target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O martelo de Thor - Rick Riordan

>>  quarta-feira, 23 de novembro de 2016

RIORDAN, Rick. O martelo de Thor. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2016. 400p. (Magnus Chase e os Deuses de Asgard, v.2) Título original: The hammer of Thor.

“Foi como antigamente: nós indo juntos em direção ao desconhecido, procurando armas mágicas desaparecidas e correndo o risco de mortes dolorosas. Eu estava com saudade dos meus amigos!” p.98

Adoro as aventuras do Rick Riordan e com o primeiro volume dessa série não foi diferente, A espada do verão foi muito amor. Claro que fui ler esse cheia de empolgação, mas acabou sendo diferente do que eu esperava. Confira a resenha de O martelo de Thor.

Em A espada do verão conhecemos Magnus Chase, um garoto de 16 anos que estava vivendo na rua fazia dois anos, desde que a mãe morrera. Ele descobre que é filho de um deus nórdico e que os monstros estão se reunindo para o Ragnarök, o Juízo Final. E, claro, isso quando já está no meio da confusão toda, com sua vida em risco.

A partir daqui contém spoilers para quem não leu A espada do verão.

Como vocês bem sabem, a vida de Magnus Chase mudou completamente quando ele foi morto, isso mesmo... morto, por um gigante de fogo. Para “sorte” dele, na mitologia nórdica os heróis mortos vão para Valhala, o local pós morte onde vivem os guerreiros vikings. Para se tornar um Einherjar o guerreiro precisa morrer de forma altruísta, o que obviamente aconteceu com nosso herói. Lá, Magnus descobre que é filho de Frey, o deus do verão, da fertilidade e da medicina.

Para quem morou por dois anos na rua, é uma boa vida. Um hotel fantástico, enorme, toda a comida que consegue comer e muitas aventuras. Os guerreiros estão treinando sempre, esperando o dia do Juízo Final. Ele tenta levar tudo da melhor maneira, pelo menos tem seus amigos: Samirah – a valquíria filha de Loki-, Blitzen e Hearthstone.

Mas seu descanso dura pouco. O martelo de Thor está desaparecido. Loki consegue manipular todo mundo, como sempre, e coloca Magnus em mais uma missão mortal. Uma nova filha de Loki chega a Valhala, Alex Fierro, ela (as vezes ele) é perigosa (o) e pode não ser confiável. Magnus e seus amigos precisam recuperar o martelo, ou os gigantes irão acabar invadindo Midgard. Enquanto isso, Loki oferece Samirah em casamento para um gigante. Como dote pede uma espada rara e em troca irá devolver o martelo. O problema é que ninguém pode confiar nele, e claro, tem o detalhe de Samirah ser obrigada a casar com um gigante...

~~~~~~

Fico até sentida em dizer, mas é o primeiro do autor que eu não gosto tanto. E eu adorei o primeiro livro da série, achei diferente porque Magnus é mais descolado do que os protagonistas anteriores, mais vivido e tem mais maldade. Porém, achei esse muito BOBO, as piadas são toscas, é tudo muito forçado. E os deuses também são bem pastelões, Thor só quer ver série de TV, Heimdall só fica tirando selfie e por aí vai. O único deus mais legal é Vidar até agora, o deus da vingança, que aparece quase no final. Sei lá, li o livro todo sem um sorriso, não achei graça nas brincadeiras e piadas, e a aventura é mais do mesmo.

Continuo gostando dos personagens: Magnus querendo sempre ajudar, Samirah, o anão Blitzen e o elfo Hearthstone. O autor diversifica muito nos personagens dessa vez. Samirah é muçulmana, e tem um noivo humano que não sabe de sua vida secreta como valquíria. Alex tem sexo fluído, ela pode ser menino ou menina, dependendo do dia. Aí temos um anão, um elfo surdo-mudo, Magnus que era morador de rua e tal. Achei muito legal essa nova abordagem. Gostei de conhecer mais Amir também, o noivo da Samirah.

Nesse volume acho que faltou drama e sobrou confusão. Foi legal conhecer a terra dos elfos, morri de dó do Hearthstone com o pai horrível dele. Espero que o próximo seja melhor, porque no geral eu adoro as aventuras do Riordan. Quem leu me conte o que achou. ^^

Adicione ao seu Skoob!

Série Magnus Chase e os Deuses de Asgard do Rick Riordan
  1. A espada do verão (The sword of summer)
  2. O martelo de Thor (The Hammer of Thor)
  3. The ship of de dead (ainda não lançado no Brasil, previsto para 2017 nos EUA).
Avaliação (1 a 5): 

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de novembro

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO