é inteligente, ágil, cheia de ação e tem uma protagonista bastante incomum. Vamos ver como continua com O discípulo de Las Vegas do Ian Hamilton.

Os livros são independentes e a resenha não contém spoilers do volume anterior, caso queira conheça O rato de Wanchai.

Bela e inteligente, ninguém desconfiaria que a contadora Ava Lee pudesse levar uma vida dupla. Especialista em negócios financeiros, Ava usa seus talentos para cumprir suas missões – recuperar dinheiro extraviado de seus clientes. Ela tem uma mente aguçada, é perita em artes marciais e não tem pena de seus oponentes.

Pronto para fornecer os recursos necessários para cada missão está seu sócio, que ela chama de Tio. Jovem, rica, magra e de aparência frágil, Ava geralmente não representa uma ameaça para seus inimigos, e este é o primeiro passo para recuperar o dinheiro.

Ao voltar de um caso que lhe deixou com enormes manchas de contusões por todo o corpo, Ava só quer descansar. Mas Tio logo avisa que eles têm uma nova missão, e desta vez a grana extraviada está em torno de 50 milhões de dólares. O milionário filipino Tommy Ordonez precisa recuperar o dinheiro que foi perdido, aparentemente em uma transação imobiliária malsucedida. E além do dinheiro muita coisa está envolvida, o homem acima de tudo quer manter a reputação e sua família está à beira do desastre.

Ava parte no rastro do dinheiro desaparecido, de Montreal para as Filipinas, de volta aos EUA e de lá para Las Vegas. Ava descobre que uma rede de jogo de Poker Online está envolvida no desaparecimento do dinheiro. Nem todos os envolvidos são exatamente amigáveis, Ava vê sua vida correndo perigo e precisa agir contra o tempo.

~~~~~~~~~~~~

Ava Lee não prende bandidos, ela vai atrás do dinheiro perdido. Mas com isso, acaba enfrentando os bandidos! ^^ E ela é capaz de tudo para conseguir o que precisa, mente, usa identidades falsas, chantageia, espanca, negocia, troca sorrisos e informações. Ava usa de sua astúcia, de sua inteligência, e se preciso, de sua força física. Outra coisa que acho muito interessante é que Ava tem origem chinesa, e ela explica muito sobre tradição e honra em sua cultura. O livro é cheio de viagens pelo mundo, uma busca alucinada por pistas e muita ação. 

Adorei a receita, e gostei deste livro ainda mais do que do primeiro. Ava tem um lado muito fechado, ela não está preocupada com romance - e me diverto quando ela dispensa os homens contando que é gay-, mora sozinha e vê sua família esporadicamente, embora mantenha contato diariamente com a mãe por telefone/e-mail. Obviamente nenhum deles sabem o que ela faz de verdade para viver, para todos ela é apenas uma contadora. Gosto do jeito pouco usual da protagonista, ela não é uma boa mocinha, então se você gosta apenas de historias politicamente corretas, este não é um livro que irá curtir. Agora se você é fã do jeito Jack Bauer de ser... e não se importa com uma pequena sessão de tortura desde que o objetivo seja alcançado, este livro é uma delícia!

Uma coisa continua me incomodando, o excesso de propaganda no livro todo. Em apenas uma frase o autor conta que Ava só bebe café instantâneo Starbucks, usa uma maleta Double Happiness e seu traje de corrida Adidas. E ele repete estas marcas toda vez que a moça toma um café aff.

Ava Lee é uma leitura despretensiosa e divertida. É mais ou menos como um filme de ação, leitura rápida e muito gostosa. E como os livros são independentes podem ler fora da ordem e não precisam se preocupar com o fato de ser série, você só continua se quiser. ^^ Leiam!

Série Ava Lee do Ian Hamilton
  1. O rato de Wanchai (The water rato of Wanchai)
  2. O discípulo de Las Vegas (The disciple of Las Vegas)
  3. The wild beasts (Os demais ainda não lançados no Brasil)
  4. The red pole of Macau
  5. The Scottish Banker of Surabaya.
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO