target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Anna vestida de sangue - Kendare Blake

>>  segunda-feira, 25 de julho de 2016

BLAKE, Kendare. Anna vestida de sangue. São Paulo: Editora Verus, 2016. 250p. (Anna, v.1). Título original: Anna dressed in blood.

“Penso nela outra vez. Anna. Anna Vestida de Sangue. Que truques ela vai tentar? Imagino se ela será inteligente. Será que vai flutuar? Vai rir ou gritar?
Como ela vai tentar me matar?” p. 25

Tenho evitado um pouco ler YA sobrenatural, as vezes leio as continuações de séries já iniciadas, mas não tenho me animado muito com novos livros. Talvez por já ter lido muito do gênero, acho tudo muito parecido. Mas... essa história me interessou. Tem uma vibe mais sombria, o narrador é um garoto e está sendo bem avaliado pelos leitores. Será? Confiram o que achei de Anna vestida de sangue da Kendare Blake.

Cas Lowood, 17 anos, tem uma vocação incomum: ele caça e mata fantasmas. Isso mesmo, não qualquer alma penada, mas aquelas que ficaram no mundo dos vivos e conseguem se manifestar fisicamente, geralmente, assassinando humanos inocentes de forma caótica e sangrenta. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Cas herdou o dom e a função cedo demais, além do punhal mágico do pai. Sua vida consistia em se mudar de cidade a cidade, caçando a próxima ameaça. Sua mãe, uma bruxa branca, fazia de tudo para apoiá-lo.

Depois de se livrar do mais recente fantasma, Cas tem uma nova missão. Se mudar para Thunder Bay, Ontário, e matar Anna... Anna Korlov, que depois de morta, ficou conhecida como Anna Vestida de Sangue. Ele não faz amigos, não arruma namoradas, tenta não se apegar a ninguém; sabe que não será justo com ele, nem com as outras pessoas. Mas aqui, tudo será diferente.

Ele encontra um fantasma diferente. Uma garota envolta em fúria e maldições, um espírito consciente, algo que nunca viu antes. Ela é forte, muito forte. Ainda usa o vestido que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958, no baile de formatura. Um vestido branco, todo manchado de vermelho e pingando sangue, o sangue da sua garganta cortada, pelo seu assassino que jamais foi encontrado. Ela ficou presa na casa da família, e ainda está lá. Uma casa amaldiçoada, que matou todos que ousaram entrar. Mas por alguma razão ela poupou a vida de Cas. E por algum motivo, dessa vez ele não conseguiu evitar se aproximar das pessoas.

E agora, com a ajuda de seus dois novos amigos, Carmel e Thomas, uma líder de torcida e um telepata, Cas precisa de um bom plano para resolver de vez o problema.

~~~~~~

Eu gostei de vários pontos, mas não achei assim tão diferente como prometia, a parte tão clichê dos sobrenaturais me incomodou. Pode ser por eu não estar mesmo nessa vibe “adolescentes + fantasmas”, e também pela história ser muito curtinha, tudo acontece muito rápido. Por outro lado, é uma leitura ágil e sem enrolação, muita gente irá curtir.

A primeira coisa que gostei foi o fato de Cas narrar a história. Meninos são mais decididos, o livro tem menos enrolação e tudo se desenvolve muito rápido. Ele é bem fodão, um temido caçador de fantasmas, misterioso, gato, mas que não se envolve com ninguém. Ou seja, já chega à nova escola arrasando, logo a menina mais popular está falando com ele e o menino mais popular quer soca-lo. A novidade é que um dos tipos esquisitos da escola, Thomas, se aproxima dele para ajudar. Thomas é um telepata, seu vô é um bruxo, ele sabe de tudo o que está acontecendo na cidade. Os fantasmas podem ser vistos, tem muita força física e são perigosos. Anna simplesmente parte um adolescente ao meio na primeira cena, sinistro. Gostei dos personagens todos, desde Cas e Anna, até os coadjuvantes, Carmel, Thomas, a mãe de Cas, o vô de Thomas, etc.

O que estranhei logo, foi de ninguém surtar muito ao descobrir toda essa parte sobrenatural. Afinal eles eram adolescentes comuns em uma pequena cidade. De repente tem fantasma matando, um caçador, e eles “ah ok, como posso ajudar...”. Todo mundo acredita e compra fácil demais a ideia.  Aí depois tem pessoas morrendo e a parte da policia foi fraquíssima, ninguém fazia nada. Um adolescente morre e a policia mal pega depoimento direito de quem estava com ele.

No fim achei legal, mas não achei nada demais. Não foi  aterrorizante, para mim é um YA sobrenatural normal. Achei uma mistura de Scooby Doo, com House of night (a parte dos rituais bruxos) e A mediadora. Os próprios personagens fazem várias piadinhas com caça-fantasmas e Scooby Doo, algumas delas até divertidas. E a narrativa é ágil, o que é bom, mas é também bem simples. O romance é praticamente inexistente, tem algumas referências aqui e ali, essa parte foi bem fraca, mas pode melhorar na sequencia.

O livro ficaria interessante no cinema, imagino que seria mais assustador. E ele já teve os direitos cinematográficos adquiridos pela Fickle Fish Films, os atores Cameron Monaghan e Maddie Hasson já foram confirmados, respectivamente, como o casal Cas e Anna. Se saí mesmo não sei, ultimamente tem muitos livros com direitos vendidos, mas o filme mesmo fica só na promessa.

Para quem curte o gênero é uma história legal e cheia de adrenalina. Mesmo não tendo amado, eu li bem rápido, curiosa para saber como terminaria. Ah o final foi até bem interessante, diferente do que eu imaginava. E pelo visto é apenas uma duologia. Quem leu me conte o que achou!

Adicione ao seu Skoob!

Anna da Kendara Blake
  1. Anna vestida de sangue (Anna dressed in blood)
  2. Girl of nightmares (Ainda não lançado no Brasil).
Avaliação ( 1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top comentarista de julho.

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO