target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O último dos canalhas - Loretta Chase

>>  quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

CHASE, Loretta. O último dos canalhas. São Paulo: Editora Arqueiro, 2015. 304p. (Scoundrels, v.4). Título original: The last hellion.

“Ela deveria ter se afastado, mas não sabia como resistir ao que tanto desejava, por pior que fosse ceder. Enlaçou o pescoço dele e sorveu cobiçosamente o calor e a raiva selvagens. Como uma bebida perigosa, aquilo disparou através de suas veias, agitando o demônio interior até um jubilo insano.
Não deveria se sentir tão contente, como se fosse ela que o conquistara, em vez de ser conquistada. Mas estava feliz, febrilmente feliz, porque aqueles braços de ferro a esmagavam, moldando-a a ele como se fosse ficar grudada de vez ali para sempre. Era assim que desejava permanecer: como parte dele, como se lhe faltasse um pedaço e ela fosse a única a se encaixar.” p. 134

Depois de ter adorado O príncipe dos canalhas, estava ansiosa para ler outro livro da autora. Os livros são considerados como os volumes 3 e 4 da série Scoundrels, explico isso melhor abaixo. Confiram o que achei sobre O último dos canalhas da Loretta Chase.

Vere Mallory, 34 anos, é considerado o último canalha da família, um dom que vem sendo passado há gerações. Depois de perdas que partiram seu coração, se tornou o novo Duque de Ainswood, mas apenas ignorou o título, as obrigações e seguiu com sua vida de boêmio. Vere não se mete com virgens, nem com damas, e acha que as prostitutas são ótimas e descomplicadas.

Até que conhece uma jornalista endiabrada e completamente maluca. Lydia Grenville, 28 anos, dedicou a vida para ter uma carreira como jornalista, e ser respeitada nela. Garantiu o sucesso da publicação onde escreve e com muito esforço foi construindo uma boa reputação, em uma carreira dominada pelos homens. Lydia defende bravamente suas causas, principalmente quando se trata de abuso de menores e injustiças, e não tem papas na língua.

Os dois se conhecem em um confronto estrondoso, Lydia fica com ódio do maldito e lindo como o diabo, Mallory. Que fica fascinado com a beleza clássica, escondida atrás dos trajes de solteirona.

Os dois se envolvem um jogo de gato e rato. Ela tem missões, reportagens, objetivos. Ele não tem nada para fazer a não ser persegui-la, e o faz de muito bom humor. Ela odeia nobres ricos e ociosos, ele quer uma nova conquista. Eles lutam contra a atração crescente, fazem apostas e se metem em muitas confusões. Resta saber, quem será o primeiro a ceder nesse jogo sedutor.

~~~~~~~

Adorei a leitura, história divertida, tem muito romance, pegação e várias cenas hilárias. Temos também cenas emocionantes, com vilões e acontecimentos dramáticos que prendem o leitor até o final.

Mallory de canalha não tem nada, teve o coração partido pelas perdas familiares e se recusa a amar alguém, mas no fundo é uma ótima pessoa. Lydia é uma mulher a frente do seu tempo, talvez até de forma meio exagerada para a época em que o livro se passa. Os dois juntos rendem muita teimosia, brigas e confusões. Gostei mais dele do que dela, a mulher é teimosa como uma mula e começou a me irritar, mas acabei perdoando porque por trás de todas as chatinhas vinha sempre uma boa causa, algo que perseguia obstinadamente para ajudar alguém.

Comparando os dois livros, ainda prefiro o primeiro, talvez por ter gostado mais da outra mocinha. Mas adorei as duas leituras, esse gênero é uma delicia de se ler. O livro faz parte da série Scoundrels, como citei no início. Considerando a série, os livros lançados no Brasil são o 3 e o 4. Esses dois livros estão bem ligados, o casal do primeiro livro aparece muito aqui e faz sentido lê-los na ordem. Porém, pesquisando sobre a sinopse dos livros considerados 1 e 2 (The lion’s daughter e Captives of the night) não encontrei os protagonistas sendo citados nos livros que li. Se apareceram, é coisa bem rápida, sou meio lerda para essas coisas rs. A Editora Arqueiro informou que os livros são independentes, que o editor da autora juntou e chamou de série, fica a dúvida. Inclusive informaram que a história que acontece no livro 2, se passa depois desse livro, agora é lançar para tirarmos a dúvida rs. Para mim 3 e 4 são definitivamente série, agora 1 e 2 só lendo para saber.

De qualquer forma vou considera-los assim e torcer para que lancem os outros aqui, a autora é excelente. Adoro romances de época, principalmente esses mais malucos, onde muita coisa acontece em pouco tempo e os protagonistas garantem cenas divertidas. Para os fãs do estilo é uma ótima dica, leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Scoundrels da Loretta Chase
  1. The Lion's Daughter (não lançado no Brasil)
  2. Captives of the Night (não lançado no Brasil)
  3. O príncipe dos canalhas (Lord of Scoundrels)
  4. O ultimo dos canalhas (The Last Hellion).
3.5 The Mad Earl's Bride  (não lançado no Brasil)

Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de dezembro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO