target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Sem você não é verão - Jenny Han

>>  quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

HAN, Jenny. Sem você não é verão. Rio de Janeiro: Editora Galera Record, 2012. 304p. (O verão que mudou minha vida, v.2) Título original: It’s not Summer without you.

“Mas, na verdade, tudo isso só fez com que aquela noite magnífica de dezembro ficasse ainda mais incrível. Conrad e eu voltamos para Cousins, só nos dois. Noites perfeitas acontecem tão raramente, mas aquela foi. Perfeita, quero dizer. O tipo de noite pelo qual vale a pena esperar.
Fico feliz por ela ter acontecido.
Porque em maio estaria tudo acabado.” p.21

Uma das melhores séries YA de romance. O primeiro livro é um vento no rosto em uma tarde de verão, com personagens adolescentes bem reais descobrindo a vida e o amor em uma historia linda, triste e verdadeira. Hoje vou falar da continuação com Sem você não é verão da Jenny Han.

Em O verão que mudou a minha vida ficamos conhecendo Belly e os irmãos Conrad e Jeremiah. Desde que nasceu Belly, sua mãe e seu irmão Steven passavam o verão na casa de praia da melhor amiga de sua mãe, Suzannah. Belly era a mais nova, então ficava sempre correndo atrás dos três meninos querendo participar das brincadeiras. Mas neste ano ela cresceu, não é mais uma criança, e os meninos a olham com outros olhos. Agora com 16 anos ela sabe que este pode ser o último verão que todos estarão juntos, depois tem a faculdade e Conrad deve ir para longe. Ela que sempre teve uma paixonite pelo filho mais velho de Suzannah tem uma chance de fazê-lo olhar para ela, então quem sabe... Mal sabia ela que no próximo verão tudo seria muito diferente, e muito triste.

A partir daqui contém spoilers para quem não leu O verão que mudou a minha vida, confira a resenha do primeiro livro.

No ano anterior todos os sonhos de Belly se realizaram, um verão perfeito em Cousins, Conrad sorrindo para ela daquele jeito, aquele beijo. Ela fez uma escolha, pelo menino que sempre amara. Jeremiah era seu melhor amigo, mas tinha se declarado para Belly. Este ano tudo estava diferente.

O câncer de Susannah tinha voltado e Conrad deixou de se importar com tudo e com todos. Jeremiah estava distante, Laurel – mãe de Belly – vivia para cuidar da melhor amiga. O verão sempre fora a temporada de Belly, agora se tornara a estação mais triste do ano.

Era o último ano de Belly no colégio e ela sonhava que Conrad voltasse da faculdade para acompanhá-la ao baile. Apesar dos momentos perfeitos, ela não sabia se Conrad era um amigo ou um namorado. Ao mesmo tempo Jeremiah começa a namorar, mas a doença da mãe deixa o garoto dividido. E ainda tem seus sentimentos por Belly, ele não se conformava por ela olhar com tanto amor para o irmão. 

~~~~~~

A narrativa alterna presente e passado, então não da para contar muito mais do enredo, o melhor é descobrir tudo que aconteceu durante a leitura. A autora tem uma delicadeza enorme para falar de assuntos difíceis, e foi uma leitura tão deliciosa que eu me surpreendi.

Os personagens são muito queridos. Belly como qualquer garota de sua idade, ainda é um pouco imatura. Ela é apaixonada pelo irmão mais velho Conrad, mas aparentemente, é Jeremiah que gosta realmente dela. Mas não é um triângulo como vemos em tantos livros, ele existe, porém é na verdade a historia de três crianças que cresceram juntas e agora, já adolescentes, estão se vendo de maneira diferente. E tem cada parte tão linda e outras tão tristes, de aquecer o coração.

Outra novidade no segundo volume é que a narrativa se alterna entre Belly e Jeremiah. A leitura foi mais interessante e eu não sei nem para quem eu torço na trama. Conrad é o amor de Belly, distante e misterioso, eu torci muito pelos dois. Mas Jeremiah é o legítimo bom moço e ele merece uma chance também. Ainda não me decidi entre os dois e estou louca pelo último livro.

A autora é muito perspicaz ao desenvolver as relações entre os personagens. Jeremiah e Conrad são muito diferentes, mas são irmãos e se amam e se respeitam. A relação de Belly com a mãe também é muito legal, a forma como ela percebe as qualidades do pai em determinado momento também foi tocante. É uma historia de como o amor une as pessoas e como a perda pode separá-las. E vice-versa.

Virou uma das minhas queridinhas do estilo, não esperava gostar tanto e espero que vocês também conheçam a historia. Um romance juvenil comovente, leiam!

Trilogia Verão da Jenny Han
  1. O verão que mudou minha vida (The Summer I turned pretty).
  2. Sem você não é verão (It’s not Summer without you)
  3. Sempre teremos o verão (We’ll always have Summer).
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO